28

A Mulher Que Roubou A Minha Vida (Marian Keyes)

FICHA TÉCNICA
Nome original: The Woman Who Stole My Life       
Autora: Marian Keys
Tradução: Renato Motta
País de origem: Irlanda
Número de páginas: 476
Ano de Lançamento: 2015
ISBN-13: 9788528620450
Editora: Bertrand Brasil

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 6º livro lido em 2015 e foi A MULHER QUE ROUBOU A MINHA VIDA (Marian Keyes). Assim que tomei conhecimento do mais novo lançamento da Marian no Brasil, desejei ler o livro ansiosamente, porque amo os livros da autora e me divirto muito com suas histórias.


O livro nos traz a Stella, uma mulher de 41 anos, divorciada, com dois filhos jovens e vivendo um momento péssimo de sua vida: está falida e sofrendo com a perda de um amor. Stella já teve uma vida tranquila e organizada, não era milionária, mas ela e o marido mantinham a casa com algum conforto, por exemplo, os filhos frequentavam uma das melhores escolas de Dublin e ela era sócia de um salão de beleza coma irmã Karen. Porém a vida de Stella passou por uma série de mudanças intensas quando ela se viu doente, sem os movimentos do corpo, internada sem previsão de alta em um centro de tratamento intensivo, porque nem respirar sozinha ela conseguia. Quando se recuperou da enfermidade, apaixonou-se loucamente pelo médico que a tratara no hospital e sua vida foi lentamente mudando aos poucos.

A principio, o relacionamento com Mannix, o neurologista responsável por seu caso, era fadado ao fracasso, porque ambos eram casados. Porém Mannix se sentiu tão inspirado pelas coisas que Stella passou para ele enquanto estava no hospital, lutando pela vida, que ele em uma homenagem, mandou fazer um livro com as frases motivacionais que ela passava para ele. Esse livro acabou caindo nas mãos de uma pessoa influente e do dia para noite, Stella se viu como autora de um livro com grande potencial de venda.

O livro então se desenvolve em Stella nos contar como foi a sua subida até o sucesso, receber convites para entrevistas e matérias publicitárias, ganhar um bom dinheiro pelos direitos autorais do livro e viver durante um tempo em Nova York, já podendo desfrutar do seu amor por Mannix que a esta altura, já estava divorciado e ela também. E também ficamos sabendo como foi se aproximando do caos, quando as coisas não saíram como haviam planejado.

O livro é muito intenso e ao mesmo tempo leve. A autora nos traz como pano de fundo, um cenário triste e complexo, mas com uma protagonista divertida e que me arrancou muitas gargalhadas. Apesar de Stella não ser uma mulher forte e interessante, ela me conquistou já no primeiro parágrafo e manteve meu carinho por ela até a última linha. Mannix é o homem dos sonhos, e o romance dentro da trama é muito bem desenvolvido e consistente. Os personagens que orbitam o casal, despertaram ódio e amor em mim. Karen, a irmã de Stella, é cruel, mas muito verdadeira. Os filhos de Stella, Betsey e Jefrey são maluquinhos e às vezes chatos de doer, mas ainda assim, interessantes e, entre uma gargalhada e uma reflexão, a autora pincelou como é o mercado editorial nos Estados Unidos.

Eu gostei bastante do livro. Mais uma vez, a Marian me divertiu e trouxe uma premissa original e cativante na sua escrita, porém esse não é o melhor livro dela. As características da sua narrativa são bem fáceis de encontrar durante o desenvolvimento da história e ela continua hábil com seu humor ácido e perigoso, mas não é uma obra de arte ou totalmente impressionante e viciante como outros livros dela. A leitura fluiu do começo ao fim e não há reviravoltas na trama, de certa forma, o final é bem manjado já no começo da história, entretanto, sigo considerando a Marian uma das melhores escritoras dentro do seu gênero. A mesma premissa, nas mãos de outro autor, seria de uma drama sem fim, porém nas mãos dela, a história foi divertida e tranquila..
"Às vezes você consegue o que deseja, às vezes você consegue o que precisa e, às vezes você consegue o que consegue. " página 127
Recomendo para quem gosta de Chiklit. Mais uma vez temos uma protagonista que toda e qualquer mulher pode se identificar. Para quem gosta de um romance maduro, é uma boa dica e para quem é fã da Marian, o livro cumpre muito bem com o seu papel.

Eu gostei!


Um pouco sobre a autora: Marian Keyes é uma escritora irlandesa. Nasceu em Limerick, em 10 de setembro de 1963. Ela já vendeu mais de 22 milhões de exemplares no mundo todo e foram traduzidos para 32 idiomas. Os livros dela que foram publicados no Brasil são:
Melancia (2003)
Férias! (2004)
Sushi (2004)
Casório?! (2005)
É Agora... ou Nunca (2006)
Los Angeles (2007)
Um Best Seller pra Chamar de Meu (2008)
Tem Alguém Aí? (2009)
Cheio de Charme (2010)
A Estrela Mais Brilhante do Céu (2011)
Chá de Sumiço (2012)
Mamãe Walsh (2014)
A Mulher Que Roubou A Minha Vida (2015)

Comentários
28 Comentários

28 comentários:

  1. Olha Marian tem que me render risadas ...se vc fala que tem ! Vou ler o e-book que uma amiga linda me passou !

    ResponderExcluir
  2. Olha Marian tem que me render risadas ...se vc fala que tem ! Vou ler o e-book que uma amiga linda me passou !

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito da Marian mas os últimos livros não entraram nos meus favoritos. Porém até o não melhor dela ainda é bom e eu consigo gargalhar enquanto ela conta uma coisa super triste. Esse está na minha lista de desejos.

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito da Marian mas os últimos livros não entraram nos meus favoritos. Porém até o não melhor dela ainda é bom e eu consigo gargalhar enquanto ela conta uma coisa super triste. Esse está na minha lista de desejos.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Ainda não li nada desse mulher, mas ultimamente estoue aventurando nesse gênero e realmente ele tira várias risadas, e como você falou esse daí não deve ser diferente. Espero ler peloe nos a obra da autora. Acho as capas as coisas mais fofas.
    Abçs

    ResponderExcluir
  6. Eu amo essa autora, muito, muito muito!
    Estava curiosa para ver uma resenha desse livro novo dela, é mais um que quero ler. Ótima resenha.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Amiga até hoje eu nunca li nada da autora.
    Estou com o livro melancia aqui e estou querendo muito conhecer a escrita, espero poder gostar, porque quero ainda ler alguns dos outros livros dela sabe? Dizem que alguns são bem divertidos e outros nem tanto, mas não sei ainda quando irei pegar o meu aqui. Espero que logo, porque deve ser um livro muito bom. Eu adorei a sua resenha e fiquei até curiosa para conhecer a trama. Eu gosto de livros que me tiram sorrisos e me divirto com isso.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/conseguimos-parceria-com-editora-planeta.html

    ResponderExcluir
  8. Confesso que sou louca para ler algum livro da Marian Keyes, ela é realmente muito elogiada justamente por ter uma escrita leve, e abordar em seus livros temas mais pesados com diversão.
    Eu simplesmente amei a premissa, não conhecia o livro ainda, mas já coloquei aqui na lista.
    Amei sua resenha, espero poder ler o livro em breve.
    Adorei o quote que vc escolheu.

    ResponderExcluir
  9. Olá Ivi,
    Não tenho o costume de ler Chicklits, por motivos de: Não sei rs.
    Acredita que ainda não li nada da Marian? Eu sempre vejo elogios para a autora e me sinto um peixe fora d'água.
    Gostei muito da premissa de A Mulher que Roubou minha Vida e de você ter dito que é uma leitura intensa e leve ao mesmo tempo, isso diz muito da trama.
    Amei a resenha.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não leio muitos livros do gênero, se é que já li algum, mas sempre que toco no assunto, me recomendam os livros da Mirian. Os livros dela devem ser ótimos e a escrita divertidissima, pois, como você disse, consegui fazer alguém rir mesmo tendo assuntos tão tensos como plano de fundo. Adorei a resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oii!

    Ivi, eu li um livro dessa autora, Melancia, e assim, eu adorei a escrita dela. É leve, divertida mas ao mesmo tempo, ela é cansativa. Acho que pelo menos no que eu li, ela se apegava em diversos detalhes desnecessarios. Da mesma forma que estava adorando "conversar" com a personagem, estava com raiva querendo entender o final logo!
    Acho lindo ela pegar temas tão pessoais e colocar em forma de palavras, é um jeito de nos fazer se identificar com as personagens.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Conheço algumas das outras obras da autora, como Melancia e Sushi, e confesso que são até engraçadas, são bons chick-lits (estou me acostumando mais com o gênero, antigamente não tinha muita afinidade). Pelo seu texto, parece ser um bom livro, um daqueles para ler quando o que se deseja é descontração. Anotadinho! ;)
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  13. Ivi,
    eu adoro duas resenhas, sempre termino querendo o livro hahaha
    Nunca li nada da autora, mas sei que são livros ótimos.
    Eu amo esse gênero e com certeza, ia amar.
    Como a vida da personagem mudou heim, imagino como ela ficou surpresa ser uma autora de sucesso!! Espero que ela consiga ser feliz de verdade.
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  14. Olá!!

    Eu sempre gosto muito das suas resenhas pois você explica vários aspectos.
    Eu nunca li Marian! Eu não sou fã do gênero que ela escreve, mas gosto de romances maduros, por isso fico tentando me motivar a ler um dela para conhecer de fato a autora! Talvez não seja a melhor opção esse, como disse, mas achei bem interessante toda a trama!

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Acredita que ainda não li nenhum livro da Marian? E o que mais me impressiona é que eu os comprei e deixei aqui na pilha :O
    Várias pessoas me indicaram os títulos mais antigos, e agora nem sei por qual começar. Acho que avou começar por esse, que é o lançamento da editora \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  16. Oiie,

    Acredita que ainda não tomei vergonha na cara e ainda não nenhum livro da Marian? A Aione já falou muito sobre ela e só elogios. Adoro chicklit e espero ler esse livro, já que comprei ele KKKK Achei o enrendo mega contagiante. Adorei a sua resenha.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  17. Oie
    Acredita que ainda não li nada da autora,as agora fiquei com pena dela, ela passa por uns maus picados, fica doente, se apaixona novamente, vive esse amor com seu médico, muda sua vida vivendo como escritora e ainda as coisas não saem como planejado, o mulher sem sorte. Hehehe
    Mas lendo sua resenha, não consigo imaginar o que pode ter acontecido e despertou a curiosidade em ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oii, tudo bem?
    Eu não sou muito de ler Chick-lits, mas todos falam muito bem dessa autora. Eu já tinha visto a capa desse livro antes, mas não fazia a minima ideia da premissa dele, e confesso que fiquei bem empolgada. Apesar de já ter uma lista enorme de desejados, esse livro entrou para ela rsrs

    ResponderExcluir
  19. Oi, Ivi. Tudo bem?
    Confesso que esses livros sempre me chamaram a atenção, mas eu nunca li nenhum. A história me deixou intrigada, mas mais para saber como ocorre esse romance entre eles do que pelo resto. E concordo que essa obra poderia ser um drama sem fim e fico feliz por não ser desse jeito! Qual o livro dela que você me recomenda para primeira leitura? Ah, sua resenha está impecável!
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Ivi,
    Acho bastante interessante a história desse livro em particular. Ainda não li nada da autora, mas a maneira de como a Stella e apresentada ao leitor, traz uma proximidade, apesar de não ser umas das melhores obras da autora, leria o livro.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  21. Acredita que eu ainda não li nada dessa autora? Tenho dois livros dela aqui, mas falta coragem, pois eles são grandes, né? rsrs Eu adorei saber que os livros dela são fáceis e envolventes desse jeito. Depois de saber sobre essa obra preciso correr na estante e pegar os que eu tenho dela para ler, já que ainda não tenho esse.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  22. Realmente, a premissa é original e parece ser, de fato, divertida. Gosto muito dessas narrativas que trazem dramas humanos e exemplos de superação, como parece ser o caso da personagem, que precisou superar uma doença. Uma bonita história de amor também cai sempre muito bem. Adorei a resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  23. Olá, Ivi!

    Até agora só li um livro da Marian, e conforme fui lendo sua resenha, percebi que o padrão é o mesmo. Eu li Melancia, e da mesma forma que em A mulher que roubou a minha vida, ela conseguiu trazer um assunto tenso, mas com uma narrativa mais leve, mais desencanada. Preciso para ontem ler mais livros da Marian, porque gostei muito da escrita dela, e me divertir também.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Só li um livro da Marian Keyes e gostei da escrita dela. Tenho visto muito a capa desse livro ultimamente, mas é a primeira vez que paro para saber sobre o que se tratava. Parece ser uma estória muito bonita de superação e de amor, fiquei interessada pela premissa e caso eu tenha oportunidade de ler essa obra, com certeza o farei, parece ser um livro muito bonito.
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Eu sempre vejo os livros da autora por ai, mas nunca me interessei por ler. O genero em si ainda foi pouco explorado nas minhas leituras, mas pretendo ler mais sobre, começando com a tarefa de terminar o livro da Sophie Kinsella!
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Confesso que não sou muito de ler esse gênero, pois acho que os autores tentam forçar de mais as histórias para ficarem engraçadas.
    Mas gostei desse livro, pois ele é diferente e a história é bem verdadeira, imagino como deve ser se apaixonar pelo seu médico hahaha.
    Enfim, fiquei muito curiosa com sua resenha e se tiver oportunidade farei a leitura do livro sim ;)

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  27. Essa autora é incrível!
    Só ela consegue fazer uma situação difícil ficar engraçada. Eu gosto muito da escrita dela e esta é a primeira resenha que leio desse livro e não preciso dizer que com certeza quero ler! Adorei suas impressões e já add o livro na lista de desejados
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  28. Olá! OS livros que eu li da autora até hoje me surpreenderam bastante. gosto da forma descontraída com u ele escreve. Na verdade acredito que ela sabe muito bem, unir, o drama, o romance, e o cômico em vários situações. Este eu ainda não conhecia, mas foi pra lista de desejados!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014