17

Malícias & Delícias, (Tara Sivec)

Ficha Técnica:
Nome Original: Seduction and Snacks
Autora: Tara Sivec
Tradução: Renato Mota
País de Origem: Estados Unidos
Número de Páginas: 304
Ano de Lançamento: 2015
ISBN-13: 9788565859530
Editora: Valentina

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 30º livro lido em 2016 e foi Malícias & Delícias, (Tara Sivec). Tem um tempo que eu li a sinopse deste livro, mas como ele ainda não tinha sido lançado no Brasil, deixei passar. Porém, quando o lançamento aconteceu e ele ganhou essa capa, que na minha opinião é horrorosa, minha vontade de ler o livro passou. Mas comecei a ouvir comentários bacanas sobre a história, decidi então ir além da capa e encarar a leitura.

O livro nos traz a Claire, uma garota de 20 anos, na universidade, que ainda é virgem. Ela nunca se apaixonou ou teve um namoro mais sério com nenhum garoto e decidida a mandar sua virgindade para o espaço, ela vai em uma das muitas festas de fraternidade e fica com um menino. Depois da noite que passaram juntos, ambos muito bêbados, ela foge do lugar, sem nem saber o nome do garoto. Seria apenas uma aventura qualquer, mas semanas depois, Claire descobre que está grávida e sua vida muda totalmente. Ela abandona a faculdade, arruma um emprego qualquer e encara a responsabilidade de ser mãe. Ela até tenta encontrar o garoto da festa, mas suas buscas são em vão.

O garoto é o Carter. Na noite em que ele conheceu Claire, ele e o amigo Drew, estavam de penetra na tal festa da fraternidade e ele se encantou com Claire logo de início, porém ficou muito decepcionado quando acordou no dia seguinte e percebeu que ela havia ido embora. Carter nem era da mesma cidade e suas possibilidades de encontrar a menina da noite da festa eram mínimas. Ele até tentou descobrir quem era a garota, mas ninguém sabia dizer. Carter nunca esqueceu a noite que passou com Claire, embora não conseguisse se lembrar exatamente como era o seu rosto, uma vez que ambos estavam muito bêbados quando ficaram juntos.

O livro então irá se desenvolver, quatro anos depois, quando Claire é convidada pela amiga Liz, a abrir um negócio junto com ela. Claire é muito talentosa com doces e chocolates e a amiga lhe propõe abrir uma loja de doces que também será uma sex shop. Liz é a melhor amiga de Claire e a madrinha do pequeno Garvin, filho de Claire. Mas ao contrário dela, Liz tem uma vasta experiência sexual e sempre estimulou Claire a não anular sua vida por causa da maternidade. Carter então arruma um emprego na mesma cidade que Claire e eles se reencontram.

A história do livro é simples e enxuta. Não tem reviravoltas, triângulos amorosos e muito menos mimimimi. Pelo contrário, o livro é muito engraçado e divertido. Narrado de forma alternada sob o ponto de vista de Claire e Carter, é impossível não dar muita risada de todas as situações que eles passam. Claire, apesar de um relacionamento deficiente com a mãe e do seu pai botar medo em todo mundo, é muito bem resolvida quanto à sua condição de mãe solteira. Garvin, o filho de Claire, é uma figura a parte. Com 4 anos e uma energia absurda, o menino bota o terror em todo mundo, ao mesmo tempo que mantêm a docilidade e a inocência de qualquer criança desta idade.

A única coisa que me incomodou foi a linguagem extremamente vulgar do texto. Em alguns momentos, as expressões funcionavam bem por causa da comicidade das situações, mas em outras, eu achei bem forçado. Isso em nada prejudicou a leitura, que fluiu, me divertindo do primeiro ao último parágrafo, mas sinceramente, a narrativa poderia ter sido menos apelativa em alguns pontos da história.

A capa do livro também é vergonhosa e ela, como eu disse no início da resenha, foi um dos motivos que me impediram de ler o livro antes. Sei que não podemos julgar o livro pela capa, mas caramba, as capas que foram usadas fora do Brasil, são um milhão de vezes mais sensatas. Então se você já viu este livro por aí e nem se interessou por causa da capa, mas aprecia uma boa comédia romântica, dê uma segunda chance ao livro e se aventure na história porque realmente é um livro que pode te fazer sorrir.

A tradução do texto está bem contextualizada com o público brasileiro e salvo pelo fato de terem escrito o nome do Ricky Martin errado, não encontrei mais erros.

Enfim, foi uma leitura leve, fluida e muito divertida. Não me lembrava de ter dado tanta risada com uma narrativa como dei com esta. Claire é maravilhosa. Mesmo com uma vida limitada e sem graça, ela não ficou esperando a infelicidade dominá-la. Carter é um príncipe, tosco em alguns momentos, como todos os homens, mas apaixonante. Os melhores amigos do casal, são responsáveis por grande parte da veia cômica do enredo e Garvin, um verdadeiro encanto.

Adorei e mega recomendo para quem gosta de uma leitura divertida, romântica e com um bom toque de sensualidade.

Um pouco sobre a autora: Tara Sivec é uma escritora americana. Também é esposa, mãe, motorista, camareira, cozinheira de refeições rápidas, baby-sitter, e especialista em um bom sarcasmo. Ela vive em Ohio com o marido e dois filhos, e aguarda com expectativa o dia em que todos os três se tornem adultos. Depois de trabalhar no negócio de corretagem por quatorze anos, Tara decidiu pegar uma caneta e escrever. Seus romances ganharam prêmios e seduziram muitos leitores. No Brasil, Malícias & Delícias é o seu único livro publicado.
Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Essa capa é um horror!
    A capa com toda a certeza foi um dos motivos para que nem perto passasse desse livro. Achei a sinopse interessantíssima quando lançou e até me interessei, mas não rolou... repúdio total a essa capa, mesmo que você tenha dito que é uma boa comédia vou deixar passar... se lançarem ele com uma outra capa, quem sabe um dia eu o leia... agora nem pensar... rsrs

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ivi. Tudo bem?
    Assim como você já havia lido sobre o livro e a sinopse até que me deixou curiosa mas a capa é realmente horrível... Não tive nem curiosidade em procurar resenhas tamanho foi o meu choque com esse trabalho gráfico super estranho.
    Por sorte resolvi ler a resenha e achei a ideia do livro legal para intercalar com uma leitura mais densa. Pelo que você falou a autora parece ter conduzido bem a história ainda com o tema um tanto dramático de gravidez na adolescência. Também gosto bastante da narrativa feita por mais de um ponto de vista, a leitura costuma cansar menos.

    Um beijo!
    Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  3. Oi Ivi, a minha primeira impressão com esse livro não foi das melhores justamente por causa da capa, que é sem comentários né (julguei o livro pela capa mesmo), mas dei uma chance para a leitura e não me arrependo, porque é uma história muito divertida, leve e inusitada. Sobre a linguagem vulgar eu preciso concordar com você, porque também achei forçado em alguns momentos. Ah, também achei Garvin muito encantador.
    Beijos, Fer ♥

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ivi!
    Gente, essa capa é ridícula! Na moral... Mas ainda assim quero ler o livro porque curti dele ser direto, sem reviravoltas e rodeios.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivi! A capa do livro é um tanto apelativa mas ... A história é demais!!! Ri muito! Super recomendo!! Garvin um encanto! já to com saudades!!
    Bjs Ivi!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi! A capa do livro é um tanto apelativa mas ... A história é demais!!! Ri muito! Super recomendo!! Garvin um encanto! já to com saudades!!
    Bjs Ivi!!

    ResponderExcluir
  7. Oie! Essa capa ficou um fiasco... Lembro de ter visto a divulgação do lançamento dessa obra, mas a arte da capa funcionou como um repelente. Por esses motivos, nunca havia parado para pesquisar sobre o que se tratava o livro. No entanto seus comentários me deixaram bastante empolgada para conhecer cada um dos personagens. Gostei de saber que a história tem boas doses de humor, mas não sei se a linguagem vulgar me agradaria. Fiquei curiosa para saber o que acontecerá com o casal e como a personagem encara a vida de mãe solteira. *-*

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  8. Oiii!

    Obrigada por ser sensata ao falar dessa capa. Eu achei ela horrorosa!!! Eu não compraria de jeito nenhum, acho que a ideia da editora foi muito equivocada ao fazer algo assim. Se a ideia era chamar atenção foi do jeito errado. As capas anteriores são muito mais lindas!
    muito bom saber que você se divertiu com a obra e que foi uma leitura agradavel, mesmo com esses palavrados excessivamente vulgares, eu achei legal você ter aberto sua mente.
    A resenha está ótima!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá Ivi,
    Essa leitura parece ser bastante engraçada.
    Confesso que também acho a capa muito estranha e isso faz com que minha vontade de ler diminua. Notei que, em alguns trechos (li em outras resenhas), algumas expressões são extremamente vulgares, mas, naqueles trechos, elas estavam bem colocadas.
    Acredito que faria a leitura desse livro, mas sem muitas expectativas.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi Ivi,
    amei sua resenha, me fez desejar loucamente ler esse livro, coitada da garota, foi muito azar engravidar na primeira relação e ainda por cima de um estranho e tals, fiquei curiosa para ler como se deu o reconhecimento depois de quatro anos e ambos estando sóbrios, que bom que a história é enxuta e não tem enrolações, assim como você achei a capa pavorosa... Gente a editora precisa urgente pensar em uma segunda edição, as estrangeiras dão de dez a zero na nacional. Amei a premissa e fiquei desejosa de conhecer mais a fundo o enredo, mesmo sabendo que a linguagem vulgar certamente será um ponto que também irá me incomodar.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  11. Nossa, realmente a questão da capa é triste. Foi escolhida muito mal aqui, porque quis passar uma imagem e passou outra completamente diferente. Eu jamais imaginei que seria isto o livro,mas a história é muio legal, apesar do linguajar apelativo que eu odeio.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Ivi, sabe que eu sempre ouvi falar desse livro e já me interessei pelo fato dele ser bem divertido. Faz tempo que não tenho leituras desse tipo e acho que no momento é o que estou precisando, apesar dele ter essa linguagem mais sensual e inapropriada em alguns momentos, acredito que mesmo assim talvez eu goste.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ivi! Tudo bem?
    Sou obrigada a concordar com você sobre o fato desta capa ser terrível! Nunca tinha ouvido falar do livro antes, mas não me interessei muito, pois não gosto muito do gênero de romance. No entanto, admito que achei bem original isso de uma história na qual, mesmo mãe, a mulher não deixa de explorar sua sexualidade. Imagino que seja um livro bem legal para quem gosta do gênero. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  14. Sim, essa capa é realmente horrorosa, nunca vi alguém que tenha gostado e não entendi de onde que a Valentina, que sempre tem capas lindas, tirou essa. E sério que escreveram o nome do Ricky Martin errado? o.O Essa linguagem vulgar provavelmente me incomodaria muito, mesmo que o livro seja tão engraçado e divertido não fiquei com vontade de ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Oii, tudo bem?
    Eu gostei muito da sua resenha, e tenho que concorda com você a respeito da capa, ela é realmente feia. Mas fico feliz que a historia é boa, e te rendeu uma leitura agradável. Espero que na próxima edição eles arrumem os erros que ele deixaram passar.

    ResponderExcluir
  16. Olá, Ivi!

    Também achei essa capa ridícula, mas como fui ao evento da Valentina, percebi que a história é muito boa, desde o evento estou louca para ler esse livro, mas por motivos de, livros não lidos na estante, não tive a oportunidade (ainda) de fazer a leitura.
    Amo histórias divertidas!

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Ei, tudo bem?
    Essa capa realmente tira a vontade de qualquer um de ler. Apesar do livro ter uma pegada cômica, não é o meu estilo de leitura, então passo a dica. Mas adorei a sua resenha, fico feliz que tenha ido além da capa, não sei se faria isso.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014