20

Mentira Perfeita (Carina Rissi)

Ficha Técnica:
Nome Original: Mentira Perfeita
Autora: Carina Rissi
País de Origem: Brasil
Número de Páginas: 462
Ano de Lançamento: 2016
Editora: Verus
SKOOB
 
Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 35º livro lido em 2016 e foi Mentira Perfeita (Carina Rissi). Desde as primeiras divulgações deste livro, eu estava bem entusiasmada em conhecer a nova protagonista da Carina e, depois de ler a sinopse, me encantei ainda mais com a trama. Sendo assim, quando o livro chegou nas minhas mãos, comecei a ler imediatamente.
“Todo mundo é sensual à sua maneira. Não existe uma regra. Particularmente, eu acho que não existe nada mais sensual que a autenticidade. Página 268
O livro nos traz a Júlia, uma jovem programadora de computadores, muito dedicada ao trabalho e à tia Berenice, que sempre cuidou de Júlia com muito amor. Porém o livro começa com tia Berenice muito doente, em um leito de hospital, esperando por um transplante de coração. Tia Berenice realmente acredita que morrerá, mas com muito medo de deixar Júlia sozinha no mundo, a sobrinha acaba mentindo, dizendo que ela pode partir em paz porque ela está namorando sério, com um homem que é capaz de cuidar dela e fazê-la feliz. Porém, tia Berenice não morre, se recupera e agora quer conhecer o namorado maravilhoso de Júlia e esta, com medo de desmentir e deixar a tia doente novamente, segue adiante com a farsa.


Então conhecemos Marcus, um jovem bonito, inteligente, mulherengo. Marcus sofreu um acidente de moto, a quatro anos, que o colocou em uma cadeira de rodas. Ele acredita que ainda voltará a andar e por isso, se dedica à natação, à fisioterapia, retomou a faculdade e trabalha como professor de informática. Marcus está em um momento da vida em que quer provar à si mesmo que pode se virar sozinho e para isso, ele quer alugar um apartamento e viver sem os constantes cuidados e preocupações do irmão e dos pais, mas para que a família permita que ele vá morar sozinho, exige que ele arrume uma cuidadora.
“Em momentos em que tudo parece ir de mal a pior, a família é que nos mantém erguidos, mesmo que ela não seja de sangue. |Existem laços tão fortes que só o coração é capaz de atar.” página 361
É neste momento que Júlia e Marcus se encontram: ela precisando de um noivo para apresentar para a tia e ele precisando de uma cuidadora para apresentar para a família. Ambos fazem um acordo entre si e a história então irá se desenvolver sobre esta mentira.


Com uma premissa previsível e muito manjada, encontramos uma escrita viciante e envolvente. A narrativa é tão bem desenvolvida que foi impossível para mim, largar o livro e mesmo quando eu não estava lendo, me pegava várias vezes, pensando na história. Júlia é uma protagonista maravilhosa. Com uma autoestima baixa, mas consciente da sua inteligência, ela ganha o leitor com muito pouco. Marcus, é totalmente admirável, porque é um personagem pronto para tirar os estigmas e rótulos que os cadeirantes possuem. A autora, pautada por algumas pesquisas, nos apresenta um homem que não pode andar, mas nem por isso é menos homem, menos humano e menos digno de amor e interesse. E isso pra mim foi sem dúvida, o ponto alto da história, porque este tipo de personagem, fora do padrão e ainda assim, maravilhoso, nos traz informações e é capaz de extinguir preconceitos descabidos.
“-Esqueci de te falar qual é a mentira mas contada no mundo.
Eu me aproximei da janela.
-É a “estou bem” - proferiu , em tom soturno.”
O livro porém não se sustenta apenas no possível romance entre Júlia e Marcus, mas traz sub-histórias bem interessantes, grande parte delas, divertidas e leves, e outras nem tanto, mas dando uma movimentação ao livro, muito positiva. Júlia precisa lidar com uma possível sabotagem no seu emprego, enquanto administra a mentira em que criou. Marcus precisa provar para a família que está bem, sobretudo, provar a si mesmo que a sua vida pode ser intensa e bem vivida, ainda que ele dependa da cadeira de rodas.

Os personagens secundários são muito bons também. Aqui reencontramos Alicia e Max, protagonistas do livro Procura-se um Marido, lançado em 2013. Agora como coadjuvantes, vemos o casal dando mais um passo importante em seu relacionamento.

Mais uma vez, a escrita da autora me ganhou do primeiro ao último parágrafo. Me fez rir, pensar, sonhar e também me arrancou algumas lágrimas em determinados conflitos. Ouso dizer que este é o melhor livro da autora, de todos os que eu já li de sua autoria, porque traz abordagens distintas na trama, muito bem administradas e o romance central, é sem dúvida, forte, bonito e inesquecível.


Mega recomendo para quem gosta do gênero Chicklit. O livro tem todos os elementos que o gênero exige. Recomendo ainda mais para quem não gosta do gênero, porque aqui temos uma escrita inteligente, versátil e muito envolvente. Os personagens se tornam seus amigos e quando o livro acaba, bate aquela saudade, muito parecida com a que sentimos das pessoas que amamos mas que nem sempre podem estar por perto.
“Até os mais fortes têm seus momentos de fragilidade. Ninguém aguenta bancar o durão a vida inteira. É preciso se entregar à fraqueza de vez em quanto, para poder conhecer o tamanho da sua força.” página 215
Simplesmente adorei e sem dúvida, é um dos melhores livros do gênero que já tive a oportunidade de ler.

Maravilhoso!!!


Um pouco sobre a autora: Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página do livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Tem nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e uma filha. Os livros da autora publicados no Brasil são:
PERDIDA - Um Amor Que Ultrapassa As Barreiras Do Tempo
PROCURA-SE UM MARIDO
ENCONTRADA A Espera Do Felizes Para Sempre
NO MUNDO DA LUNA
DESTINADO - As Memórias do Sr. Clarke
MENTIRA PERFEITA
Comentários
20 Comentários

20 comentários:

  1. Adorei o livro só pela sua resenha!
    Já vou adiciona-lo a minha lista, estou ansiosa para lê-lo.

    http://quantomaislivrosmelhor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ivi esse livro entrou para a minha lista de favoritos, assim como Procura-se um marido e todos os outros livros que a Carina Rissi escreve. Sua resenha descreveu bem as sensações e principais características envolventes na obra e fico feliz que você também tenha curtido. Sem dúvidas, é uma leitura maravilhosa!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Olá!!
    Amoooooo os livros da Carina Rissi,quase todos porque esse ainda não li mas espero ler logo logo ^^
    Quando vi a sinopse já pensei logo caraaa vai dar treta isso aí..hahahahaha...coitada da tia Berenice,no caso desse livro também achei o mesmo que vc a estória já é batida e manjada,pq praticamente acontece o mesmo em Procura-se Um Marido,maaaaaas a escrita da Carina nos envolve de uma maneira que isso se torna irrelevante =P
    Mal posso esperar pra já começar a ler o meu ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/04/resenha-nove-regras-ignorar-antes-de-se.html#comment-form

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Também li esse livro recentemente e gostei bastante, apesar de achar que esse não é o melhor livro da autora. Ainda assim,concordo com você quando diz que é um excelente chiklist.
    Adorei sua resenha.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou louca para ler esse livro. Ainda não li o primeiro mas quero ler os dois mesmo assim. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre essa obra e fiquei encantada com a história. É maravilhoso quando um livro fica na nossa cabeça dessa forma, não vejo a hora de comprar os dois.

      Excluir
  5. Adoro quando o autor traz personagens queridos de outros livros em um livro atual, apesar de nunca ter lido nada da autora, achei bem legal isso. E mais legal ainda é você ter dito que a autora não sustenta a trama apenas com o romance! Quero muito ler e conferir isso. Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi, tudo bem?
    Nunca li nada da Carina Rissi, mas tenho muita vontade de conhecer a escrita da autora, já que sempre leio resenhas muito positivas sobre os livros dela.
    A premissa de Mentira Perfeita é realmente um pouco clichê, mas mesmo assim me pareceu uma história interessante.
    Gostei muito dos pontos que você abordou na sua resenha, eles só me deixaram ainda mais atraída por essa história.


    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivi
    Acredita que nunca li nenhum livro da série?
    Confesso que só pela sinopse, não leria, mas toda a sua empolgação contagiou.
    Quem sabe não arrisco qualquer dia desses?
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Oi, adorei a resenha e estou louca para ler esse livro, pois adoro a escrita da Carina e amo chick lit, e já quero ler esse livro, pois sua resenha me empolgou muito e lerei em breve, mesmo sendo um pouco clichê.
    PS.: Uau, você já leu 35 livros, que incrivel, meus parabéns
    bjus

    ResponderExcluir
  9. Olá Ivi,
    Desde o lançamento, estou louca por esse livro.
    A premissa dele é bem previsível e já começamos sabendo como vai terminar, mas o que tem no meio pode ser bastante inédito e inovador. A ideia de ela mentir para salvar a tia me agrada. Outro ponto que me agrada é ver que Marcus não se acha um coitado, ele vai atrás do que quer e luta para viver bem.
    Adorei sua resenha e já anotei a dica!
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi, adorei esse livro ! A escrita dela é incrível muito envolvente. ..super recomendo

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ivi
    Adoro o gênero e até hoje só li um conto da autora, mas adorei sua narrativa. Que bom que o livro é tão bom assim. Como sou chorona, talvez também chorasse nas cenas que você chorou. Adorei ver sua opinião. Bela resenha.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ivi!
    Que bom saber que esse livro é tão bom assim (rs). Eu ainda não li nada da Carina, mas tenho três obras dela por aqui. Pretendo comprar mais se gostar delas antes. A verdade é que um comentário da minha mãe (que leu todos os livros da Carina) me deixou um pouco receosa... Segundo ela, todas as protagonistas parecem "iguais". Fico temerosa com isso, mas mesmo assim vejo que o fato (se realmente for real) não tiraria todo o encanto do enredo. Veja que bela história de amor ela criou aqui. Embora um tanto clichê (justamente por causa de Como eu era antes de você), acho muito especial que um cadeirante venha a ser o príncipe encantado do momento. Precisamos disso. Representatividade importa.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  13. Helloo, Ivi! Tudo numa nice?!
    Eu li Perdida da Carina há algum tempo já e gostei demais. Mas não dei continuidade aos outros livros da série porque acredito que a estória do primeiro livro terminou fechada. Eu não queria me arriscar e ler o segundo livro e não curtir tanto assim e também fiquei com preguiça por causa da quantidade imensa de leitura que tenho para fazer. De qualquer maneira semana passada li um livro com a temática parecida e só de ver esse fiquei com preguiça, porque simplesmente é bem maior e não gosto de estórias pautadas em mentiras mesmo que pareça ser inofensiva. Eu acho estórias assim cansativas, o final dá um trabalho terrível para consertar. Não seria melhor a sinceridade?! Mas nem todo mundo pensa assim e se não houvesse a tal mentira a estória não iria existir, não é?
    Mas eu meio que fiquei curiosa pela leitura por causa da maneira que você trabalhou a resenha, bem animada. A sua empolgação é contagiante.
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Ganhei esse livro de cortesia com a editora Verus e realmente não sabia o que esperar do mesmo! Confesso que fiquei tentada a lê-lo lendo sua resenha, já que esse livro se tornou seu favorito da autora, que é super aclamada, e de quem ainda não li nada! Gosto de histórias como essas, onde os personagens começam juntos por conveniência e passam a se gostar de verdade, sempre me envolvo com elas! Já coloquei o livro em minha pilha de leituras e, assim como você, garanto que vou acabar me emocionando!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  15. Oi Ivi, depois de tantos elogios é difícil não se interessar pelo livro, né? parece ser um chick-lit ótimo e isso já me cativou. Fico feliz em ver que novamente a escrita da autora te agradou e que você recomenda o livro,irei seguir sua recomendação e darei uma chance ao livro logo que eu conseguir!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  16. Eu moooooooorro de vontade de ler algo da Carina! Gente, as capas são tão fofas, a autora é tão querida, e as resenhas são sempre tão positivas que não tem como não querer.
    Confesso que fiquei bem animada em ler sua resenha, pois havia pensado que era o segundo livro de uma série, e pelo jeito ele é independente, e me animou mais ainda em ler.
    Gostei também de saber que a história gruda na mente, que faz o leitor pensar nela mesmo depois de parar de ler, eu amo isso

    ResponderExcluir
  17. Olá Ivi, amo as suas fotos já tinha seu instagram, mas não conhecia o blog, foi ótimo estar por aqui!
    Eu nunca li nada da Carina , mas tenho uma vontade enorme de conhecer o trabalho da autora.
    Fiquei interessada para saber mais sobre como foi inserir um cadeirante na história. Muito legal isso!
    Amei sua resenha e adorei as fotos que já era fã lá do insta.
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    adorei a história do livro, principalmente por envolver um cadeirante, já que isso é bem incomum. Tenho certeza que esse livro deve ser maravilhoso. A trama parece ser muito bem desenvolvida.
    Li uma vez um livro em que tínhamos um romance e o menino era surdo. Aprendi muito com aquela leitura. Sei que com essa não seria diferente.
    Ótima resenha!

    Abraços, Lara.
    http://imperioimaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá linda,
    Não sou muito chegada nesse tipo de livro, porque os personagens me deixam irritada e como eles se tornam um casal é pior ainda e corre o risco do final ser frustrante e estressante.

    Mas sua resenha é cativante e bem trabalhada.
    Beijos!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014