16

A Rebelde do Deserto (Alwyn Hamilton)

Ficha Técnica:
Nome Original: The Rabel Of Sands
Autora: Alwyn Hamilton       
Tradução: Eric Novello
País de Origem: Inglaterra
Número de Páginas: 312
Ano de Lançamento: 2016
ISBN-13: 9788565765992
Editora: Seguinte
SKOOB

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 42º livro lido em 2016 e foi A Rebelde do Deserto (Alwyn Hamilton). Este livro me interessou pelo cenário e pela abordagem que a sua sinopse trazia e, fiquei interessada em conhecer essa trama.

O livro nos traz uma jovem de 16 anos chamada Amani, que mora com os tios em um vilarejo em pleno deserto do Oriente Médio. Amani vive na nação de Miraji onde temos como chefe de estado, um Sultão. Para que o trono seja passado para um de seus herdeiros e acredite, ele tem muitos, muitos e muitos herdeiros, porque afinal ele tem um harém, o trono é conquistado através dos Jogos de Festim, uma luta entre os filhos homens e, aquele que vencer, será o sucessor do trono. Porém, o vencedor, após uma série de intrigas, acabou por não assumir seu posto e fugiu para o deserto. Mas não ficou quietinho não, deu início a uma rebelião para cobrar o que lhe era de direito.


Mas Amani não está exatamente perto desta confusão toda, na verdade, ela mora distante da capital e na casa dos tios, é tratada como uma serviçal da família. O tio tem planos de se casar com ela, uma vez que a poligamia é comum no Oriente e a sua tia Farrah, é uma mulher amarga e cruel e claro, não quer dividir o marido com a sobrinha órfã. E com esta vida horrível, Amani decidi fugir de casa, consegue juntar um pouco de dinheiro e como ela é uma excelente atiradora, ela se veste de menino – as meninas e mulheres não tem vez em Miraji – e vai participar de um campeonato de tiro. Ela consegue passar pelas parciais da competição sem levantar suspeitas sobre o fato de ser menina, até que na fase final da disputa, ela tem que ganhar de um forasteiro e de um tradicional vencedor. Uma confusão do tamanho do universo é criada nesta final e Amani não consegue fugir. Porém no dia seguinte, ela reencontra o forasteiro e descobre que ele é um procurado do Sultão e é ele quem consegue tirar Amani daquele lugar. A fuga dos dois é incrível pois se dá através de um Buraqui, uma criatura mágica em forma de cavalo e a partir deste ponto, Amani começa uma aventura de autoconhecimento, cheia de emoção.

O livro então irá se desenvolver sobre esta aventura, cheia de mitologia, fantasia e muitos pontos de reflexão inseridos em uma narrativa forte, pulsante e acelerada.


Algo que precisa ser destacado nesta narrativa, é que a autora enfatiza com muita propriedade, a força da mulher. Amani é uma garota que luta pela sobrevivência com todas as forças que ela dispõe. Ela vai contra os padrões estabelecidos e mostra com atitudes e pensamentos que ela é capaz de ser independente e cuidar de si mesma. Eu particularmente, valorizo demais livros que trazem esse tipo de questão na história, porque são personagens que são admiradas por sua intensidade como ser humano e não apenas como mulher.

O romance no livro é bem discreto e de longe, não é foco central do enredo. Mas existe e pode gerar alguns suspiros nos mais românticos, mas a trama política é o que ocupará um grande espaço na narrativa. Não são articulações muito intrincadas ou que leve o leitor a fazer algum paralelo com a nossa sociedade atual, porém é bem incisivo em determinados momentos, o que dá uma certa dinâmica aos personagens.


Eu não conheço muito da mitologia árabe e o máximo que eu sabia era sobre lâmpadas mágicas e gênios que concedem pedidos. Porém o livro traz uma série de seres míticos. A autora não apenas coloca essas criaturas no livro, mas ela explica o que eles são, como surgiram e também a diferente interpretação que cada povo pode dar para um mesmo ser. Como fiquei muito empolgada com o livro, tratei de fazer a minha lição de casa e descobri que no site da série, a autora explicou alguns deles com uma riqueza de detalhes que merece ser conferida por quem apreciar esta história. (Confira AQUI)

Enfim, o livro é perfeito!!! Traz uma história original, bem desenvolvida e que deixa o leitor envolvido do começo ao fim. Muitas reviravoltas e personagens consistentes, aceleram o ritmo de um dos melhores livros de fantasia que já tive a oportunidade de ler. Maravilhoso, relevante e extremamente fluido, a leitura de A Rebelde do Deserto foi uma aventura inesquecível para mim e ainda que eu não goste de séries, estou aguardando com ansiedade o segundo volume da trilogia.


Recomendo para quem gosta de fantasia, política e de narrativas que trazem personagens que te ganham no carisma, na inteligência e na ação. Também recomendo para quem não gosta do gênero, porque a história é tão bem escrita, que o leitor mais crítico encontrará prazer ao ler este livro.

Adorei!!!


Um pouco sobre a autora: Alwyn Hamilton nasceu em Toronto – Canadá. Passou a infância saltando entre Europa e seu país de origem, até que seus pais se estabeleceram na França. Ela cresceu em uma pequena cidade francesa, formou-se na Universidade de Cambridge, em História da Arte e mudou-se para Londres, onde foi trabalhar em uma casa de leilões. No Brasil, A Rebelde do Deserto é o seu único livro publicado.


Comentários
16 Comentários

16 comentários:

  1. Olá, Ivi!
    Eu ainda não conhecia esse livro e fiquei encantada com sua resenha! Que premissa maravilhosa! Adoro personagens femininas fortes e tenho certeza que vou adorar Amani!
    Também conheço pouco da mitologia árabe e fiquei bem curiosa sobre isso. Vou dar uma olhadinha no site da série.
    Dica mais do que anotada, espero ler em breve!
    Linda resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. OI Ivi, estou bem ansiosa para começar a ler esse livro. Provavelmente irei comprar no próximo mês, porque só estou lendo comentários a respeito e fiquei completamente apaixonada quando soube desse lançamento. A capa é linda, a premissa é instigante e sua resenha só me motivou a querer fazer a leitura logo.
    Obrigada pela indicação!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Oi Ivi,tudo bem?
    Não conhecia esse livro ainda mas fiquei bem atraída por ele!
    A capa tá bem bonita e a premissa da história é bem interessante também.
    Nunca li nada da Mitologia Arabe, então esse é um dos pontos que me deixaram bem curiosa a respeito desse livro.
    Gostei de saber que a autora dá ênfase a força da mulher e que mesmo tendo romance esse não seja o foco do livro.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá Ivi.
    Eu já tinha visto esse livro nas redes sociais e confesso que fiquei interessada na história. Achei Amani uma menina muito inteligente e dele lutar ao lado do filho rebelde do sultão. Adoro conhecer novas culturas e também não sei quase nada mitologia árabe e é um ótima oportunidade de conhecer.
    Adorei a sua resenha e assim que puder quero ler o livro.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivi, tudo bem?
    Eu amei esse livro, para mim foi uma das melhores leituras que realizei esse ano. Também não conhecia a mitologia árabe e não sabia que no site da série tinha muitas informações sobre isso e gostei de conferir. As criaturas que eu mais gostei foram os buraqis e os pesadelos.
    Eu não gosto muito de política, mas gostei de ver como a autora conseguiu inserir ela na história, ficou muito interessante. Também me apaixonei pela Amani, é uma personagem muito forte que realmente vai além dos padrões estabelecidos por aquele lugar. Adorei a sua resenha, ficou bem completa e desenvolvida.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  6. Olá Ivi,
    Fico feliz que você tenha adorado a leitura.
    O livro despertou bastante minha curiosidade, primeiramente pela capa linda que tem e depois por essa premissa tão intrigante, nunca li nada que se passa no deserto e gosto muito do lugar.
    Um ponto que me agradou bastante foi saber que o romance não é o foco da história. Adorei isso.
    Já anotei a dica e espero ler em breve.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Oiee Ivi ^^
    Confesso que de início eu não tinha muita curiosidade de ler esse livro, pois me parecia ser muita fantasia, o que eu não curto muuuito. Mas eu tenho visto tanta coisa positiva sobre a história, e sobre o fato de a autora destacar e criar personagens femininas fortes (AMO!), que eu estou cada vez mais animada para conhecê-lo. Saber que a história foi bem escrita me animou ainda mais!
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Ivi!
    Esse livro está na minha lista de leituras desde que a Seguinte anunciou a capa (que é espetacular) lá no Facebook.
    Estou vendo que todos estão amando esse livro, principalmente os leitores que adoram uma fantasia bem construída.
    Como ele é minha próxima leitura acabei pulando algumas partes, mas espero adorar ele também, como pelo visto vc gostou ;)

    ResponderExcluir
  9. Oiii!!!

    Eu estou lendo esse livro agora!!! E estou adorando. E olha que nem é meu estilo favorito heheheeheheheh, acho que a autora está constuindo os personagens e a narrativa, ainda tô no início então não sei muito sobre, maaas estou curtindo. Sua resenha deu um up a mais.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Oi Ivi pelas fotos , sinopse é principalmente sua resenha o livro já me conquistou completamente antes mesmo de eu ler. Adoro o gênero fantasia e achei a história dessa bem original é diferente dos temas encontramosenxkntramso por aí.
    Com certeza vou querer ler.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Gente... Que resenha, socorro hahahaha. Adorei, já tinha assistido algumas, mas, essa sua me deu vontade de entrar na história. Quero muito esse livro, espero que eu fique tão por dentro quando você. Bjs. Tayletitshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Não sabia que além de fantasia esse livro tinha mitologia também... já fiquei ainda mais interessada do que estava antes. Sei tanto quanto mitologia árabe quanto você, ou seja, quase nada, só sobre gênios e lâmpadas, e estou ansiosa para conhecer mais sobre o assunto. Amo fantasia, e saber que esse é um dos melhores do gênero que você já leu me deixou mega empolgada.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  13. Ivi, AMEI a sua resenha!! Desde que vi esse lançamento, mesmo achando a capa linda e o enredo diferente, principalmente com relação a região onde a trama se desenrola, eu não havia me interessado, mas a sua resenha conseguiu "vender" o livro para mim e fiquei muito curiosa, principalmente por tratar-se de uma mitologia à qual não estou a familiarizada, além do mais adoro literatura fantástica e livros com protagonistas fortes e determinadas!
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não leio muita fantasia, mas estou curiosa com esse livro faz um tempo. Não sei muita coisa sobre mitologia árabe e por isso fiquei mais animada ainda para conhecer essa historia e apesar de amar romances, acho que não sentiria muita falta ness a história. Enfim, gostei muito da dica, tenho certeza que seria conquistada de cara.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  15. Oiiiiiii

    Comprei esse livro esses dias e já estou ensaindo em ler. Adorei essa capa e não sabia que autora destaca bastante o poderio feminino. Acho super importante visto a tantas coisas que temos visto ultimamente. Enfim, sua resenha só me deixou ainda com mais vontade.

    Bjosss

    ResponderExcluir
  16. Oi Ivi, sabe que esse livro é diferente de tudo que eu já li até hoje e isso chamou muito minha atenção, além de ter uma capa maravilhosa, ele parece ter uma história bem cativante. Gostei muito da sua resenha e da forma como você se expressou, espero ler o livro uma hora dessas.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014