A Guerra da Papoula (R. F. Kuang)

terça-feira, 15 de novembro de 2022

Ficha Técnica:

Nome Original: The Poppy War
Autora: R. F. Kuang
Tradução: Ulisses Teixeira
País de Origem: China
Número de Páginas: 512
Ano de Lançamento: 2022
E-ISBN: 978-65-5560-435-1
Editora: Intrínseca
SKOOB | GOODREADS | Compre na AMAZON

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 97º livro lido em 2022 e foi A Guerra da Papoula (R. F. Kuang). Como em outubro eu só li livros de terror e horror e ao terminar minha TBR eu ainda tinha alguns dias para este gênero literário, decidi ler este livro por ter ouvido falar que no enredo, trazia violência e por isso, se encaixaria no gênero escolhido para o mês. Mas o livro na verdade é uma fantasia.
O livro nos traz a Rin, uma órfã de guerra que vive com uma família adotiva que pouco se importa realmente com ela. Rin aprendeu a sobreviver por conta própria e a se fortificar sozinha. Então é por isso que decide participar de uma prova para ingressar na Academia de Sinegard. A maior escola do império de Nikara, lugar onde se formam grandes generais e soldados de guerra. Lá, ela acredita que pode ter uma chance de fazer valer todo o seu esforço.

Logo depois de passar na prova e conhecer o mundo longe do pequeno vilarejo onde vivia, Rin descobre que há muito mais crueldade espalhada por aí. E que ela é forte o suficiente para superá-las. Para mostrar o seu valor. Rin quer se tornar a maior da sua geração. E muito vai precisar para se provar digna de construir um grande legado. Ainda mais ao descobrir que existe algum tipo de poder adormecido dentro de si. Um poder que fala diretamente com o divino.

Sua viagem e mudança para a Academia já são coisas grandiosas. E gatilhos motivacionais para Rin se fortificar. É um mundo cruel, especialmente com pessoas que não vieram de berços de ouro como ela. Ou seja, Rin passa a perceber que é ela por ela em toda essa situação. Ela faz amigos em Sinegard, mas poucos em comparação com os rivais em seu caminho.

R.F. Kuang tece uma história não de uma heroína mostrando o seu valor. Mas de uma anti-heroína entendendo que precisa abraçar seu lado sombrio para combater um horror ainda maior.

Eu gostei bastante do desenvolvimento da personagem principal, bem como de todo o universo que a comporta. Porém o livor não conseguiu me envolver intensamente e a leitura se arrastou um pouco pra mim. A narrativa traz questões interessantes como a distância entre as classes sociais, bem como racismo, mas ainda que tenha temas pertinentes e que eu gosto de encont5rar na ficção, eu não estava me importando com a protagonista.

Acredito que quem gosta de fantasia, vai sem dúvida, se conectar melhor com a trama, mas infelizmente isso não aconteceu comigo.



Um pouco sobre a autora:
R.F. Kuang é escritora, tradutora de mandarim e bolsista da Marshall Scholarship. Mestra em Filosofia na área de Estudos Chineses por Cambridge e em Estudos Chineses Contemporâneos por Oxford, atualmente cursa o doutorado em Literatura e Línguas do Oeste da Ásia em Yale. Pela trilogia A Guerra da Papoula, venceu os prêmios Astounding Award, Crawford Award e Compton Crook Award, além de ter sido indicada aos prêmios Hugo, Nebula, Locus e World Fantasy Award. A Guerra da Papoula é o seu único livro publicado no Brasil até o momento.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ivi Campos

46 anos. De todas as coisas que ela é, ser a mãe do André é a que mais a faz feliz. Funcionária Pública e Escritora. Apaixonada por música latina e obcecada por Ricky Martin, Tommy Torres, Pablo Alboran e Maluma! Bookaholic sem esperanças de cura, blogueira por opção e gremista porque nasceu para ser IMORTAL! Alguém que procura concretizar nas palavras o abstrato do coração.




.

Colunistas

sq-sample3
Kesy
sq-sample3
Kelly
sq-sample3
Laís

Facebook

Instagram

Resenhas

Filmes

Meus Livros

Músicas

Youtube


Arquivos

Twitter

Filmes

Mais lidos

Link-me

Meu amor pelos livros
Todas as postagens e fotos são feitas para uso do Meu amor por livros. Quando for postado alguma informação ou foto que não é de autoria do blog, será sinalizado com os devidos créditos. Não faça nenhuma cópia, porque isso é crime federal.
Tecnologia do Blogger.