21.7.21

Livros com Protagonistas Escritores – 2021


No dia 25 de julho comemoramos o Dia do Escritor, a profissão que enche a nossa vida de leitores viciados com emoção, fantasia, amor, drama e diversão. Ano passado trouxe uma lista com 5 livros que tinham protagonistas escritores e esse ano trago mais 5 livros assim.

Vamos conferir?

A Vida Secreta Dos Escritores (Guillaume Musso) -
 O livro nos traz Nathan Fowles, um grande escritor de sucesso no passado, com livros publicados pelo mundo inteiro e considerado um dos melhores autores do século. Porém há quase vinte anos, ele decidiu se aposentar, não publicou mais nada e se recolheu em uma ilha de Beamont. Odeia ser incomodado e interage com pouquíssimas pessoas sendo conhecido atualmente como um velho ranzinza e amargo. Apesar de Nathan estar afastado, ele tem um fã incondicional chamado Raphael que não apenas ama seus livros, mas decidiu se tornar escritor inspirado em Nathan, porém o início de sua carreira está complicada, pois já foi rejeitado por diversas editoras. Frustrado, ele decide se mudar para Beamont, tentar se aproximar de seu ídolo e talvez ser ajudado por ele. Logo após a chegada de Raphael a ilha, um crime acontece e como se trata de uma ilha, ninguém mais pode sair ou entrar ali até que o caso seja desvendado. O enredo é enxuto, rápido e muito ágil e em poucas páginas já sabemos quem é quem, entendemos a dinâmica da narrativa e queremos esclarecer os culpados dos crimes citados. De uma forma frenética, somos entregues a reviravoltas dentro de uma escrita gostosa que envolve o cenário literário mundial, bem como a aspiração de cada ser humano que quer viver de sua arte.

Milagre na Quinta Avenida (Sarah Morgan) -
O livro traz a Eva, dona de uma agência de eventos com as amigas Paige e Frankie. Apesar de muito amigas, as três mulheres são bem diferentes entre si: Eva é a mais romântica e sonhadora do trio e tem uma meta para o final do ano: arrumar alguém para fazer sexo antes do natal. Apesar do objetivo ousado, Eva não vive o melhor momento da sua vida. A avó que era sua melhor amiga faleceu e ela ainda se sente de luto, suas melhores amigas estão envolvidas em relacionamentos maravilhosos e Eva se sente sozinha. Ela aceita o trabalho de arrumar o apartamento de Lucas Blade, um escritor de suspense e mistério que estaria em Vermont para desenvolver seu próximo lançamento. A solicitação foi feita pela avó de Lucas e o que as duas não imaginavam é que Lucas não foi pra Vermont e enquanto uma nevasca furiosa arrasa com Nova York, Lucas e Eva ficam sozinhos no apartamento. Lucas vive o luto pela esposa falecida no último natal e o livro se desenvolverá em Lucas ter que conviver com Eva, que ao contrário dele é falante, extrovertida e apaixonada pela vida. É um pouco óbvio que os dois se envolvam e se apoiem diante das perdas da vida. A escrita da autora é muito gostosa. Você já imagina como o livro terminará desde o momento em que Lucas e Eva se encontram pela primeira vez, mas ser previsível não diminui em nada a experiência da leitura porque os personagens são envolventes, carismáticos e muito críveis.

O Pacifista (John Boyne) -
O livro conta a história do encontro entre o ex-soldado e atual escritor Tristan Sadler e Marian Bancroft. Marian é a irmã de Will, amigo que Tristan conheceu quando chegou ao treinamento, antes de guerrear contra os alemães no norte da França, que morreu antes da guerra terminar. O motivo do encontro é Tristan devolver as cartas que Marian escreveu ao irmão, mas na verdade Tristan tem outro objetivo em mente: quer revelar a ela um segredo que carrega intimamente e não suporta mais. Entre o encontro com Marian em 1919, quando a primeira Guerra Mundial havia chegado ao fim, Tristan lembra do passado, um pouco da infância, muito da guerra e assim, o personagem se descortina na nossa frente e nos mostra o quanto é difícil ir na contramão de padrões estabelecidos e nunca questionados. A narrativa em primeira pessoa, sempre trazendo a perspectiva de Tristan, nos dá o panorama perfeito de um homem inteiro, com sentimentos, desejos, qualidades e defeitos e aquela porção de mediocridade dada a cada ser humano. À primeira vista, Marian é irritante, mas sua personalidade é entendida em função de simplesmente não entender e aceitar a morte do irmão e passamos a entender também Will: um pouco contraditório, mas sobretudo, uma gota de paz em um oceano de guerra. O livro é triste, melancólico, mas ainda assim, acelerado. A vivência em plena guerra é descrita de maneira perfeita, de maneira que fui capaz de ouvir o som ensurdecedor das bombas, dos tiros, sentir o cheiro da morte descrita dos soldados atingidos e visualizar o cenário desumano das trincheiras com lama e descaso. 

Sex, Lies and Online Dating (Rachel Gibson) -
O livro nos traz Lucy, uma escritora de mistério e apesar das suas narrativas ficcionais, ela faz uma pesquisa intensa para construir cada trama, usa e cria situações do dia a dia para compor seus enredos. No momento em que este livro inicia, Lucy está escrevendo um livro em que a serial killer escolhe suas vítimas diretamente de salas de bate papo em que o grande interesse é a azaração. Para a ambientação do livro ser bem realista, Lucy decide realizar alguns encontros com os tais papeadores, simplesmente para encontrar personalidades que possam servir de inspiração para o livro. A maioria dos encontros traz para Lucy os homens mais chatos, de higiene e caráter duvidosos. Até que em um dos encontros aparece um homem diferenciado: bonito, de conversa inteligente e aparentemente alguém por quem a própria Lucy poderia cair de amores. Esse homem é Quinn, que se apresenta como encanador, mas, na verdade, é um policial disfarçado em busca de um assassino que como a protagonista do livro de Lucy, também escolhe suas vítimas em salas de bate papo pela internet. O livro tem várias nuances interessantes, a começar da leveza da narrativa que constrói Lucy como uma mulher moderna, independente, feliz em sua profissão e cercada de amigas que a divertem, além de serem um suporte forte quando as coisas não vão bem. O livro traz também aquele tom sensual comum em todos os livros da autora e por fim, temos ainda um mistério a ser resolvido, porque afinal de contas, quem é o criminoso que age como a personagem que Lucy criou apenas para o seu livro?

Um Bestseller Pra Chamar de Meu (Marian Keyes) -
Um Bestseller Pra Chamar de Meu acompanha a história de três mulheres diferentes. Gemma é uma organizadora de eventos que se vê diante de uma crise quando seu pai abandona sua mãe. Jojo é uma mulher linda e uma ótima agente literária, mas tem um caso com o chefe, que é casado. Por fim, Lily está colhendo o sucesso de seu primeiro livro, que faz muito sucesso, só que não consegue escrever o segundo e acumula dívidas. Lily e Gemma eram muito amigas no passado, até Lily roubar o namorado de Gemma e se casar com ele. A vida de Gemma vira tão de cabeça para baixo que ela resolve contar tudo, de um jeito bem divertido, por e-mails para uma amiga que mora longe. Essa amiga envia esses e-mails para Jojo, a agente literária de Lily. Vocês já imaginam o caos em que tudo isso se transforma, né? Com todo o bom humor dos livros da Marian Keyes, a obra mostra como encarar a vida diante das dificuldades. Elas sempre vão existir, mas cabe a você olhar as adversidades por outro ângulo ou desistir. Existem momentos engraçados e muitas curiosidades sobre o universo editorial na Europa. 

Estas são as minhas indicações com protagonistas escritores. Já leu algum desses livros? Faltou algum na minha lista? Deixa aí nos comentários porque vou adorar conferir.

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário