18.9.19

Dolls (A. S. Victorian)

Ficha Técnica:
Autora: A. S. Victorian
País de Origem: Brasil
Editora: Kindle 
Número de Páginas: 332
Ano de Publicação: 2018
ISBN: B07DCBS6TN

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 68º livro lido em 2019 e foi Dolls (A. S. Victorian). Este livro chegou para mim através da autora que ofereceu a leitura do livro para alguns blogs literários para resenha. Sem saber absolutamente de nada do enredo ou das outras obras da autora, fiquei curiosa em conhecer o seu trabalho.

O livro nos traz duas adolescentes, Jaqueline e Edeline que passamos a chamar de Jack e Ede. As duas se conheceram na infância e ainda muito novas conseguiram se apoiar em uma situação de conflito dentro da escola. Mesmo vivendo em mundos muito diferentes (Jack vem de uma família com maior poder aquisitivo e Ede de uma família humilde) existe uma conexão forte entre as meninas. Anos se passam e na adolescência começamos a entender a vida delas: Jack se tornou uma moça muito bonita e é modelo enquanto Ede escreve muito bem, desenvolveu uma grande facilidade com as palavras e sonha em viver de seus escritos no futuro. Além disso, percebemos que a vida das meninas é muito complicada porque Jack sofre abusos físicos gravíssimos dentro de casa e por falta de confiança se envolve em situações muito humilhantes. Já Edeline precisa entender e apoiar o pai alcoólatra enquanto sua mãe se esforça ao máximo para mantê-la em um bom colégio e acreditar que o futuro da filha será melhor.

As duas se reaproximam porque Ede procura Jack para que ela lhe ensine matemática, pois está mal na escola e sofre uma pressão absurda do professor. A partir disso, as duas se aproximam e com o passar das páginas, percebemos um envolvimento romântico entre elas, ainda que ambas não entendam direito o que está acontecendo.

A escrita da autora é muito sensível e capaz de despertar uma série de emoções distintas no leitor. Sentimos muita afeição pelas protagonistas e também muito ódio por quem não as apoia e as hostiliza. Existe também uma crueza em descrever determinadas cenas de violência que me deixaram desconfortável, mas são extremamente apropriadas para o enredo que o livro desenvolveu belamente.

O final do livro nos reserva um susto forte que me fez parar de ler e pensar se eu seria capaz de concluir a leitura, mas era óbvio que eu não deixaria de conferir o final que foi muito tocante como todo o livro e consistente com a trama.

Adorei conhecer a escrita da A. S. Victorian e já quero ler outros títulos dela porque senti uma maturidade muito grande no seu texto. Apesar do livro ser uma obra independente e constar no catálogo do Kindle como autopublicação, é de nível profissional, sem erros de gramática ou revisão, o que agrega muito a leitura.

Para quem gosta de drama, o livro tem todos os elementos do gênero. Para quem busca um romance LGBTQ, temos aqui uma história com representatividade, amor, sensualidade e escrita de forma a envolver o leitor desde o primeiro parágrafo.

Eu adorei.


Um pouco sobre a autora: A autora escreve desde pequena e descobriu na arte uma forma de fugir da realidade. Nascida no outono, é apaixonada pela natureza e tudo o que ela engloba. Seus livros publicados são:
  • A Governanta
  • Depois da Meia-noite: Abóboras e Loucuras
  • Dolls

8 comentários:

  1. Legal essa história e parece trazer muita emoção e coisas bem desenvolvidas, não só aquele romance clichê mas algo com muito mais envolvido. Gostei de como a relação delas é mostrada, das coisas complicadas e dos conflitos que parecem deixar a gente agoniado ao ler. Curiosa com o final que foi dado e já deixa preocupada com isso da violência aí no meio. Já dá pra imaginar um monte de coisas. Mas parece uma história bem bonita.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ivi!
    Não conhecia a autora mas essas indicações do kindle são uma grata surpresa, não? A história parece bem emocionante mesmo, as garotas parecem se apoiar bastante e o surgimento desse romance entre elas é bem fofo. Acho que também me incomodaria com as cenas violentas minuciosamente descritas, mas se a leitura vale a pena a gente segue em frente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Uma estratégia interessante para dotar determinado personagem com profundidade é fazer uma abordagem linear ao longo do tempo, mostrando o amadurecimento. Tal macete é muito bem explorado nesta obra, a qual consegue convencer pela forma cuidadosa com a qual Victorian desenvolve um romance homoafetivo. Mas além da representatividade, o livro apresenta outros pontos positivos, como essa contextualização do abuso, mostrando que o mesmo se caracteriza por uma série de atos, que vão se acumulando psicologicamente à vítima.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Que legal conhecer esse livro.
    A capa me lembra um romance de época, mas é interessante saber que não.
    Gosto de literatura lgbt, acho que são fofas e cheias de amor, mas essa parece que deixa o coração bem apertado, né?
    Fiquei curiosa com esse susto haha.
    Vou pensar em ler, porque também amo uma narrativa sensível.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá! ♡ Ainda não conhecia esse livro, é a primeira resenha que leio sobre ele, mas com certeza vou querer fazer essa leitura, acho muito importante histórias com representatividade.
    Eu gosto muitooo de drama, que por sinal é um dos meus gêneros favoritos, então adorei saber que os elementos do gênero foram bem trabalhados no livro.
    Outro ponto que também gostei muito sobre esse livro é a maturidade e sensibilidade na escrita da autora, por se tratar de um drama que trabalha temas fortes, acho que esses dois elementos foram essenciais.
    Quero muito conhecer as personagens, ambas parecem muito bem construídas e o tipo de personagens que nos apegamos demais e nos fazem torcer com afinco por sua felicidade ♡
    Obrigada pela indicação, gostei muito da resenha! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  6. Oiii ❤ Se eu não me engano, tenho esse ebook na minha biblioteca do aplicativo do Kindle. Nunca li nada da autora, mas é bom saber que ela sabe criar boas tramas.
    Nossa, a vida de nenhuma das garotas é fácil, é muito triste que Jack sofra abusos físicos, espero que as coisas possam melhorar para elas. Que bom que elas encontram apoio uma na outra.
    Gostei que a autora tem uma escrita que passa emoções para o leitor, acho muito importante que um livro tenha isso.
    Também fico incomodada com cenas de violência, mas acho importante que o tema seja abordado.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  7. Mais um romance grandioso e bem construido. De início ja se sabe que as duas iriam criar um relacionamento, e deve fazer a gente torcer muito pelas duas. Não conhecia a autora, nenhuma de suas obras, mas achei essa um indicação ótima.

    ResponderExcluir
  8. Me toca muito esses dramas com pessoas tão diferentes que na dificuldade se ajudam. Mesmo não gostando tanto de livros dramáticos, esse é um livro que despertou minha curiosidade.

    ResponderExcluir