21.5.19

Viagem #32 Flórida - Orlando - Kelly Silva


Maio é mês de Férias para mim e os destinos escolhidos esse ano foram Miami e Orlando, já que o sonho da minha mãe era visitar os parques da Disney. Saímos (minha irmã, meu cunhado, ela e eu) de São Paulo numa terça-feira à noite rumo a Miami, nossa primeira parada.

A viagem sem escalas durou por volta de 08:20 h e logo alugamos um carro para seguirmos para Orlando. A distância entre as duas cidades é de aproximadamente 380 km, mas a rodovia é ótima, o que faz a viagem ser bem tranquila. A única ressalva no trajeto é a quantidade de insetos batendo no vidro praticamente o tempo inteiro, o que nos fez parar algumas vezes para lavar o vidro, já que em determinado momento não era possível enxergar direito devido a quantidade de insetos mortos ali.

No caminho, paramos no píer de uma praia bem bonita (Juno Beach), tomamos café da manhã no Dunkin Donuts (AMO!) e ao chegar a Orlando, fomos fazer compras no supermercado Walmart que é bem grande, tem de tudo mesmo!

Fizemos check in no hotel e como já estava tarde para irmos aos parques, decidimos conhecer um local que eu queria MUITO, o museu de cera Madame Tussauds de Orlando, em que está o boneco de cera do meu ídolo Ricky Martin.


O museu está localizado no complexo I-Drive 360 e o ingresso custa US$ 28 por pessoa, sendo que há pacotes com desconto caso quiséssemos conhecer as outras atrações (roda gigante e aquário), mas optamos somente pela visita ao museu.

Como fã, claro que o que eu mais curti foi o boneco do Ricky Martin, mas o museu por completo é muito legal, dividido entre personalidades do cinema, dos esportes, música, TV, assim como pessoas importantes para a história mundial. Destaco a parte dos bonecos de super-heróis, com direito a efeitos especiais para o Batman! Super indico a visita, adorei!

No jantar, decidimos ir ao maior McDonald's do mundo, porque McDonald's não pode faltar na minha viagem! Destaco o refrigerante refil e a quantidade de sabores de Fanta existentes, mesmo que eu não goste de nenhum deles.

No dia seguinte, antes de começar com os parques, fomos fazer compras na Ross, uma loja com preços bem legais (mesmo com dólar alto como agora) para roupas, tênis, perfumes e até malas.

Estes locais são dicas caso haja algum tempo ou mesmo dias livres em Orlando, pois a rotina de parques é intensa! Foi mais tranquilo para mim porque alugamos um carrinho elétrico (desmontável) por 7 dias, o que foi fundamental para que eu pudesse conhecer os parques.

Tive alguns problemas de comunicação em Orlando por não falar inglês (imaginava que fosse tranquilo me comunicar em espanhol lá, o que na maioria das vezes não aconteceu), ainda bem que minha irmã e meu cunhado sempre nos salvavam.

No próximo relato, contarei sobre os parques da Universal, eleitos meus favoritos da viagem! J

Nenhum comentário:

Postar um comentário