Quando Ninguém Está Olhando (Alyssa Cole)

terça-feira, 8 de novembro de 2022

Ficha Técnica:

Nome Original: When no one is watching
Autora: Alyssa Cole
Tradução: Thais Britto
País de Origem: Estados Unidos
Número de Páginas: 400
Ano de Lançamento: 2021
ISBN-13: 9786555602098
Editora: Intrínseca
SKOOB | GOODREADS | Compre na Amazon

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 94º livro lido em 2022 e foi Quando Ninguém Está Olhando (Alyssa Cole). Eu adoro a escrita da autora, porém só li seus romances e decidi colocar este livro na TBR de outubro porque é um enredo de terror e horror e queria muito ler uma história dela em outro gênero.

O livro nos traz o bairro do Brooklyn, em Nova York, que sempre foi o lar de Sydney Green. No entanto, tudo parece mudar em uma velocidade alarmante. Na tentativa de preservar o passado, ela decide elaborar um passeio guiado para propagar a história do local e, para isso, contará com a ajuda do novo vizinho, Theo.


Aos poucos, a pesquisa dos dois evidencia episódios extremamente dúbios, que podem tanto ser verdadeiramente suspeitos, quanto frutos de uma paranoia. O bairro que sempre foi majoritariamente habitado por pessoas negras, começa a receber pessoas brancas em um processo que parece ser de gentrificação, que é quando a situação financeira de um lugar se transforma e as pessoas que não conseguem bancar a vida lá passar a viver em bairros mais humildes. Sydney percebe famílias sumindo e a princípio parece ser que elas mudaram de bairro, mas aos poucos, ela passa a temer que estas pessoas possam ter sido assassinadas.

Antes de iniciar a leitura desse livro, saiba que não se trata de um thriller nos moldes a que estamos mais acostumados – tanto é que eu o classificaria muito mais como um suspense. Sem uma morte ou desaparecimento como foco da trama, o mistério fica por conta da atmosfera construída com maestria por Alyssa Cole. A todo momento, sentimos o medo, a aflição e a confusão de Sydney, o que só torna a leitura mais imersiva e viciante.


Meu aspecto preferido do livro foi a crítica social trazendo questões de raça extremamente pertinentes para o enredo. A situação que acompanhamos na história apenas escancara o processo de gentrificação que atinge várias regiões na vida real. O mais triste é saber que “melhorar um bairro” quase sempre significa gerar lucros para grandes corporações a partir do apagamento de uma comunidade e do prejuízo à população de baixa renda – o que, por sua vez, aumenta os abismos da desigualdade social.

O livro também aborda o racismo (em especial, o estrutural) de maneira bastante atual e didática. Atrelado a questão da gentrificação, faz um paralelo à colonização, mostrando como os brancos sempre partem do pressuposto que são os donos de tudo. Não à toa, é impossível ler este livro e não lembrar do filme Corra!, de Jordan Peele.


A narrativa construiu em mim um medo crescente e quando todo o absurdo da narrativa se estabelece, eu estava muito envolvida na história. Sydney e Theo são personagens tridimensionais. Longe da perfeição, eles também têm atitudes assustadoras e muito questionáveis, mas ainda assim, entendemos que é a missão dos dois e embora eu tenha achado o final apressado, o livro me deixou muito satisfeita.

Eu gostei!


Um pouco sobre a autora:
Alyssa Cole é autora premiada de romances históricos, contemporâneos e de ficção científica. Seus livros foram aclamados por veículos como The New York Times, BuzzFeed, Kirkus Reviews, Entertainment Weekly, Library Journal, Booklist e Vulture. Quando não está trabalhando, em geral pode ser encontrada assistindo a animes ou passeando com seus animais de estimação. 

Seus livros publicados no Brasil são: 

    • Teoricamente Princesa
    • Uma União Extraordinária
    • Quando Ninguém Está Olhando
    • Uma Liberdade Incondicional
    • Uma Esperança Dividida
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ivi Campos

46 anos. De todas as coisas que ela é, ser a mãe do André é a que mais a faz feliz. Funcionária Pública e Escritora. Apaixonada por música latina e obcecada por Ricky Martin, Tommy Torres, Pablo Alboran e Maluma! Bookaholic sem esperanças de cura, blogueira por opção e gremista porque nasceu para ser IMORTAL! Alguém que procura concretizar nas palavras o abstrato do coração.




.

Colunistas

sq-sample3
Kesy
sq-sample3
Kelly
sq-sample3
Laís

Facebook

Instagram

Resenhas

Filmes

Meus Livros

Músicas

Youtube


Arquivos

Twitter

Filmes

Mais lidos

Link-me

Meu amor pelos livros
Todas as postagens e fotos são feitas para uso do Meu amor por livros. Quando for postado alguma informação ou foto que não é de autoria do blog, será sinalizado com os devidos créditos. Não faça nenhuma cópia, porque isso é crime federal.
Tecnologia do Blogger.