Pecados no Inverno (Lisa Kleypas)

quarta-feira, 8 de junho de 2022

Ficha Técnica:
Nome Original: Devil in Winter
Autora: Lisa Kleypas
Tradução: Janaína Senna
País de Origem: Inglaterra
Número de Páginas: 334
Ano de Lançamento: 2021
ISBN-13: 9786555650877
Editora: Arqueiro

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 39º livro lido em 2022 e foi Pecados no Inverno (Lisa Kleypas). Este é o terceiro volume da série As Quatro Estações do Amor, composta pelos livros: Segredos de Uma Noite de Verão, Era Uma Vez no Outono, Pecados no Inverno, e Escândalos na Primavera. Os livros são protagonizados por quatro amigas em busca de um bom casamento. Portanto, cada volume apresenta uma narrativa com início, meio e fim, mas, ainda assim, é interessante lê-los em ordem.

Este volume nos traz a Evie, que é linda e possui um coração enorme, contudo, sua descendência (pai burguês e mãe nobre) e sua timidez – somada a uma gagueira – fazem dela uma péssima candidata para um bom casamento. O problema é que Evie precisa casar, precisa sair da casa dos tios que a agridem e dominam, precisa de um casamento que permita que ela visite o pai, dono de um cassino conhecido por seus serviços ilícitos, e precisa de uma vez por todas assumir o rumo da sua própria vida. Assim, sem conseguir pensar em outras opções, ela procura o maior libertino e cafajeste de Londres e o pede em casamento. 


Sebastian, o nobre procurado por Evie, é lindo, charmoso, mulherengo, e dono de uma reputação financeira duvidosa (em outras palavras, ele é um lorde em declínio com título, mas nenhuma fortuna). Tanto é que, exatamente por causa dos problemas financeiros, também precisa casar e precisa de uma herdeira rica o suficiente para manter sua boa e afortunada vida. Desta forma, necessitados de um casamento por conveniência, Evie e Sebastian fogem para a Escócia e oficializam o matrimônio. Contudo, ao contrário do que imaginavam, o relacionamento por conveniência com o qual concordaram não existirá. O convívio diário muda a concepção que um tem do outro e os faz ansiar secretamente pela veracidade dessa relação. 

Casamento por conveniência que acaba em amor? Clichê, eu sei. Existem vários romances que abordam esse tipo de enlace. Contudo, a autora escreve de uma maneira tão envolvente que até mesmo temas clichês tornam-se novidade. É extremamente inusitado que alguém como a Evie, tão doce e recatada, procure um libertino e o peça em casamento. Logo no começo essa cena já ganhou meu coração, pois além de ser extremamente divertida, também mostra o que esse livro realmente significa: que nem sempre somos quem os outros enxergam. 

Todo mundo vê Evie como uma jovem gaga, desinteressante e quieta. Porém, conforme o relacionamento dela com Sebastian avança, a jovem passa a revelar sua verdadeira personalidade – do tipo teimosa, obstinada, pronta para o combate e não tem nada de tímida. O mesmo acontece com Sebastian que, por mais que seja um cafajeste e um típico nobre que adora não fazer nada, no fundo almeja encontrar um propósito para a vida. Dessa forma, o que mais me cativou na leitura foi a personalidade dos protagonistas e como aos poucos eles mostram quem realmente são. Amei Evie com sua força e doçura, e amei Sebastian com sua entrega e determinação.


Além de protagonistas cativantes, o livro também traz um amor que nasce no convívio diário. Amo quando o sentimento cresce aos poucos, seja por causa de uma boa conversa ou de uma noite de paixão e entrega, com uma pitada de reflexão social por trás do estigma da personalidade de Sebastian. Há também inúmeros questionamentos sobre o papel da mulher no século XIX (amo), pois na maioria das vezes romantizamos a época e esquecemos o quão machista era essa sociedade, vários laços de amizade, personagens secundários tão incríveis quanto os protagonistas, e um final digno de contos de fadas. Claro que o livro tem suas previsibilidades, contudo é impossível não amar esse casal e essa história tão divertida e apaixonante. Adorei o livro do início ao fim, sem dúvida vale a pena dar uma chance para essa história, para a série e, principalmente, para a talentosa autora.

Eu adorei!!!


Um pouco sobre a autora:
Lisa Kleypas, nasceu em 1964 e já escreveu 34 romances e seus livros foram publicados em 28 idiomas. Ela prefere escrever romances ambientados no século XIX. Seu primeiro romance foi publicado quando ela tinha 21 anos de idade. Atualmente ela vive no Texas com o esposo e dois filhos. 

Alguns de seus livros publicados no Brasil foram:

Cortesã por uma noite
Amante por uma tarde
Prometida por um dia 
Improvável – conto da antologia O herói que faltava.
Segredos de Uma Noite de Verão 
Era Uma Vez no Outono
Pecados no Inverno 
Escândalos na Primavera 
Uma Noite Inesquecível 
Desejo à Meia Noite 
Sedução ao Amanhecer 
Casamento Hathaway 
Tentação ao Pôr do Sol 
Manhã de Núpcias
Paixão ao entardecer 
Um Sedutor sem Coração 
Uma Noiva para Winterborne
Um Acordo Pecaminoso
Um Estranho Irresistível
Uma Herdeira Apaixonada 
Pelo Amor de Cassandra
Uma Tentação Perigosa
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ivi Campos

46 anos. De todas as coisas que ela é, ser a mãe do André é a que mais a faz feliz. Funcionária Pública e Escritora. Apaixonada por música latina e obcecada por Ricky Martin, Tommy Torres, Pablo Alboran e Maluma! Bookaholic sem esperanças de cura, blogueira por opção e gremista porque nasceu para ser IMORTAL! Alguém que procura concretizar nas palavras o abstrato do coração.




.

Colunistas

sq-sample3
Kesy
sq-sample3
Kelly
sq-sample3
Laís

Facebook

Instagram

Resenhas

Filmes

Meus Livros

Músicas

Youtube


Arquivos

Twitter

Filmes

Mais lidos

Link-me

Meu amor pelos livros
Todas as postagens e fotos são feitas para uso do Meu amor por livros. Quando for postado alguma informação ou foto que não é de autoria do blog, será sinalizado com os devidos créditos. Não faça nenhuma cópia, porque isso é crime federal.
Tecnologia do Blogger.