2.7.19

Viagem #38 Flórida – Parques Aquáticos - Kelly Silva


Considerando o calor na cidade durante os nossos dias por lá, aproveitamos para conhecer dois parques aquáticos, que estavam inclusos nos ingressos que compramos. A primeira visita foi ao Typhoon Lagoon, no complexo Disney.

A atração que mais chamou a nossa atenção foi a Typhoon Lagoon Surf Pool, piscina com ondas que podem chegar a até 2 metros de altura. A piscina tem dois ciclos de funcionamento: a cada 30 minutos com ondas menores e mais calmas e depois iniciam os 90 minutos no ciclo surf, com ondas gigantes que são disparadas a cada 1 minuto e meio e levam todos para a parte mais rasa. Antes que fossem disparadas, havia um som para “avisar” as pessoas, no estilo do Turbo Drop (brinquedo do Playcenter). Tentamos nos aproximar, mas a onda meio que nos “levou” e não deu muito certo, já que o piso é áspero e pode machucar em caso de quedas, o que literalmente aconteceu comigo.

O Castway Creek é um rio de correntezas, que dá a volta em todo o parque e tem vários pontos de saída, é legal e pode facilitar o deslocamento no parque, dependendo da atração que se queira ir. Há algumas atrações sem acessibilidade (acesso somente por escadas), mas valorizei o Crush ‘n’ Gusher, montanha russa aquática que possui elevador para pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção e estava bem empolgada para conhecê-lo.

Só que quando eu estava próxima ao elevador, começou a chover (com raios), o que fez com que todas as pessoas que estavam no brinquedo tivessem que sair e posteriormente o parque foi até fechado. Confesso que fiquei bastante frustrada por não poder ter ido ao brinquedo, mas ao mesmo tempo admirada a organização do parque, pelas normas de segurança e pelo respeito das pessoas em relação as orientações passadas pelos funcionários, já que todos que esperavam nas atrações desceram rapidamente pelas escadas e em alguns minutos o parque já estava totalmente vazio.

Caso a chuva persista até determinado horário, são oferecidos ingressos para que os visitantes retornem outro dia, mas não tínhamos outros dias livres, então não aguardamos e nem pudemos retornar para conferir os demais brinquedos.


O outro parque que visitamos foi o Volcano Bay, localizado no complexo Universal. Ao chegar, recebemos uma pulseira (chamada de Tapu Tapu) e a usávamos para nos registrar nas atrações (ou entrar na fila). Achei interessante porque de acordo com o tempo de espera, apareciam mensagens como: “divirta-se” ou “não esqueça de sorrir”.


Avistamos o vulcão logo que chegamos, o que causa um impacto bem legal! Nossa intenção era irmos ao Krakatau Aqua Coaster, montanha russa aquática que passa por dentro do vulcão, mas não conseguimos porque não era acessível para mim. Essa questão gerou estresse e frustração, já que eu imaginava que o parque aquático tivesse o mesmo nível de acessibilidade dos outros dois parques da Universal.

A Waturi Beach é uma piscina de ondas, não tão radicais como as do parque Typhoon Lagoon, mas bem legal também! Até porque o piso não era tão áspero e desta vez eu usei uma espécie de sandália para não escorregar como no outro dia. Comprei no supermercado Wal Mart por US$ 5,00 e vi modelos semelhantes sendo vendidos no parque por US$ 25,00, então caso seja necessário comprá-la, no supermercado é MUITO mais barato!

Como percebemos que os brinquedos não eram acessíveis, decidi encarar as escadas! Escolhi o Honu ika Moana, que tem dois escorregadores: Honu (azul) e Moana (verde) com curvas rápidas e bem radicais, tive que subir mais de 100 degraus para curtir cada um! Há filas separadas, sendo que o escorregador verde é mais radical e aberto (subimos a 90 graus em algumas curvas) enquanto o azul é praticamente todo fechado e mais rápido! Gostei bastante dos dois, só não tive coragem de ir de novo porque eram muitos degraus, cansativo demais.

Se o parque deixa um pouco a desejar em acessibilidade, a estrutura é ótima! Há banheiros com chuveiros, tudo super organizado e disponível a todos os visitantes. Após a nossa visita ao Volcano Bay, aproveitamos para fazer uma nova visita aos parques da Universal e conferir (ou repetir) os brinquedos, já que foi nosso parque preferido.

Caso seja época de sol ou esteja calor, acredito que seja bem válido incluir uma visita a algum parque aquático no roteiro, é divertido e refrescante!

Flórida - Orlando AQUI
Parques Universal AQUI
Magic Kingdom AQUI
Animal Kingdom AQUI
Epcot AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário