17

Stephen Hawking: Aventuras de Uma Vida (Kitty Ferguson)



FICHA TÉCNICA
Nome original: Stephen Hawking: An Unfettered Mind             
Autor: Kitty Ferguson
Tradução: Pedro Barros
País de origem: Estados Unidos
Número de páginas: 464
Ano de Lançamento: 2012
ISBN: 9788564065185
Editora: Benvirá
Skoob

Como havia comentado na resenha de A Teoria de Tudo, fiquei curiosa em conhecer a história de Stephen Hawking por sua visão, então estou de volta para comentar mais um pouco sobre a vida de um dos físicos mais conhecidos do mundo.

Esse livro é dividido em quatro partes, de forma cronológica, no período de 1942 (nascimento de Stephen) e 2011, o que o torna mais detalhado que o livro de Jane Hawking. Os primeiros capítulos demonstram a infância e adolescência de Stephen, autodidata, querendo saber como as coisas funcionam e encontrar respostas para tudo.
“Deve-se ter a maturidade de perceber que a vida não é justa. Tudo que se pode fazer é se esforçar ao máximo na situação possível”. página – 43
Fiquei um pouco decepcionada porque o livro é cheio de citações de outros livros sobre a vida ou as pesquisas de Stephen, inclusive o do Jane, o que o tornou bem repetitivo, mas mesmo assim insisti na leitura.

Como era esperado, ele se sentiu depressivo ao descobrir doença (ELA), mas encontra motivo e determinação para viver ao ficar noivo e se casar com Jane, assim como o nascimento do primeiro filho Robert; Stephen luta à sua maneira, com cada vez mais pesquisas e não admite ser derrotado pela doença.

Na segunda parte do livro (a partir de 1970), Stephen já perdeu vários movimentos, mas parece cada vez mais determinado. Sua determinação contrasta com a esposa Jane, que se sente inferior a ele, sofre e fica depressiva, até que consegue ajuda nos cuidados com Stephen.
“A informação nunca é perdida. Ela pode ser misturada, embaralhada e transformada a ponto de não poder ser reconhecida como a informação com que se iniciou, mas nunca é perdida”.- página 105
A parte que mais me gerava curiosidade era sobre o relacionamento de Jane e Jonathan e esse fato não é explicado pela visão de Stephen e sim com uma citação do livro de Jane, o que me irritou muito.

Há alguns trechos curiosos e interessantes: a filha de Kitty Perguson estudou na mesma escola de Lucy e se parecia com ela. Ao encontrar com Lucy, ela confessou que o pai era teimoso, enquanto Tim era o filho mais parecido com ele. É mencionada também a discussão de Stephen com Steven Spielberg pelo argumento do filme sobre a vida / pesquisas dele.

A terceira parte (1990-2000) mostra Stephen mais dependente, mas com controle de sua vida e inclusive corridas em alta velocidade com sua cadeira de rodas. É tratado simplesmente como humano e vira modelo e inspiração para as pessoas com deficiência.

Após o divórcio de Jane em 1995, Stephen vai morar a enfermeira Elaine Mason e casa-se com ela pouco depois. Vivendo com Elaine, surgem lesões físicas em Stephen, mas ele prefere que não haja interferência policial em sua vida pessoal.
“Olá. Meu nome é Stephen Hawking: físico, cosmólogo e uma espécie de sonhador. Embora não possa me mover e tenha de falar por meio de um computador, minha mente é livre”. – página 266.
A última parte refere-se ao período entre 2000 a 2011, com o aniversário de 60 anos de Stephen em 2002 e a festa mesmo com ele ferido devido a um acidente, já que merecia comemoração pois não acreditava viver tanto tempo assim. Com a agenda cheia, algumas aparições na TV e filmes, Stephen se sentia estimulado mesmo com movimentos cada vez mais limitados.

A relação com a família melhora após separação de Elaine em 2006, o neto William tem orgulho do avô porque “ele tem rodinhas”. Essa frase pode ser interpretada de forma literal (devido a cadeira de rodas), mas também pela vida ativa de Stephen, que continua se envolvendo em várias pesquisas, escreve livros com termos científicos para crianças com a filha Lucy e é apaixonado por viagens, seja a trabalho ou para visitar os netos.

Há vários capítulos explicando as pesquisas e teorias de Stephen com direito a figuras para facilitar o entendimento, mas reconheço que não prestei atenção porque Física não me atrai. Nas últimas páginas, há um glossário com os termos técnicos utilizados no livro, além da enorme lista de referências bibliográficas.

Mesmo que tenha gostado de acompanhar a vida de Stephen Hawking por um período maior do que foi escrito em “A teoria de tudo”, o excesso de citações e os capítulos específicos sobre as pesquisas com termos técnicos me desanimaram e tornaram a leitura lenta, só me animava quando a história voltava a vida familiar dele.
"O chefe” estava de volta, pronto para seguir suas aventuras, desde que sua saúde e sua capacidade de se comunicar permitissem... uma criança que nunca cresceu... ainda fazendo perguntas de “como” e “por quê”... de vez em quando encontrando uma resposta que o satisfaça... por um tempo." – página 272
Talvez leia “Minha Breve História” escrito diretamente por Stephen Hawking para obter mais informações sobre a visão dele. Caso isso aconteça, comentarei com vocês aqui.


Um pouco sobre a autora:  Kitty Gail Ferguson nasceu no Texas (EUA) em 1941 e, desde criança, sempre mostrou interesse em astronomia e física. Além de ter colaborado com Stephen Hawking em O universo numa casca de noz, escreveu Stephen Hawking: Quest for a theory of the universe (1991), Stephen Hawking - Aventuras de Uma Vida (2012), além de The music of Pythagoras, Measuring the universe e Prisons of light entre outros.
Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Admiro esse cara e qualquer coisa que passe mais informações sobre ele, é bem vinda. Vai ser uma leitura um pouco diferente do que eu estou acostumada, mas tenho certeza que valerá a pena.
    Beijos

    https://quantomaislivrosmelhor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, apesar de há ter lido algo a respeito do autor e claro de Stephen também. Por suas considerações acredito que a leitura deve ser bem interessante para quem curte o gênero. Porém, nao sei se faz o meu estilo, então vou passar essa dica hoje.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Ótima resenha!
    Também tenho vontade de conhecer mais sobre o Stephen Hawking, mas não leria esse livro, por ter excesso de citações técnicas e a leitura lenta... Adorei o filme "A teoria de tudo", mas acho que só lendo algo vindo dele diretamente é que poderemos entendê-lo melhor. Aguardo a resenha de Minha Breve História pra saber se vale a pena ler!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. Oi Ivi
    Não sei porquê, mas a história de Hawking não desperta minha curiosidade.
    Sei que ele é incrível e mesmo tendo passado por tudo o que passou, continua trabalhando e é brilhante.
    Nãop vi o filme por causa das muitas críticas negativas.
    Mesmo assim adorei ler suas impressões. Espero que consigas ler o próximo.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Olá Kelly,
    Não conhecia esse título, mas já anotei a dica.
    Eu amo física e quero muito conhecer a vida do Stephen, que é um exemplo pra mim. Entretanto, o fato de ter citações pode ser bastante repetitivo para quem já leu outros livros.
    Fiquei interessada na leitura e pretendo fazê-la.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Desde que eu vi a resenha do livro A Teoria de Tudo eu fiquei muito curiosa para saber mais sobre esse livro. Eu não o conhecia mas gostaria muito de ver a história pela perspectiva dele e não da ex-mulher (eu não gosto dela)

    ResponderExcluir
  7. Confesso que pouco sei da vida pessoal deste gênio da humanidade. Mas à partir de sua resenha fiquei curiosa pela leitura, principalmente por conta dos gráficos explicativos de suas teorias e das citações científicas. Lendo o resumo da autora, aliás uma idéia maravilhosa sua, eu entendi o porquê do livro ter sido escrito tal como um trabalho científico e concordo com seu pensamento de que para saber mais sobre os pensanentos dele talvez seja bom ler o livro escrito por ele.
    Bjinhos,
    Elaune M. Escovedo

    ResponderExcluir
  8. Como eu assisti o filme e já sei por cima da história dele, esse livro não me chamou a atenção. Ainda mais por saber que tem muitas citações, para mim seria uma leitura cansativa, e estou em uma vibe diferente em relação as minhas leituras.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kelly
    Ainda não conhecia esse livro. Confesso que tenho vontade de ler para conhecer mais sobre ele, e lembro de sua resenha sobre A teoria de tudo. Realmente esse livro nao agradou tanto, e acho que o que nao me agradaria nesse também seria os termos técnicas, pois não sou a maior fã de física. Mas olha, essa das lesões que apareceram nele depois do casamento com a enfermeira eu não sabia. Na verdade acho que o filme esconde muito coisa que aconteceu.
    Ótima resenha!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá!! :)

    Desconhecia a existencia do livro, mas nao sei se leria! :)

    Confesso que nao gostei muito pela resenha.. Porque nao parece fazer o meu genero! :) Nao é uma personalidade que pretenda conhecer em pormenor e essas pasrtes chatas desanimaram-me a mim tambem! :) ahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ivi!
    Eu também tenho curiosidade em ler mais sobre a vida de Stephen, porque é um dos grandes cientistas que ainda temos vivo e o que conseguiu desenvolver na ciência apesar das suas limitações é digno de aplausos. Mas fiquei decepcionada por ver que esse livro não é realmente uma boa referência, já que traz citações de outras obras. Apesar disso, não sabia que Stephen começou a aparecer com lesões no corpo depois de casar com a enfermeira (rs). Uau. Tudo leva a crer que sofria violência doméstica, mas vai saber? Às vezes a fragilidade dele poderia estar apenas maior. Não sei. :/ Fiquei ainda mais curiosa.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  12. Peço desculpas, porque só depois vi a assinatura (rs). Kelly-flor, desculpe.

    ResponderExcluir
  13. Ola Kelly lindona ainda não li o livro Teoria mas acredito que assim como você ficaria curiosa em saber mais detalhes desse grande homem e profissional, uma pena que o livro cito demais trechos de outros livros, mas acredita que tenha valido a pena somente por de alguma maneira conhecer a vida e toda a luta do protagonista. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Parece que na verdade eles utilizaram um pouco de outros livros para fazer este né? Eu vi um livro assim que se baseava na da Anne Frank e também fiquei chateada, mas este cara é um exemplo de vida, só não sabia desta parte do segundo casamento dele, poxa, ele sofria maus tratos? Ele é incrível e mega inteligente!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Kelly, eu já li A teoria de tudo e gostei muito, mas confesso que não me interessei em ler essa obra falando sobre a vida dele. Seilá mas não tenho tanta curiosidade assim, então acredito que daria uma chance ao livro apenas mais para frente. É uma pena que tenha tantas citações e isso fazer perder o foco do livro :/

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-pode-beijar-noiva.html

    ResponderExcluir
  16. Oi *-*

    Vou ser bem sincera. Não sou muito de ler biografias e poucos me interessam também. Conheço meio que por cima a estória dele e ainda do que vi no filme. Acho que pra curte é realmente uma leitura muito validade. Creio se lesse ficaria meio cansada nesse aspecto sobre as pesquisas dele =/

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    deve ser bem chato pegar um livro para conhecer mais sobre o Stephen e a autora encher de citações de outros livros né, não sei se foi o caso, mas eu acharia uma encheção de linguiça isso rsrsrsrs
    Eu não assisti a teoria de tudo, mas pela sua resenha mesmo com esses trechos chatos no livro, a obra parece agradar quem quer conhecer um pouco mais da vida de Stephen, espero que leia o outro livro 'escrito' por ele e traga resenha pra nós

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014