11

Malala - A Menina Mais Corajosa do Mundo (Viviana Mazza)

FICHA TÉCNICA
Nome original: Storia di Malala
Autora: Viviana Mazza
Tradução: Luciana Cammarota
País de origem: Itália
Número de páginas: 192
Ano de Lançamento: 2013
ISBN-13: 9788522015740
Editora: Ediouro

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 22º livro lido em 2016 e foi Malala – A Menina Mais Corajosa do Mundo. Depois de tanta ficção, decidi partir para um leitura que relatasse algo real e como eu mesma não conhecia muito da história da pessoa mais nova a ganhar um prêmio Nobel, fui me aventurar neste livro.
O livro nos apresenta a menina Malala em 2012, uma garota comum, paquistanesa, oriunda de uma família simples, mas muito culta. Malala sempre foi muito inteligente e articulada, sempre adorou estudar e quando o talibã proíbe que meninas frequentem a escola, isso a afeta de muitas maneiras. Em primeiro lugar porque ela é uma menina e ela ama ir para a escola e, em segundo lugar, porque o seu próprio pai era dono de uma escola para meninas. Sendo assim, ela decide com apenas 12 anos, ir na contra mão daquele sistema horrível e defender o direito das meninas.

Em função desta coragem e desta inquietude em se fazer ouvir, Malala sofre uma tentado em 2012, sendo cruelmente baleada dentro de um ônibus escolar e levada a beira da morte para um hospital. Esse ato de violência, dentro de um país que infelizmente aprendeu a conviver com mortes e demais perdas, seria apenas uma estatística, mas Malala usou isso a seu favor e potencializou o seu desejo e a sua luta para que as meninas também tivessem direito à educação.

Apesar do livro ser curto, apenas 192 páginas, a narrativa da escritora é bem consistente no que tange relatar e nos passar a verdadeira realidade da vida de Malala. Costumes, inteirações, aspirações, são bem descritas no livro e isso torna a leitura tranquila, ainda que o cenário seja desolador. O livro não se atém exatamente a história de vida da mocinha em questão, e nem perde tempo tentando explicar o regime politico que seu pais vive, porém, conhecemos a menina por sua coragem, sua inconformidade e seu desejo intenso em mudar sua realidade.

Quando Malala começa a se recuperar dos ferimentos, ela é levada para a Inglaterra porque está jurada de morte e toda sua família está correndo perigo, porém, seu sonho continua vivo e ela pretende voltar e realizar aquilo que acredita ser o certo.

A leitura foi muito proveitosa. Eu desconhecia muitas coisas sobre a jovem e entender os motivos para que seu rosto fosse um dos mais populares no mundo, foi bem interessante. Além disso, enquanto lia, pensava no quanto o conteúdo deste livro seria pertinente para as crianças a partir de 11 anos de idade. Não apenas para que conheçam a história de uma garota que queria apenas a liberdade de estudar, mas também para que percebam que ainda novos e vulneráveis, são capazes de grandes feitos.

Eu adorei o livro e mega recomendo para profissionais da educação fundamental e também para apreciadores de histórias reais e relevantes. Em um tempo onde biografias e auto biografias de pseudo celebridades, preenchem as prateleiras das livrarias, ler um livro desse, renova a fé na capacidade da humanidade, independente de sua circunstancia.

Se você não gosta de livros assim, ainda assim recomendo, porque é uma história bonita, forte e que você poderá assistir o final feliz que todos nós acreditamos que ela terá!!!

Amei!!!


Um pouco sobre a autora: Viviana Mazza nasceu em 15 de junho de 1978 na Catania, Sicília. Ela é escritora e jornalista para matérias internacionais do jornal italiano Corriere della Sera. No Corriere Ela é especialista no Oriente Médio, Paquistão, EUA, Reino Unido, Nigéria e contribui para o blog La27Ora. Em novembro de 2015, juntamente com Paul Valentine, ela foi a primeira jornalista europeia a entrevistar o presidente iraniano, Hassan Rohani, após a sua eleição. No Brasil, Malala – A Menina mais Corajosa do Mundo é o seu único livro publicado.
Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Nossa, com certeza uma história emocionante e motivacional para nós que vivemos reclamando de coisas banais como se fosse o fim do mundo!

    ResponderExcluir
  2. Eu ja ouvi falar muito bem desse livro, principalmente por sua temática altamente importante. Depois de sua resenha fiquei ainda mais curiosa para conferir. Sei bem o quanto deve ser encorajador, emocionante, sincero e outras questões de superação.
    Beijos
    FER

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem??

    Já vi várias vezes o nome dela estampado nos lugares, e até mesmo o retrato, mas nunca tinha conhecido a sua história completa... gostei bastante do livro, geralmente o estilo de biografias não me chama muita atenção, mas esse por ser menor e trazer toda uma causa maior envolvida, me cativou!

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse ainda em inglês. E amei. Como sou professora, eu tive uma visão dele tanto do lado do aluno quanto do lado do educador. Acho que é um livro que deveria ser usado em todas as escolas como material didático.


    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  5. Esse é um dos livros que quero muito ler, comecei a me interessar em saber mais da Malala depois de ter recebido o prêmio Nobel. As poucas coisas que li sobre ela me deixou ainda mais curiosa. Vai ser uma das leituras desse ano.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi, gostei muito da premissa do livro, não conhecia, mas já tinha visto a capa! Com certeza leria o livro pois nos dias de hoje , o ensino de aprendizado é muito importante (sempre foi) mas tem muitas pessoas que não valorizam o que tem . E saber que Malala valoriza isso, é muito gratificante. Espero muito ler o livro, e pelo jeito todos deveriam ler.
    Beijos
    www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivi, tudo bem????
    Eu não conhecia o livro, mas conheço a Malala - quem não né? Mas conheço pouco, confesso. Então esse livro chamou a minha atenção. E concordo com tudo o que você falou. São biografias deste tipo que deveriam estar circulando a mil por aí. E é esse tipo de coisa que eu curto ler. Essas histórias sempre nos inspiram. E seria bem bacana se as escolas o adotassem para seus alunos :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Desde 2013 que tenho vontade de ler o livro Eu sou Malala, mas eu não conhecia esse aí não. Porém gostaria de lê-lo, pois a historia dr Malala me encanta e eu gostaria de conhecer mais a fundo essa menina guerreira e corajosa. Então este livro, juntamente de Eu Sou Malala com certeza esta em minhalista de livros desejados, pois quero muito conhecer melhor a historia dessa menina. Quero também ver o filme Eu sou Malala, infelizmente quando lançou eu não pude ir assistir :/ otimopost,temos mesmo qie sar destaque a livros assim.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  9. Olá, definitivamente amei a sua resenha. Eu tenho muito interesse em conhecer um pouco mais da história dessa garota corajosa que é a Malala. Tenho certeza de que deve ser uma linda história, a capacidade que essa jovem teve de lutar pelo direito de estudar e concordo com você que os jovens deveriam conhecer a história dessa garota quem sabe eles não tiram uma lição e inspiração para buscar transformar a nossa sociedade que ainda sofre com tantas coisas banais.
    Bjos, Luan.

    http://carpediemliterariobr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ivi,

    Parabéns pela sua resenha tão bem escrita. Fiquei curiosa sobre a história e depois dessa resenha linda olharei este livro com outros olhos. Com certeza as crianças deveriam lê-lo e se inspirarem em Malala.

    Beijos, Caroline.

    http://carpediemliterariobr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. uau!!!!

    sabe que eu conhecia o livro, claro, mas não sabia a que se referia exatamente, digo, não conhecia esses detalhes que vc trouxe. E olha que eu gostei! Achei bem interessante....

    obrigada pela dica e parabéns pela resenha maravilhosa!!!

    bjs

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014