12.6.19

Os Meus Casais Favoritos da Literatura


Oi gente que ama livros, hoje é o DIA DOS NAMORADOS e com todo esse clima romântico no ar, quero compartilhar com vocês os meus casais favoritos da literatura

Vamos conferir?

Clare e Henry - A mulher do viajante no tempo (Audrey Niffenegger)
O livro nos conta a história de amor entre Henry e Clare. Henry sofre de uma condição genética que o faz passear por diversas épocas. Ele não sabe quando irá nem para onde, apenas acorda em um outro tempo, anterior ou posterior ao que ele se encontrava e em uma dessas viagens ele conhece Clare, ainda criança, que se torna sua cúmplice acreditando na história que ele conta. Quando se encontram já adultos, se apaixonam e vivem esse amor, mas Henry continua a viajar pelo tempo e Clare o espera com paciência e caráter, não medindo esforços para ajudá-lo no que ele precisa. O livro é lindo e com aquela característica de fazer você pensar no seu enredo por muito tempo. Um romance cheio de "eu te amo" e "vou te amar para sempre" sem cair na pieguice de um amor comum, pois o sentimento que envolve Clare e Henry agrega espera e entrega. MARAVILHOSO!!! Se você tiver a oportunidade de ler, não perca um único minuto e se entregue completamente a esta leitura.
Resenha AQUI

Lou e Will - Como eu Era Antes de Você (Jojo Moyes)
O livro nos traz Lou, uma moça de 26 anos que ainda mora com os pais, se sente à sombra da perfeita irmã mais nova e se achando a criatura mais desprovida de inteligência e oportunidades do universo, acaba de perder o emprego. Lou precisa trabalhar para ajudar a família financeiramente e após algumas tentativas de emprego, ela faz uma entrevista na Granta House, a casa luxuosa de uma família rica e o cargo proposto é cuidar de um jovem tetraplégico, o Will. O primeiro dia de trabalho é uma prova de fogo. Will é irônico, ácido e ainda que não ofereça perigo por ter todos os seus movimentos comprometidos do peito até os pés, Lou se sente intimidada por ele. Ela enfrenta os dias de trabalho sabendo que não pode se dar ao luxo de abrir mão daquele emprego e lentamente desenvolve uma amizade tocante com Will. O livro é lindo e nos dá a oportunidade de refletirmos sobre um assunto forte, polêmico e insuportavelmente triste. Quando a história se encerra e o rosto está banhado por lágrimas cheias de emoção, você percebe o quanto o amor pode ser controverso.
Resenha AQUI

Claire e Adam - Melancia (Marian Keyes)
O livro nos traz a Claire, uma mulher de 29 anos que acabou de ter a sua primeira filha. Ela ainda está na maternidade quando o seu marido James pede o divórcio, alegando que está apaixonado por outra mulher. Claire fica em estado de choque e ao voltar para casa após receber alta com sua filhinha recém-nascida, descobre que o marido já levou suas coisas do apartamento em que moravam. Totalmente sem chão, ela decide passar sua licença maternidade na casa da família, em Dublin (Irlanda). E é lá que conhece Adam, um jovem universitário americano e claro, essa é a melhor parte do livro, porque a forma como a autora desenvolveu o Adam é apaixonante. Com a descrição física que ela dá para este personagem, foi impossível para mim não associar com o ator Tom Welling e eu sorria toda vez que o personagem aparecia no enredo, achando que era o ator que estava no livro. Mas além disso, é um romance gostoso, que acontece gradativamente e só de lembrar deles me dá vontade de reler o livro.
Resenha AQUI

Bridget e Darcy - O diário de Bridget Jones (Helen Fielding)
Aqui temos um livro inteligente, sarcástico, hilário e atual. Estas são as características que fizeram de O diário de Bridget Jones um grande sucesso de vendas. Escrito na forma de diário, o romance relata um ano na vida de Bridget, uma jovem solteira de trinta e poucos anos, que luta com todas as forças para emagrecer, encontrar um namorado, parar de beber e largar o cigarro. Uma história aparentemente comum, mas narrada em estilo impecável e com extrema sensibilidade. Bridget trabalha em uma editora, mora sozinha, é apaixonada por seu chefe e cultiva o hábito de conversar com amigas que, em torno de uma mesa de bar, sempre têm soluções teóricas para todos os problemas. Até que ela conhece Darcy, um homem que a princípio é desagradável e arrogante, mas que se apaixona por ela do jeito que ela é. É impossível ler este diário e não se identificar com a protagonista, porque no fundo o que a maioria das mulheres deseja é isso: serem amadas pelo que são.

Elizabeth e Darcy - Orgulho e preconceito, de Jane Austen 
A narrativa retrata a visão de mundo da protagonista Elizabeth Bennet, uma mulher muito avançada para sua época. Ela tinha uma forma particular e inusitada de enfrentar questões como educação, cultura, moralidade e matrimônio, contrariando o ponto de vista dos aristocratas que viviam no princípio do século XIX. A jovem era a segunda de cinco irmãs, filhas de um fazendeiro. Ela não se encaixa no modelo das heroínas suspirantes e meigas do gênero romântico. Determinada e rebelde, Elizabeth não se derrete diante de Mr. Darcy. A princípio os dois nutrem um ódio incomum e recíproco. O amor é edificado lenta e inconscientemente por ambos. O personagem masculino define bem este processo ao afirmar que só se deu conta de que estava apaixonado quando há um bom tempo este sentimento já era alimentado pelos dois. Esta história traz em si uma magia tão intensa que surgem versões cinematográficas e enredos semelhantes até hoje.
Resenha AQUI

Gostaram dos casais que eu escolhi para não deixar o Dia dos Namorados passar em branco aqui no blog? Quero saber de vocês quais são seus casais favoritos. Deixem nos comentários porque vou adorar conferir.

Beijos

8 comentários:

  1. Eu não quis ler Como eu era antes de você para não sofrer demais, então eu tenho mais casais de filmes, já que não decoro muito dos livros, apesar de ter uns queridinhos como o de Outlander mesmo, que é impossível não amar.

    ResponderExcluir
  2. Apesar de eu não ter lido nenhum dos livros citados por você, vi o filme Como eu era antes de você e também amo esse casal, que me emocionou e muito. Bom, meus casais preferidos são dos livros Métrica, Uma Razão Para Respirar, Química Perfeita. Acredito que tenham outros, mas no momento não estou lembrada.

    ResponderExcluir
  3. Ooi,
    Dos livros citados eu só li Como eu Era Antes de Você e acho que até hoje é o livro que mais me fez chorar!!! Meu casal favorito de todos os tempo é Em e Dex de "Um Dia", não consigo pensar em outros ahaha

    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ivi! Adorei os casais que vc escolheu! Também adoro Elizabeth e Darcy! ♥
    Dos meus casais favoritos, posso citar Rony e Hermione (Harry Potter), além de Percy e Anabeth (Percy Jackson), Jaron e Imogen (O falso príncipe), Gansey e Blue (Os garotos Corvos) e alguns outros de romance de época, claro! rsrs
    bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua seleção, o primeiro casal principalmente. Não sabia que tinha livro. Fizeram um filme com esse mesmo enredo, mas não sei se o filme deriva desse livro, acredito que sim; o filme Te Amarei para Sempre. Os outros casais só conheço de ouvir falar. Ainda não os conheço de pertinho, ainda!

    ResponderExcluir
  6. Olá Ivi!!!
    Já começou bem quando vi Lou e Will, depois com Elzabeth e Darcy só ganhou mais ainda meu respeito pois sou louca pelos casais de Jane Austen.
    Eu teria dificuldade em escolher personagens por conta que amo tanto que fica difícil.
    Adorei o post!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. OI Ivi!
    Que legal seu post, tenho meus casais favoritos também, (Killian e Rylee - Em Silêncio), ( Cecília e Alvaro - Quando a Música Morreu), (Johnatan e Mine - A Fera) esses são atuais, mas tenho Elizabeth e Darcy e (Amelie e Chris - Quero ser Beth Levitt) que são mais antigos mas adoro todos eles. Parabéns pelo post me fez relembrar sobre minhas obras favoritas e dos personagens que marcaram, dos livros eu li só Orgulho e Preconceito e Como eu era antes de Você, bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem? Dos livros citados eu só li "como eu era antes de você" e com certeza a Lou e o Will são um dos meus casais favoritos, amei o post ♥ Estou louca para ler "Melancia".

    ResponderExcluir