Reggaeton – Ritmo Envolvente (Dani Nascimento)

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Ficha Técnica: 
Nome original: Reggaeton – Ritmo Envolvente
Autora: Dani Nascimento
País de Origem: Brasil
Número de Páginas: 382
Ano de Lançamento: 2020
ISBN: B084KQS375
Editora: Kindle

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 108º livro lido em 2020 e foi Reggaeton – Ritmo Envolvente (Dani Nascimento). Meu interesse pelo livro surgiu ao ler uma resenha no instagram relatando que o protagonista da história era um cantor de reggaeton e havia muitas referências a música latina. Como amo demais esse gênero musical e não o vejo nos livros, fiquei master curiosa com a leitura.

O livro nos traz Santiago e Martina, dois jovens de Porto Rico, muito apaixonados. Santiago tenta arduamente viver da música, Martina o apoia muito e surge a oportunidade dele abrir o show do perfeito e maravilhoso Ricky Martin. A partir daí, surge um contrato milionário para Santiago, mas ele terá que abrir mão de Martina e seguir adiante. Ele deixa tudo para trás e se torna um cantor mega famoso, fazendo shows faraônicos pelo mundo todo. Há um intervalo de onze anos até que Martina e Santiago se reencontram após Santiago sofrer um acidente no palco e Martina, agora fisioterapeuta conceituada, é acionada para ajudá-lo em seu tratamento.

Esse pequeno resumo representa menos de 10% do enredo do livro que trará muitas reviravoltas e plotes dramáticos, além de cenas mais que sensuais entre o casal protagonista.

Infelizmente o livro não funcionou para mim porque acontece muita coisa e não existe aprofundamento ou embasamento para nenhum dos temas inseridos na história. Temos superação de acidente, câncer, divórcio, quadrilha de tráfico de drogas, sequestro, revelações sobre o passado e até uma paixão homoafetiva para lá de problemática como combustível para a história e tudo é muito superficial, subestimando a capacidade crítica do leitor em entender e acompanhar o vendaval de acontecimentos que acompanharam os personagens.

Uma das coisas que mais me incomodaram no livro foi o fato da personagem feminina se tornar uma profissional respeitada e deixar tudo de lado para acompanhar o homem da vida dela nos palcos pelo mundo. Uma série de coisas me deixaram desconfortável na leitura, como a imaturidade do personagem masculino que me fez revirar os olhos de preguiça.

Cada capítulo é aberto com o trecho de uma música latina, o que foi o ponto alto do livro para mim, pois realmente nunca encontro isso nos livros que leio, porém, a narrativa não consegue se sustentar sobre este artigo de luxo (as citações) e o desenvolvimento da história foi bem cansativo.

O livro possui alguns erros de revisão que não me incomodaram porque sei como o trabalho independente é complexo dentro do mercado literário, porém vi que a autora lançou o livro em formato físico por uma editora e espero que esses erros possam ter sido corrigidos nesta versão.

As cenas eróticas são inúmeras e em sua grande maioria, desnecessárias. Eu não sou de ler livros eróticos porque existe uma característica destas histórias que me irrita demais: a mania de colocar diminutivos nas palavras usadas, sejam palavrões ou palavras de sedução. Acho realmente incômodo esse tipo de artifício e para mim, essas cenas se tornaram péssimas em função desta escolha da autora.
No geral, é um livro sensual, com uma história mirabolante demais que me deixou cansada em função das milhares de reviravoltas que traz.

Não gostei!


Um pouco sobre a autora: Danielle Nascimento é mãe, casada, uma paulistana que mora em Campinas. Em seus 24 anos ela decidiu se aventurar na escrita apesar de ser formada em Serviço social, seu grande sonho é cursar Letras. É uma escritora que ama mais conhecer histórias do que escrevê-las e começou a escrever por imaginar diferentes desfechos para cada obra que lida. Entre assistir as séries que ama e cuidar da sua vida pessoal, ela escreve. Alguns de seus livros publicados são:
  • Reggaeton Ritmo Envolvente
  • Ponto Fraco
  • Voraz
  • Perfeita Para Mim
  • Perfeita Mulher
  • Perfeita Submissa
  • Até O fim
  • Love In War: Contos da Guerra
Comentários
6 Comentários

6 comentários :

  1. Oi Ivi! Tudo bem?
    É ruim quando isso acontece né? Ficamos ansiosa por um livro e quando lemos vem esse sentimento de decepção. Gosto de livros que trabalhem bem os personagens, aprofundando ao menos o suficiente para que eu consiga absorver a essência do mesmo, o que sempre torna a história melhor né?

    Beijokas da Prih
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Oi Ivi, tudo bem ?
    Eu ando fugindo dos livros que possuem muitas cenas quentes, cansei disso sabe ? Ai quando vi que não teve aprofundamento, risquei de vez, acho que não é algo que nignuém busca numa leitura.
    Beijos.
    estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Ivi, sua linda, tudo bem?
    Confesso que esse não é meu estilo de leitura. Mas se a história fosse bem desenvolvida poderia agradar, pois sei que existe um público cativo. Uma pena que não foi o caso. Gostei muito da sua resenha sincera.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ivi!
    A sua sinceridade me deixou curiosa para ler o livro kkk, é péssimo quando começamos a ler e a história não nos cativa, já passei por isso também, quando o livro é bem trabalhado e o enredo nos prende é outra coisa né?!
    Mas assim mesmo obrigado pela dica e obrigado por sua sinceridade, bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ivi! Tudo bem?
    Eu soube do lançamento desse livro e até fiquei curiosa por causa da sinopse. Porém, eu confesso que não costumo ter muita paciência com livros hot, aí acabei enrolando para ler esse. Que pena que você não curtiu a leitura. Acho que a imaturidade do mocinho, a falta de embasamento nos assuntos que foram abordados e o exagero nas cenas de sexo me incomodariam muito também. Mas amei a sua resenha e a sinceridade com que falou sobre o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá Ivi, tudo bom?
    Poxa, que pena que o livro não funcionou para você! Quando eu li as primeiras linhas falando sobre o Ricky e música latina imaginei que ia ser um livro que ia funcionar rs
    Essas várias temáticas foram lançadas sem aprofundamento já seria algo que me desanimaria de ler o livro. Saber ainda do protagonista meio imaturo e dessa protagonista que possivelmente vai abrir mão de tudo para acompanhá-lo já me deixa com 0 vontade de ler.
    Resenha incrível, como sempre!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Ivi Campos

45 anos. De todas as coisas que ela é, ser a mãe do André é a que mais a faz feliz. Funcionária Pública e Escritora. Apaixonada por música latina e obcecada por Ricky Martin, Tommy Torres, Pablo Alboran e Maluma! Bookaholic sem esperanças de cura, blogueira por opção e gremista porque nasceu para ser IMORTAL! Alguém que procura concretizar nas palavras o abstrato do coração.




.

Colunistas

sq-sample3
Kesy
sq-sample3
Kelly
sq-sample3
Laís

Facebook

Instagram

Resenhas

Meus Livros

Músicas

Youtube


Arquivos

Filmes

Twitter

Filmes

Mais lidos

Link-me

Meu amor pelos livros
Todas as postagens e fotos são feitas para uso do Meu amor por livros. Quando for postado alguma informação ou foto que não é de autoria do blog, será sinalizado com os devidos créditos. Não faça nenhuma cópia, porque isso é crime federal.
Tecnologia do Blogger.