16.7.18

Séries do Meu Coração #20 Young Sheldon


Oi gente que ama livros, hoje venho com mais um post da coluna Séries do Meu Coração e compartilharei com vocês o meu amor por mais uma série apaixonante.

A série do mês é Young Sheldon.

Young Sheldon é uma sitcom americana da CBS, o spin off da série The Big Bang Theory e serve como uma prequel da série original, apresentando a infância do personagem Sheldon Cooper, vivendo com sua família no leste do Texas e sua rotina no colégio. A série foi criada por Chuck Lorre e Steven Molaro, estrelada por Iain Armitage como o protagonista. Jim Parsons, que é o ator que interpreta o mesmo personagem em The Big Bang Theory, é o narrador e também produtor executivo da série.

O desenvolvimento o projeto começou em novembro de 2016, a ideia original foi de Parsons que repassou para os produtores de The Big Bang Theory. Foi ao ar em 2 de novembro de 2017 e o sucesso foi tão grande que a CBS encomendou a série para uma temporada completa de 22 episódios. Iain Armitage e Zoe Perry dão um show de química na série, mas quem tem um espaço grandioso na produção é Meemaw, a avó do pequeno nerd.

Após 11 anos de The Big Bang Theory, a CBS decidiu que era hora de trazer um pouco de frescor para os fãs da atração e plantou sua primeira semente de spin off. Levando em conta que a aclamada comédia está inevitavelmente chegando perto de sua conclusão, Young Sheldon foi uma iniciativa aparentemente previsível e confortável do ponto de vista da emissora ter apostado no personagem mais icônico da série original. Contudo, logo nos primeiros episódios fica claro que as semelhanças entre as duas produções não são muitas, o que é ousado do ponto de vista de apostar em novos públicos e dinâmicas bem diferentes do que foi visto até então em The Big Bang Theory.


A série se aventura pela infância de Sheldon mostrando os pequenos percalços de um menino superdotado de inteligência, imerso em uma comunidade intelectualmente pouco estimulante. A base da trama está no relacionamento familiar e ainda que seja muito focada nisso, não é só o ponto de vista de Sheldon lidando com o mundo que recebe os holofotes, há espaço de sobra para como o próprio rapaz impacta de maneira ora positiva, ora negativa, a vida de quem orbita ao seu redor. Assim como The Big Bang Theory não funciona só com Leonard (Johnny Galecki) e Sheldon (Jim Parsons), Young Sheldon precisa de seus coadjuvantes para acontecer.

Como era de se esperar, apesar do pequeno gênio dar nome ao programa, o protagonismo é dividido entre Sheldon e Mary Cooper (Zoe Perry), sua mãe. O sucesso da dinâmica vem do fato dos dois serem figuras extremamente opostas em comportamentos, crenças e personalidades, mas estarem ligados pelo amor incondicional que só uma mãe e um filho ainda na infância conseguem transmitir. A relação dos dois é complicada, mas, ao mesmo tempo, é bonita ao mostrar que as diferenças não se sobrepõem em nenhum momento ao afeto de ambos. Nesse ponto, tanto Armitage quando Perry dão conta do recado.


De modo geral, Young Sheldon não é tão engraçada quanto The Big Bang Theory em função de não ter a malícia adulta dos personagens da produção original, já que, no caso da derivada, seus personagens são basicamente crianças e um casal religioso. Isso não quer dizer, é claro, que a série não divirta: em Young Sheldon o humor é envolto em uma capa de ingenuidade, o que faz sentido levando em conta o contexto da trama. Há boas piadas, a maior parte delas envolvendo a criação religiosa dos Cooper e os questionamentos de Sheldon sobre isso. Não é, contudo, o tipo de série para dar gargalhadas. No máximo, o espectador passa os 22 minutos de cada episódio com um sorrisinho de canto da boca, o que não deixa de ser uma boa experiência.

Quando soube da produção desta série eu torci o nariz porque The Big Bang Theory é a minha série favorita da vida e o Sheldon Cooper é o meu personagem mais amado. Eu realmente estava com medo que estragassem tudo. Mas assistindo o trailer eu já fiquei totalmente envolvida com o que assistiria quando a série viesse para o Brasil. Todos os episódios são maravilhosos e o espaço de um para o outro deixa o meu coração aflito. Já sabemos que a série foi renovada para a segunda temporada, o que me deixou mais do que feliz.


Enfim, se você gosta de The Big Bang Theory, é imperativo que assista Young Sheldon. Mas se você não curtiu a premissa da série original e ainda assim gosta de seriados com uma pegada mais família e um humor mais sutil e ingênuo, com certeza não tem porque não gostar deste seriado aqui.

Confiram o trailer e se rendam:


Mês que vem trago mais séries do meu coração.

Beijos

17 comentários:

  1. Oiiii,

    Eu estou a tanto tempo agarrada na primeira temporada de TBBT q nem sei mais o que fala nela kkkk eu infelizmente sou daquelas que começam a assistir uma série e aí larga pra fazer alguma coisa e nunca mais volta. Mas fiquei muito curiosa para conhecer a infância do Sheldon porque tenho certeza de que ele deve ser uma criança hilária, e espero poder voltar e ver tudo em breve.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ivi!
    Eu assisto um ou outro episódio de TBBT, quando não tenho mais nada para assistir. Mas não acompanho realmente e isso se deve ao gênero da série, que não é um que curto. Não gosto de comédias, principalmente dessas comédias escrachadas.
    Achei a ideia interessante de criarem esse prequel, até porque a original já está ficando sem história. O ator que faz o mini Sheldon é uma graça e parece ser muito bom.
    Acredito que quem curte The Big Bang Theory, vai gostar dessa também, pois só ouvi elogios positivos sobre ela.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adoro The Big Bang Theory e ver que essa série retrata os percalços da infância dele me chama atenção, um spin off que inovou na dinâmica da série original me chama atenção. Mesmo que não seja de tirar gargalhadas é uma série que eu quero conferir esses episódios maravilhosos que mencionou.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ivi!
    Eu ouvi falar da série logo que ela foi anunciada e um tempo depois quando saíram as primeiras imagens dela. Realmente foi uma boa da emissora investir nela com o final da original, e bom saber que, mesmo para quem não curte ou nunca assistiu TBBT, ela ainda pode funcionar bem desde que se saiba do clima diferente dela e mais familiar e tal. Legal saber também que apesar das diferenças entre o protagonista e sua mãe, a série ressalta bem o amor natural de mãe e filho. Não é um tipo de série que eu assista, na verdade tenho visto mais produções coreanas, japonesas e chinesas, mas valeu a dica mesmo assim. Espero que a segunda temporada seja tão boa quanto essa primeira parece ter sido!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ Sonhando aos Vinte ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivi! Bom, vamos as tretas, eu me considero meio nerd, aquela única da família e da turma que sempre gostou de ler, e de filmes e de séries, e desse universo enorme.. Porém, eu não gostei de TBBT. Não consegui sentir simpatia por nenhum personagem e tem gente que dizia que não posso ser " nerd " se não gosto da série. Enfim, vi alguns episódios desse spin, e achei até muito fofinho, o garotinho super inteligente, tentando entender como o mundo funcionava, sem ser tão exato como nas matemática. Mas não acompanhei de fato, porque não me prendeu. Fico feliz que você tenha gostado!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  6. Antigamente eu adorava assistir TBBT, mas depois de um tempo fui perdendo o pique.
    Ainda me divirto quando pego ou episódio ou outro na TV, mas parei de acompanhar tudo na sequência... No começo foi falta de tempo, depois preguiça de ir atrás do que eu tinha perdido e no final desanimei mesmo! Apesar disso, o Sheldon sempre foi meu personagem predileto e saber que fizeram esse spin-off me deixa feliz.
    Pelo o que você contou, parece bem gracinha!!
    Quem sabe consigo dar uma chance?!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Oie!!
    Nossa eu não tinha a menor ideia da existencia desse seriado, mas tenho que dizer que foi uma sacada otima, pois o Sheldon é incrivel e saber sobre a sua infancia e o que fez ser o que ele é hoje, acho que é uma experiencia fantastica.

    Assisti alguns episodios do TBBT, mas não consegui me fixar muito, não curto muito seriado comico dos estados unidos. Mas gostei dessa sacada deles

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ivi!

    Eu já assisti alguns episódios de The Big Bang Theory e apesar de ter achado divertido não me cativou. Várias foram as minhas tentativas de insistir, levar adiante, mas não curto muito a comédia pura e simples, sabe? Eu gosto mais da comédia romântica ou que tem um algo além. Não encontrei isso em The Big Bang Theory. Portanto, também acabo não sentindo vontade de ver o seu spin off.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oieeee!

    Eu acho esse ator mirim tão fofinho, vi Big Little Lies com ele, mas confesso que não sou fã de TBBT, sabe vejo um ou outro episódio perdido na tv a cabo, então quando anunciaram o lançamento desse spin-off nem me interessei muito.

    Ótimo post!

    Beijos
    Carol
    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oiii tudo bem??

    Tenho que começar a ver essa serie desde o inicio, vi alguns episódios e já amei. O que mais me encantou foi a semelhança nas atitudes das duas atrizes que faz a mãe do Sheldon, conseguiram fazer direitinho.
    Amei o post, e quero assistir lofo.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ivi! Gosto de TBT, mas é difícil acompanhar todas as temporadas, acho que não consegui passar da terceira. rsrs
    Gostei da ideia do Young Sheldon, mas como não tenho TV a cabo, tenho que caçar episódios na internet, isso dificulta bastante. rs
    bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ivi

    Eu não acompanho a série, mas meu ex-namorado adora e às vezes eu vi com ele. Sabia que sempre que eu vejo algo sobre a série eu lembro da blusa do André escrito "bazinga"? Hahahaha
    Eu fiquei sabendo dessa série e achei até a proposta legal. O Sheldon é muito peculiar e muito da personalidade dele deve ter vindo de sua infância. Acompanhar isso, mesmo sem ser tãooo engraçado, deve ser legal!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Eu amei essa série, eu gosto bastante do sheldon adulto, mas ele criança me cativou ainda mais. Preciso ver o resto dos episódios, acho que parei no oitavo. Achei a trama divertida e a família muito amorzinho, apesar de meio doida, rsrs.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Não sabia que tinha um spin off sobre a infância do Sheldon.
    Adoro The big bang theory e vou dar uma procurada pra assistir Young Sheldon. O personagem é um dos mais interessantes da série e seu humor e sarcasmo sempre causa muitas risadas.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ivi!
    Eu não gosto muito de The Big Bang Theory, mas acho muito legal quando tem outras séries para fãs. O Sheldon parece ser um personagem querido e, mesmo essa série não sento tão engraçada quanto a "original", acho que assistir vale à pena, vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Eu curto bastante The Big Bang Theory, acho a série super divertida e envolvente e quando soube da série Young Sheldon eu fui assistir para matar a curiosidade, achei legal, mas nunca assisti ela em ordem ou todinha e pretendo fazer isso em breve.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Ahhh, eu amo humor ingênuo!
    Séries tipo sitcom são minhas favoritas, ainda mais com esse humor meio "full house". Adoro o Sheldon, com certeza seria uma série perfeita pra mi m💖

    ResponderExcluir