Séries do Meu Coração #65 Uncoupled

quinta-feira, 15 de setembro de 2022


Oi gente que ama livros, hoje venho com mais um post da coluna Séries do Meu Coração e compartilharei com vocês meu amor por mais uma série apaixonante.

A série do mês é Uncoupled.
A Netflix lançou em julho a comédia romântica Uncoupled, estrelada por Neil Patrick Harris e produzida por Darren Star, o mesmo de Sex And The City e Emily em Paris.

A série gira em torno de Michael, um corretor de imóveis de Manhattan que tem uma relação de 17 anos e, de uma hora para a outra, é abandonado pelo namorado. Assustado e sem entender direito o que está acontecendo, ele precisa redescobrir como é ser solteiro aos 40 anos.

Misturando doses de humor com longas pitadas de drama, a série que é considerada a versão masculina gay de Sex and The City, é uma boa opção para relaxar. Os oito episódios são curtos— com aproximadamente 30 minutos de duração cada —, o que é um acerto para quem quer algo mais rápido.

Outro ponto positivo é o elenco. É bom ver Harris interpretando um homem gay sensível. Outra personagem que surpreende é Suzanne, interpretada por Tisha Campbell, a Jay de Eu, a Patroa e As Crianças. A atriz consegue dar vida a uma mulher poderosa e independente que pouco lembra sua personagem anterior.


Falando em personagens, a obra traz outros tantos que merecem destaque: são os melhores amigos de Michael: Stanley James (Brooks Ashmanskas), um gay cinquentão que ainda espera encontrar o verdadeiro amor; e Billy Burns (Emerson Brooks), uma subcelebridade conquistadora e superficial que só consegue prestar atenção nos próprios problemas.

Os amigos de Michael são fundamentais para ajudá-lo a superar a separação. Já Colin (Tuc Watkins), o ex-namorado que abandona Michael sem dar nenhuma explicação, é certamente o oposto de carisma. Frio, distante e chato, são os adjetivos que melhor o descrevem. Fica até difícil entender como o protagonista ficou tanto tempo com esse homem, uma vez que eles são opostos. Enquanto Michael é divertido e piadista, Colin não abre um sorriso.


É difícil vermos produções que mostram um homem—gay ou não— tão vulnerável. Esse papel geralmente é atribuído às mocinhas, reforçando que mulheres são sempre muito sensíveis. Essa obra, no entanto, quebra com esse estereótipo ao mostrar um protagonista fragilizado, passando por todas as fases do luto da separação com muita atenção aos seus sentimentos.

Outro acerto é que ao retratar o grupo de amigos gays, a série toma cuidado para mostrar que cada um é único, com suas peculiaridades e características próprias, o que vai contra a estereotipagem do homem gay afeminado, tantas vezes vistas em outras produções.


Além disso, embora a série seja uma comédia sem compromissos com temas importantes, o fato de abordarem, ainda que brevemente, o câncer de mama masculino e o descaso com a camisinha nas relações sexuais casuais, é mais um acerto.


Por fim, Uncoupled tem humor e drama na medida certa, e desenvolve a história tanto dos personagens principais quanto dos secundários. A série tem muitas chances de conquistar a audiência e merece mais uma temporada para fechar os arcos que ficaram em aberto e para responder a pergunta que ficou na cabeça de todos: afinal, Michael vai voltar para o Colin?

Eu gostei muito!!!

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ivi Campos

47 anos. De todas as coisas que ela é, ser a mãe do André é a que mais a faz feliz. Funcionária Pública e Escritora. Apaixonada por música latina e obcecada por Ricky Martin, Tommy Torres, Pablo Alboran e Maluma! Bookaholic sem esperanças de cura, blogueira por opção e gremista porque nasceu para ser IMORTAL! Alguém que procura concretizar nas palavras o abstrato do coração.




.

Colunistas

sq-sample3
Kesy
sq-sample3
Kelly
sq-sample3
Laís

Facebook

Instagram

Lidos 2023

Filmes

Meus Livros

Músicas

Vlogmas 2023

Youtube


Arquivos

Twitter

Mais lidos

Link-me

Meu amor pelos livros
Todas as postagens e fotos são feitas para uso do Meu amor por livros. Quando for postado alguma informação ou foto que não é de autoria do blog, será sinalizado com os devidos créditos. Não faça nenhuma cópia, porque isso é crime federal.
Tecnologia do Blogger.