16

Put Some Farofa (Gregório Duvivier)

Ficha Técnica:
Nome Original: Put Some Farofa
Autor:  Gregório Duvivier
País de Origem: Brasil
Número de Páginas: 208
Ano de Lançamento: 2014
ISBN: 9788535925067
Editora: Companhia das Letras
SKOOB

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 41º livro lido em 2016 e foi Put Some Farofa (Gregório Duvivier). Este livro estava na minha estante desde o lançamento e foi a TBR Jar quem escolheu para que eu lesse agora.

O livro traz uma coletânea de cronicas e roteiros escritos pelo ator que ficou bem conhecido através do canal Porta dos Fundos, no youtube. Eu pelo menos, conheci o Gregório lá, através de links de vídeos que os amigos me mandavam. Nunca fui inscrita no canal, mas em alguns vídeos, me diverti com as esquetes que o grupo de humoristas apresentava.
"Mas é que você ficou tão igualzinho a mim. E de mim, já basta eu. Eu já não tenho paciência pra mim. Vou ter pra você?" página 28
O livro é dividido em três partes que se preenchem com as crônicas já publicadas do autor em outros meio de comunicação, bem como, roteiros que ele próprio desenvolveu para o canal Porta dos Fundos e, entre um roteiro e uma crônica, as vezes eu tinha a impressão que estava lendo dois livros diferentes.


As crônicas que versam por vários assuntos, algumas interessantes e inteligentes, e outras muito vazias e desnecessárias, trazem uma escrita um pouco pretensiosa e arrogante. A mim causou aquele sentimento de que se aquela experiência não fosse uma leitura e sim uma conversa, o autor insistiria em seu ponto de vista até o desgaste.

Gregório fala de política, se apresentando abertamente como de esquerda e critica as religiões organizadas, sendo um ateu confesso e praticante. Encontramos uma autocritica bem humorada quanto a sua própria irresponsabilidade em cumprir prazos e também sobre seu biotipo e, sobre todos estes assuntos, encontrei alguém um pouco desesperado para ser lido, aceito, aclamado e celebrado.
"Nem toda mulher está oferecendo o corpo e as que estão, não são pessoas piores." página 57
Quando comecei a leitura, imaginei que leria rapidamente porque as crônicas e roteiros não são longos ou complexos, mas a presunção do texto me desanimou um pouco. Existe uma arrogância antipática em cada opinião expressa e um tipo de humor que eu questiono.


Para quem gosta de crônicas, talvez o livro seja um excelente passatempo. Para quem gosta do canal Porta dos Fundos, a leitura poderá ser bem leve e divertida, mas eu esperava um pouco mais e na verdade, nem sei explicar o que exatamente eu queria encontrar no livro. Talvez uma escrita mais equilibrada, aberta a reflexão ou que desencadeasse uma discussão saudável sobre os temas abordados. Mas conheci um Gregório chato, obtuso e um pouco birrento. Acho que o prefiro apenas como ator.

Algo positivo que posso dizer é que os roteiros rápidos funcionam tanto em texto quanto na tela e isso de certa forma me agradou. Aquilo que me divertiu no canal do youtube, me fez rir mais uma vez, lendo o roteiro. Porém, aquilo que não me agradou no canal, tornou a me incomodar no texto.


Talvez o livro seja apenas um entretenimento, um passatempo rápido e indolor para outro tipo de leitor, mas para mim, particularmente, esperava mais e esse mais, não encontrei.


Um pouco sobre o autor: Filho da cantora Olivia Byington e do músico Edgar Duvivier, Gregório Byington Duvivier é formado em Letras na PUC-Rio desde 2008. Começou a atuar aos 9, no curso de teatro Tablado. Um ano antes de entrar na faculdade, aos 17 anos, formou o grupo que faria a peça Z.É., Zenas Emprovisadas, com seis anos em cartaz e em turnês pelo país. O ator aventurou-se pela literatura sendo bem aceito pela crítica. Seus livros publicados são:
  • Percatempos
  • Ligue os pontos – Poemas de Amor e Big Bang
  • A Partir de Amanhã, eu Juro que a Vida Vai Ser Agora

Comentários
16 Comentários

16 comentários:

  1. Oi Ivi, eu estou bem curiosa para fazer essa leitura. Também o conheci através de vídeos e acredito que suas crônicas e roteiros devem ser bem interessantes. Pena que para você o livro não funcionou como você esperava. Na minha opinião, é um livro de entretenimento, mas não deve ter muitas expectativas sobre ele.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi linda
    Pensei que fosse apenas prepotência minha de achar que o humor dele é muito ácido e algumas vezes bem arrogante e ambíguo e isso gerou um desconforto durante a leitura.
    É um passatempo,mas não recomendo para quem tem um gosto mais apurado para crônicas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Hey...
    Alem do livro do Felipe Neto e um que a Paty escreveu em parceria eu não li nenhum livro dos "Youtubers" não por falta de interesse, mas parece que nenhum dele realmente me agrada da forma que eu quero,não sei se é por que vivo no mundo da fantasia e ler sobre pessoas reais me traz de volta ao mundo real ou se é pelo fato de que o conteúdo realmente não me atrai, só o tempo ira dize... enfim amei sua resenha pois foi bem realista e sincera sobre seu ponto de vista...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Então.... Me julguem mas não gosto de livros de YouTubers. Já tive oportunidade de pegar alguns e sinceramente me deixa espantado a quantidade de coisa rasa que eles trazem. Esse já tinha ouvido falar e vendo sua resenha até que parece ser bem válido mas ainda tenho isso pra mim. Fico feliz que tenha gostado e tudo mais :)

    Everton equipe Rillismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Everton, acho que você não leu a resenha, porque deixo claro que o livro não funcionou pra mim.

      Excluir
  5. Oi Ivi, tudo bem?
    Também não sou inscrita no canal do youtube Porta dos Fundos, mas como você, já me diverti assistindo um vídeo ou outro. É uma pena que o livro não tenha correspondido com as suas expectativas. Faz um bom tempo que não leio crônicas, mas pode ser uma boa ideia ler o livro apenas para passar o tempo, mas não me animei muito por você ter dito que o autor é um cara arrogante e birrento. Mas apesar da leitura não ter sido válida para você, gostei da sua resenha sincera.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi
    Gosto muito das crônicas de Duvivier. Acho os assuntos pertinentes e o posicionamento dele diante de várias coisas se parecem com os meus.
    Muito legal esse livro, pois podemos conhecer facetas diferentes. Tanto do lado mais humorístico, como o outro mais crítico.
    Gostei das sua impressões.
    Ótima dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Olá Ivi,
    Gosto de crônicas, mas acho que é provável que tenha a mesma impressão que você e que o livro não funcione pra mim. Pelo que notei, Gregório defende seu ponto de vista e ponto, o que o torna birrento, como você disse.
    Adorei sua resenha e a sinceridade em suas impressões.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Confesso que não tenho muita paciência para livros de youtubers, e principalmente quando os autores são de canais humoristas assim, pois uma coisa é ver um vídeo com roteiro, edição e todas aquelas falas forçadas para nos fazer rir, e outra completamente diferente é ler textos do tipo, acho que perde a graça sabe?
    Enfim, é um tipo de livro que eu passaria longe =/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Conheço o autor/ato mas não conhecia esse livro e infelizmente não me agradou em nada..nunca assisti Porta dos Fundos por mais de 5 minutos,acho chato e cansativo e presumo que o livro também seja assim,então dessa vez ele não vai fazer parte das minhas leituras...

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/05/resenha-o-quarto-dia-sarah-lotz.html

    ResponderExcluir
  10. Helloo, Ivi! Tudo numa nice?!
    Então, eu já tinha visto esse livro antes, mas não tinha me interessado, em parte pela capa, não gosto que mostre o rosto poque acaba totalmente com o que podemos imaginar. Mas eu nunca tinha lido a sinopse então não fazia ideia do que se tratava. Então só por causa da resenha que percebi que de trata do cara de Porta dos Fundos. Bem, eu nunca assisti um vídeo do canal de verdade, só um pedaço quando minha professora colocou na faculdade e tinha achado até engraçado. Mas ver tanta prepotência e acidez numa leitura não me agrada. E eu também não curto esse tipo de leitura, eu gosto de ficção. Primeiro eu já não me sentia atraída pela obra, mas com tudo que você falou, não me vejo lendo. Eu prefiro humildade, o que aparentemente o autor não apresenta.
    Ótima resenha.
    Beijin...

    ResponderExcluir
  11. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que apesar de achar interessante a premissa do livro, não é algo que eu leria. Primeiramente por não ser uma grande fã do gênero do livro, e segundo pela sua resenha, parece que em alguns momentos a leitura se torna cansativa por causa da arrogância do autor, então isso não iria funcionar para mim. Mas para quem gosta do programa, com certeza vai ser uma leitura interessante.

    ResponderExcluir
  12. Oi Ivi, eu fiquei bem curiosa com o lançamento desse livro e ele me chamou bastante a atenção, e a sua resenha me fez ficar mais curiosa ainda. Parece ser um livro leve e divertido, ótimo para passar o tempo sem compromisso. Espero ler ele uma hora dessas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Já vi várias pessoas falando desse livro, e eu até tinha muita vontade lê-lo. Aí uma youtuber que gosto muito o leu e fez comentários no mesmo seguimento que os seus, principalmente onde você fala que queria algo mais. Aí desanimei do livro, e nunca mais fui atrás. Aí vejo outro pessoa com opinião parecida. Não digo que nunca irei ler, mas um dia, quem sabe.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  14. Oie! Eu sinceramente não curti esses canais de YouTube e automaticamente não tenho interesse na coisas desses escritores. Mesmo sendo um livro de crônicas eu não me animei para a leitura não.
    Fica para una próxima dica!
    Bj

    ResponderExcluir
  15. A sua opinião está bem de acordo com a impressão que o livro me causa. Sinceramente, nunca tive vontade de fazer essa leitura, sem querer desmerecer o autor, que deve ter o seu valor. Mas creio que a leitura não faz o meu tipo. A capa é muito sem graça. Gostei de saber a sua opinião, ótima resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014