21

Os Bons Segredos (Sarah Dessen)

Ficha Técnica:
Nome Original: Saint Anything
Autora: Sarah Dessen
Tradução: Christian Clemente
País de Origem: Estados Unidos
Número de Páginas: 408
Ano de Lançamento: 2015
ISBN: 9788565765763
Editora: Seguinte
SKOOB

Oi gente que ama livros, hoje eu venho com a resenha do 76º livro lido em 2015 e foi OS BONS SEGREDOS (Sarah Dessen). Já tem um bom tempo que eu ouço elogios incisivos a respeito da escrita da Sarah Dessen e sempre tive curiosidade para conhecer suas histórias e a oportunidade chegou com este livro e me joguei sem medos na leitura.
"Você sempre acha que quer ser notada, até ser notada" página 9
O livro nos traz a Sydney, uma adolescente de uma família tradicional americana. Sydney teria a vida perfeita, afinal ela tem pais bem sucedidos, que oferecem a ela uma boa educação e presença constante em sua vida, mas existe um detalhe que destoa da perfeição: Peyton.

Peyton é o nome do seu irmão, três anos mais velho que ela e que desde que entrou na adolescência, tem dado muito trabalho para os pais, ocupado todo o tempo e gastado toda a energia da família. Peyton começou a cometer pequenos delitos como invasão e depois foi se aprimorando e foi pego com drogas e brigas. Passou por uma série de punições legais e em todas elas, seus pais estavam ali, apoiando e muitas vezes, questionando se ele realmente era culpado pelas contraversões. Até que Peyton comete um crime grave: ele atropela um adolescente que fica paraplégico após o acidente e depois que confirmam o fato de que Peyton estava bêbado no momento do atropelamento, ele é então condenado à cumprir pena em regime fechado, numa cidade longe da família. Os pais de Peyton se desesperam, a mãe principalmente acha a pena injusta e grande demais, mas Peyton segue para a detenção. Sydney então decide mudar de escola porque na verdade ela já estava saturada de ser "a irmã de Peyton" e ter que lidar com esse rótulo depois da prisão do irmão, foi demais para ela. Ela segue então para uma escola pública e lá faz novas amizades e tem a oportunidade de amadurecer em um novo ambiente.
"Vidas felizes, normais, em que tudo acontece de maneira feliz e normal em um mundo que pode ser tudo, menos feliz ou normal. Depois que se toma consciência disso, que passamos por algo que torna isso claro como água, não dá para esquecer. Não importa como você descobre essa verdade absoluta: uma vez que você aprende, ela nunca mais vai embora." página 72
A mãe de Sydney permanece na obsessão de proporcionar uma boa vida à Peyton, mesmo ele estando preso e os pais continuam ignorando Sydney e o livro vai então se desenvolver em Sydney se apresentar aos pais, da forma como ela é: diferente de Peyton.

Eu adorei o livro e com certeza todos os elogios feitos à escrita da Sarah Dessen ficaram aquém do que eu realmente encontrei nas páginas deste livro. A história é comum, simples, talvez até banal, porém a forma como a autora lida com as palavras e constrói as situações no decorrer da trama, me fascinaram completamente. Lentamente, vemos Sydney amadurecer de uma forma linda. Ela ganha confiança em si mesma para escrever sua própria história e fazer suas escolhas. Os novos amigos de Sydney são de igual forma, maravilhosos. Layla é uma personagem tão adorável e não porque ela é boazinha, mas porque ela é crível, real, com defeitos e virtudes tão bem acentuadas que o leitor é capaz de enxergar pessoas de sua vida real na personagem. Mac, o irmão de Layla é de igual modo apaixonante, por sua simplicidade e ternura e temos também um vilão sinistro, asqueroso e frio: Ames. Ele era o melhor amigo de Peyton e a família de Sydney não enxerga o quanto ele pode ser negativo para a família. Embora o próprio Peyton não apareça intensamente na história, até o amadurecimento dele é capaz de ser percebido conforme a narrativa avança e talvez este tenha sido o detalhe mais sensível da história.
"Antigamente eu não dava valor à normalidade. Mas depois de tudo o que aconteceu, eu tinha aprendido não só a notar esses momentos, como também a saboreá-los." página 259
A capa do livro nos remete à uma cena do livro muito bacana e eu só reparei nisso quando terminei a leitura. Um encontro dos amigos em um determinado local importante para a maioria deles e quando reparei na sutileza desta capa, me vi sorrindo satisfeita pelo belo cuidado da edição.

É um livro maravilhoso do começo ao fim. É impossível não se colocar no lugar da protagonista e torcer por ela o tempo inteiro. Sorrir e as vezes chorar com suas conquistas e inevitáveis decepções. É um livro jovem adulto, mas com uma história tão bem escrita que eu o recomendo a todo e qualquer leitor porque o livro possui os elementos importantes de uma boa história: personagens criveis, narrativa fluida, um romance fofo e uma conclusão linda.

Enfim, se eu tinha expectativas positivas para com a escrita da autora, agora tenho a certeza que ela é uma das melhores que eu já li no gênero e com certeza, não vejo a hora de poder conhecer seus outros livros. Este livro foi uma das melhores leituras do ano e eu conclui o livro muito satisfeita!


Um pouco sobre a autora: Sarah Dessen nasceu em Evanston, Illinois, em 06 de junho de 1970. Ela se mudou com sua família para Virgínia Ocidental, e em seguida, na Carolina do Norte, onde agora reside com o marido, a filha Sasha Clementine, e cães. Aguns de seus livros publicados no Brasil são:
  • Aquele Verão
  • O Que Aconteceu com o Adeus
  • A Caminho do Verão
  • Just Listen
  • Os Bons Segredos


Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. Oi, Ivi!
    Parabéns pela resenha! Deu pra perceber que você realmente amou a obra.
    Nunca li nada da Sarah, mas todo mundo me indica esse livro. Depois da sua resenha, tenho certeza que é um sinal para eu ler hahahha
    Beijos
    Balaio de Babados || Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
  2. Oi Linda!
    Postei resenha desse livro hoje!
    Amei Os Bons Segredos e ao ler a sua resenha, percebi que tivemos as mesmas impressões.
    Sydney é uma grande personagem.
    Amei, mas esperava uma revolta dela no final.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Olá Ivi
    Eu eu não conhecia o livro, mas só hoje já li duas resenhas dele, bom eu gostei muito do livro como um todo, li que ele trata varias questões entre elas o perdão e ai eu ponderei que tudo precisa ser bem crível e amarrado para que de certo de verdade, você diz que que todos os personagens são bem realísticos e tudo mais, acho que isso já me relaxa um pouco quanto a questão que tinha relatado, agora esto pensando no livro com mais carinho ^^

    ResponderExcluir
  4. Puxa vida, segunda resenha que leio sobre esse livro hoje e só com pontos positivos. O que eu mais achei legal é a abordagem dos pais que passam a mão na cabeça dos erros dos filhos sem se importar com as consequências futuras. Isso acontece muito na vida real também!
    Lee um livro que fala sobre família, amizade, perdão é sempre um ótimo livro para se ler pois nos faz refletir.
    Esse livro já está super anotado para a minha lista!
    Abraço
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  5. Puxa vida, segunda resenha que leio sobre esse livro hoje e só com pontos positivos. O que eu mais achei legal é a abordagem dos pais que passam a mão na cabeça dos erros dos filhos sem se importar com as consequências futuras. Isso acontece muito na vida real também!
    Lee um livro que fala sobre família, amizade, perdão é sempre um ótimo livro para se ler pois nos faz refletir.
    Esse livro já está super anotado para a minha lista!
    Abraço
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Já ouvi muitos comentários sobre a autora, a grande maioria positivos, bom saber que suas expectativas foram alcançadas e que você é mais uma para reforçar o time dos que recomendam a autora, tenho vontade de ler alguma coisa dela para ter minha própria opinião a respeito, e sua resenha, que por sinal ficou ótima, me motivou um pouquinho mais a dar uma chance a ela, hahaha.
    Estou seguindo e adorando o blog <3
    Beijos.
    Tenho um blog sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida eu ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
  7. Oii!

    É a segunda resenha que leio pra obra totalmente positiva o que me alegra muito!
    Eu não conhecia a autora e agora tenho certeza de que preciso ler esse livro.
    Pontos da sua resenha que me conquistaram mais, foi primeiro saber desse envolvimento que você conseguiu criar com os personagens e segundo pela imagem da capa, linda demais!

    Fiquei muito feliz em saber que suas expectativas foram cumpridas!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Ivi de Deus, essa sua resenha está incrível! Ela é a a segunda que eu leio d ontem para hoje desse livro. Estou super curiosa com ele, desde a capa até a essa premissa instigante. A história já me conquistou pelas duas resenhas que li, agora estou em cólicas para adquirir o livro. E é tão bom quando nossas expectativas foram cumpridas, né?! Espero que as minhas também sejam.

    Beijos,
    Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oii,
    Na bienal desse ano eu me deparei com esse livro várias vezes. Fiquei entre levar Carta de Amor Aos Mortos e esse, e acabei optando pelo outro. Mas deveria ter pedido pra levar os dois kkkk. Me arrependi muito de não comprar esse livro, porque parece incrível. Mas não vou deixar de tê-lo em minha estante com certeza. A sua resenha me encantou mais ainda por ele, e estou apaixonada. E ameeei essa capa! Tenho até um poster dessa capa pendurado! E fico animada de saber que a capa tem a ver com alguma parte do livro, porque realmente não entendia. Vou correr pra comprar esse livro haha.
    Xx

    ResponderExcluir
  10. Nossa você leu bastante esse ano, enquanto eu mal tive tem hahahah. Fico feliz de ter amado tanto a autora. Sinal de que ela realmente é boa. É bom quando a história nos faz se colocar no lugar do personagem. Com certeza eu leria. Bjs.

    ResponderExcluir
  11. OI Ivy,
    Eu tinha lido umas resenhas deste livro e já queria ler antes. Ele já está na minha lista e você só confirmou mais minha expectativa com a mesma coisa que outra menina disse: que o livro é simples e mesmo que não seja excepcional em muita coisa, ele é perfeito. E acho que isso que vale a pena já que muitas vezes tem livros com uma grande fórmula e não agrega nada.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  12. Olá, eu conheci esse livro hoje, nunca tinha lido nada dessa autora e já me interessei bastante por essa história. Eu gosto muito de livros desse gênero e esse livro parece ser muito bom, a sua resenha ficou muito boa, só posso dizer que estou interessada em ler!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Ivi, parabéns por essa resenha incrível! eu nunca li nada da autora e morro de vontade de conhecer sua escrita, pela sua resenha acredito que esse seria um livro bom para começar a ler, ele parece ter uma trama cativante e bem do jeitinho que eu gosto!

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/resenha-sombra-da-figueira.html

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Finalizei esse livro hoje ♥ e acabei de ler uma resenha dele...haha' O livro é mesmo maravilhoso já na primeira página, é incrível como a autora consegue criar uma história maravilhosa dessa ♥ Recomendo "Just Listen", da Sarah Dessen, é ainda mais lindo que "Os bons segredos" :) Espero que você goste :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. É perseguição, só pode. Ok, eu me rendo, vou atrás desse livro já. Explico: só hoje, foram 3 resenhas que vi sobre ele, e todas positivas, sem contar as que eu vi no decorrer da última semana. Eu amo essa capa, acho fantástica, e você ainda me termina a resenha dizendo que foi uma das suas melhores leituras do ano. Não há mais o que dizer, só ir atrás dele também e ver o que acho.


    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  16. Olá!!

    Eu estou querendo ler esse! Mas tenho medo do comum e clichê que ele soa. Como você citou aqui, acredito que posso caminhar na mesma direção que você, vendo essa trama pela lado da boa escrita!
    Quanto a capa, sempre achei linda, mas associada ao contexto como explicou, fiquei babando!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  17. Gostei demais de um outro livro da autora que li, e desde que vi o lançamento desse fiquei bem curiosa para conhecer a história. Infelizmente, a oportunidade de ler ainda não chegou para mim, como chegou para você, mas espero que eu também termine a leitura tão satisfeita assim a ponto de considerar uma das melhores do ano. Estou ansiosa por essa conclusão linda! *-*

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Olá! Esse livro me deixou super curiosa. Os dramas que se passam nele são bem fortes. A protagonista, Sidney, me conquistou logo de cara, por não ser vítima, por ser uma personagem madura e pelo percebi vai crescendo bastante na história. Espero ter a oportunidade de ler ele, porque estou super curiosa para saber o desenrolar dos fatos. Beijos!
    http://www.livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Acabei de comentar em uma outra resenha desse livro que ele me parece ser do tipo que ou você ama ou você odeia pois já vi resenhas super positivas e também super negativas do livro. Aí leio a sua que diz que foi uma das melhores leituras do ano e começo a pensar que entendi o motivo de alguns leitores não gostar. Você comenta que a história é simples... Acho que muita gente acha que uma história simples não pode encantar, envolver e conquistar - mas eu sou da opinião que tudo depende de como a autora conta essa história. Entrou para a minha lista de desejados, com toda certeza!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  20. Olá flor, tudo bem?

    Amo a escrita dessa mulher, é uma das autoras favoritas da vida pra mim. Tenho esse livro aqui mas ainda não li e depois que li a sua resenha e outra agora a pouco, vou fazer a leitura mais rápido possível. Já sei que irei me irritar com essa família dela. Como assim ficar passando a mão na cabeça de um idiota desses? E ainda por cima a mãe achar que a pena foi pesada depois do idiota aprontar tanto e deixar o coitado do garoto paraplégico por estar dirigindo embriagado. Sinceramente, conheço algumas mães assim e é difícil isso viu. Sou mãe, e penso o seguinte, todos erram, mas a gente tem sempre que ajudar para que os filhos não permaneçam nos mesmos erros, que cresçam, essa atitude dos pais está incorreta demais. Pela primeira vez irei me irritar muito com personagens de uma história da Sarah. Hahaha. E pelo que vi, a protagonista irá me deixar furiosa também por se achar culpada pelo comportamento dos pais. Eu em.

    bjs

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Eu li a resenha desse livro esses dias em outro blog, e como disse lá, fiquei encantada!
    Faz tempo que eu não leio nada do gênero e essas resenhas tão positivas estão me deixando maluca de curiosidade, além dessa capa maravilhosa! Acho que vou me dar esse livro de natal, ele ter sido uma das melhores leituras suas no ano só me motiva!
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014