21.4.21

Séries do Meu Coração #52 Transplant


Oi gente que ama livros, hoje venho com mais um post da coluna Séries do Meu Coração e compartilharei com vocês meu amor por mais uma série apaixonante.

A série do mês é Transplant.

A série canadense Transplant começa com um grave acidente em um restaurante, quando um caminhão invade o local. Um dos funcionários do estabelecimento consegue salvar os feridos e para isso, usa métodos bem inusitados, mas fundamentais para salvar aquelas vidas. Ele é Bash, médico sírio que escapou da guerra em seu país de origem e na condição de imigrante, trabalha em subempregos para se manter com a irmãzinha Amira, que é toda a sua família, uma vez que os pais foram mortos nos atentados na Síria.

Entre os acidentados que Bash ajuda está Jed Bishop, diretor do York Memorial Hospital de Toronto, que é gravemente ferido e sobrevive graças aos conhecimentos do jovem médico. Será por essa atitude rápida para contornar a situação em meio a um desastre e atender os outros feridos que Bash terá a chance de voltar a exercer a medicina, um sonho que persegue desde que saiu da Síria e se viu impedido por não ter a documentação necessária.

O ator que interpreta o protagonista é Hamza Haq, que mora no Canadá desde os nove anos, nasceu na Arábia Saudita. Ele chegou a cursar Medicina, mas abandonou a área para se dedicar à interpretação. 


O personagem Bash é carismático, inteligente, sensível e nas primeiras cenas já torcemos para que tudo dê certo para ele. Enquanto salva vidas no acidente e também se fere, Bash luta para sair logo do hospital e poder buscar a irmã de 12 anos que está em um curso de inglês e precisa dele. Esse apelo familiar é muito consistente e os dois atores juntos têm interações muito boas. 


Além deles, temos os outros personagens do hospital, cada um com uma característica especial: temos a residente workaholic, a cirurgiã desapegada, o pediatra camarada e o chefe rígido, todos muito bem desenvolvidos e que nos conquistam em poucas cenas com toda aquela tensão que qualquer série médica possui, com o diferencial do protagonista que trará em seu plote o drama de ser um refugiado de guerra, o que dá uma camada mais especial ao enredo.


A primeira temporada tem 13 episódios, está disponível no Globoplay e já foi confirmada renovação para a segunda temporada. 

Eu amei!!!

Trailer:

4 comentários:

  1. Oi Ivi,
    já tem um tempinho que estou de olho nessa série. Sou apaixonada por tramas que abordam a rotina hospitalar, e não é atoa que Greys anatomy e dr. House são meus seriados favoritos da vida. Conhecer um pouquinho mais de Transplant só me confirmou a minha primeira impressão e me fez querer assisti-la logo. Afinal, treze episódios da pra assistir rapidinho, né? Vou me organizar e sanar essa pendencia no próximo fim de semana. Você como sempre trazendo ótimas dicas, hein?

    Beijos!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  2. Nossa não conhecia essa série, mas me interessei bastante. Costumo gostar de séries com essa ambientação e quando trazem junto um enredo que vai além do ambiente hospitalar me chamam a atenção. Vou anotar o nome pra lembrar de procurar depois :)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ivi! Tudo bem?
    Eu vi propaganda dessa série e fiquei muito curiosa para assistir. Eu normalmente não curto séries ambientadas em hospitais, mas achei a premissa dessa incrível. Vendo o quanto você gostou, me deixou ainda mais curiosa. Uma pena que só tenha no Globoplay, porque tive problemas assinando outro serviço deles e foi tanta dor de cabeça que não me arrisco mais.
    Mas amei o seu post e espero algum dia ter a oportunidade de assistir.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Eu já tinha ouvido falar dessa série pois meus amigos sabem o quanto amo uma série médica, e essa parece ser maravilhosa! Adorei saber que curtiu demais, pois isso me motiva ainda mais em assisti-la. Já tenho grandes expectativas, e pela premissa, tem tudo para que eu curta. Ótima postagem e indicação <3
    Beijos

    ResponderExcluir