10

Empathy (Ker Duken)

FICHA TÉCNICA
Nome original: Empathy  
Autor: Ker Duken
País de origem: Estados Unidos
Número de páginas: 203
Ano de Lançamento: 2014
ISBN: B00MRAZFVA
Editora: Kindle

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 29º livro lido em 2016 e foi Empathy (Ker Duken). Me interessei por este livro depois de uma indicação em um grupo literário no Facebook e parti para a leitura sem conhecer muito do enredo, apenas que a maioria das pessoas que tinham lido o livro, haviam gostado muito.

O livro nos traz o Blake, um homem de 25 anos. Ele é um policial e além disso, um matador de aluguel. Blake se define como um homem que não tem sentimentos, ou não tem empatia pelas pessoas, apenas o seu irmão Ryan é capaz de despertar nele sentimentos bons e pelo Ryan, ele é capaz de fazer qualquer coisa. Ryan é alguns anos mais novo que Blake e também possui a mesma característica de Blake: não sente empatia por nada e nem por ninguém e nem pelo próprio irmão. E no meio deles, aparece a Melody, uma jovem de 20 anos, com uma vida perfeitinha: amada e mimada pelos pais, cursando uma cara faculdade. Melody é colega de faculdade de Ryan e o livro começa quando ela vai passar um fina de semana em casa e quando chega lá, encontra o pai e a mãe mortos e o assassino ainda está lá, mas a deixa escapar.

O livro então irá se desenvolver em descobrirem o assassino dos pais de Melody e paralelo a isso, ela se aproxima cada vez mais de Ryan, como amiga e acaba se envolvendo com Blake. Blake que até então nunca alimentou sentimentos em relação a ninguém, se apaixona por Melody e eles vivem um sensual caso de amor.

As primeiras páginas do livros me deixaram bem impactadas porque ao meu ver, todos os personagens era psicopatas. Melody também tem um meio irmão por parte de pai e ele tem umas características bem bizarras também. Mas sem sombra de dúvida, quem rouba a cena durante todo o livro, é o Ryan, com uma mente muito violenta, com gostos peculiares e de uma frieza absurda.

Não existe um grande suspense na narrativa, a autora não esconde quem fez o que, porém, nada é o que parece e quando o desfecho do livro se dá, eu fiquei de boca aberta. Uma sequência de cenas mega violentas no final do livro, me deixou com o coração na mão e quando tudo começa a ser resolvido, você entende o que levou um fato ao outro.

Eu gostei bastante da leitura e ela fluiu muito rápido, apesar da violência e intensidade de determinados temas, porém o final não me convenceu como eu queria. Achei extremamente fora da realidade a forma como a autora amarrou a história. Porém esse meu descontentamento com o final, não anula em momento algum, a aventura que foi realizar esta leitura. O livro é viciante, chocante e muito denso. A narrativa é feita sob o ponto de vista de Blake, Melody e Ryan e ter este panorama da história é muito legal.

O livro é o primeiro volume de uma série e ainda que a história tenha sido concluída, existe um gancho muito bom para o próximo volume. Não sei se eu acompanharei a série, mas este livro aqui me deixou bem contente com a narrativa da autora.

O livro tem cenas eróticas muito fortes, mas o impressionante da história é por conta da violência inserida nele. Recomendo para quem curte livros fortes e com suspense. O romance é previsível e comum, mas o psicológico dos personagens é que realmente valem cada página!

Gostei bastante!!!


Um pouco sobre a autora: Os livros da autora tendem a ser romances escuros", angustiando o leitor. cada livro vem com uma premissa forte e violenta e a autora sempre aconselha seus leitores se prepararem para o inesperado. Ela sempre teve uma paixão por contar histórias, seja através de letras ou histórias para as irmãs mais novas dormirem. Aqui no Brasil, ainda não temos nenhum dos seus livros publicados.

Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Oi Ivi, adoro quando você vem e apresenta livros que eu não conhecia. Eu leio em inglês também, mas não costumo ficar por dentro das novidades por lá. Esse me chamou a atenção porque, pelo que entendi em sua resenha, a história parece ser bem forte e marcante, além de ter essas partes de suspense como você mesma citou. Já anotei aqui na minha listinha. Obrigada pela dica.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oii ,
    Uaal! Que livro intenso e violento, meu Deus! Não gosto muito desse tipo de livro, mas fiquei curiosa pra saber quem é o assassinato, e sobre o casal também. Que legal que esse é o primeiro livro de uma série, quem sabe mais pra frente eu leio.

    Beijos
    www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa! eu ainda não conhecia o livro mas fiquei bem instigada com essa tua resenha. Eu gosto muito de livros de suspense e também gosto quando tem cenas hot, pelo que vi na resenha são os pontos altos da trama, incluindo o psicológico dos personagens.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ivi!
    Puxa parece um livro bem pesado em com tanta violência e cenas eróticas fortes. Porém achei o enredo bem interessante e sou doida por um suspense.
    Futuramente pretendi ler esss livro.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  5. Olha amiga eu não sou muito chegada nesse gênero de livro, porque tudo muito pesado e violento já não curto sabe? Eu acho que não me sentiria bem lendo algo assim, ainda mais com personagens tão fortes em relação ao comportamento que eles tem durante a estória. Achei interessante, mas não ao ponto de chegar a ler. Tem gente que gosta, mas eu sinceramente passo pra frente, porque eu sou bem medrosa com essas coisas rs

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/04/resenha-lost-boys.html

    ResponderExcluir
  6. Oiii!

    Ivi, não conhecia a obra e quando você falou que era uma série eu torci o nariz, estou fugindo disso por enquanto. Porem, ser um livro bem.fechado é um ponto mega positivo.
    Gosto de livros que tenha suspense no enredo e principalmente essas reviravolta.
    Espero que continue acompanhando a série!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Achei a premissa do livro interessante, mas por vários motivos não sei se conseguiria ou gostaria de ler algo assim. O livro parece bem tenso e literaturas assim eu corro para longe! rsrsrs Surpreendentemente não tenho problemas para ler cenas violentas, apesar da minha aversão a cenas tensas, mas o que mais me incomodaria seria esse teor erótico do livro, não curto tanto e já deixei de ler livros muito bons por causa disso.
    Abraços,
    ~Duda~ www.dudaecami.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii Ivi, tudo bem????
    Confesso que não leria o livro por não ser muito o meu estilo :P
    Até achei bacana essa coisa dos personagens tão frios e aparentemente sem sentimentos, a violência e tudo o mais. Mas no momento, estou fugindo um pouco desses romances mais NA sabe?
    Mas desejo muito sucesso a autora =D
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Nossa, que livro intenso! Já fiquei curiosa para conferir! Pena que faz parte de uma série, não aguento mais agaurdar a publicação de livros de série, sempre fico ansiosa. Mesmo com as partes fortes e as cenas eróticas, é um livro que fiquei bem interessada.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oi não conhecia o livro. E a princípio pensei que disse um mês azul comum, e enquanto los sua resenha eperei pelo momento em que você iria relatar um triângulo amoroso tensos os dois irmãos envolvidos. Mas pelo visto a autora resolveu dar ênfase a um elemento singular... pelo seu relato parece ter muita violência envolvida na história, acabei não ficando com tanta vontade de ler. Principalmente por essa característica dos personagens, se você teve essa primeira impressão de que eles poderiam vir a ser psicopatas, acredito que eles devem ter dado boas razões pra essa desconfiança.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014