0

Anexos (Rainbow Rowell)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 31º livro lido em 2015 e foi ANEXOS (Rainbow Rowell). Depois de conhecer a escrita da autora no lindo Eleanor & Park, eu tinha aquela impressão que qualquer livro dela me deixaria satisfeita, então, comecei a ler ANEXOS sem saber muita coisa da história, apenas que ao contrário de Eleanor & Park, era um livro com uma abordagem mais adulta.
"A vida segue, mesmo depois que a emoção de viver acabou." Página 31
O livro nos traz a Jennifer e a Beth. Elas são grandes amigas e trabalham no jornal The Courier. Jennifer é revisora e Beth é crítica de cinema. As duas conversam o dia inteiro por e-mails e é exatamente assim que conhecemos o universo das duas. Jennifer é casada com Mitch e estão pensando em ter o primeiro filho, ainda que Jennifer tenha muito medo disso e Beth mora com o namorado Chris e vive uma fase tediosa e questionável do relacionamento deles e, nesta troca de e-mails, temos o Lincoln, um funcionário do departamento de Tecnologia da Informação que monitora a troca de mensagens entre os funcionários do jornal.

Lincoln então começa a ler os e-mails entre Jennifer e Beth a principio como um lazer. Elas são divertidas e inteligentes e a interação entre as duas é tão saudável que ele ignora o fato de que elas não podem usar o e-mail profissional como veículo de conversa. Mais que isso, lentamente Lincoln começa a se interessar por Beth. Através das mensagens dela para a amiga, ele começa a delinear uma mulher interessante, esperta, romântica e ainda que não faça ideia de como ela é fisicamente, afinal, ele nunca a viu, ele a acha bastante atraente.

Lincoln é o que podemos entender como um nerd. Ele joga RPG com os amigos, entende tudo de informática e ainda mora com a mãe, uma mulher que cozinha maravilhosamente bem e tenta manter Lincoln sempre por perto. Este interesse de Lincoln por Beth vai fazer com que ele repense a própria vida e que comece a mudar alguns hábitos e posturas em si mesmo e vemos então, Lincoln amadurecer, melhorar, se rever mediante os sentimentos.


Eu adorei o livro e o devorei rapidamente. Com uma narrativa fluida e leve, conseguimos visualizar os personagens como se pudéssemos vê-los com nossos próprios olhos. Mais que isso, a autora nos coloca dentro da cabeça de cada um deles, ainda que a narrativa seja em terceira pessoa. Eles se tornam tão transparentes para nós que é como se fossemos nossos melhores amigos. Os personagens secundários dão uma dinâmica deliciosa à história e não dá para abrir mão de nenhum deles porque eles são maravilhosos.

O livro fala de amor, amizade, relacionamentos e expectativas usando uma história original e completamente crível. Os personagens são tão humanos e verdadeiros que o texto tem credibilidade em tudo o que apresenta e quando a história termina e você fecha o livro, sente-se como se estivesse na poltrona de um cinema tendo assistido a uma excelente comédia romântica.

Super recomendo para quem gosta de romances leves e despretensiosos. O livro não nos traz grandes provas de amor e sacrifícios românticos, mas ainda assim é recheado de amor e paixão. O livro sutilmente nos conta uma das formas que o amor pode nos melhorar como seres humanos e para quem gosta de livros de amor com esta linha de pensamento, vai se deliciar pelas 368 páginas.
"Há tantas coisas pelas quais eu oro, que parecem grandes demais até para Deus." Página 201
Eu adorei!!!


Um pouco sobre a autora: Rainbow Rowell é uma escritora americana que gosta de escrever sobre pessoas, adolescentes e adultos, mas sobretudo, seus personagens são caracterizados por fazerem tudo errado. Seus livros publicados no Brasil são:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014