0

Finding Eden (Mia Sheridan)


Oi gente que ama livros, hoje eu venho com a resenha do 11º livro lido em 2015 e foi FINDING EDEN (Mia Sheridan). Este livro é a continuação de BECOMING CALDER e é nele que temos o encerramento da história dificil, diferente mas extremamente romântica entre Calder e Eden.

Aviso que esta resenha possui spoilers do primeiro livro da duologia.

Terminamos BECOMING CALDER com a inundação de Acadia, comunidade alternativa onde Calder e Eden cresceram e eles sobreviveram, foram as únicas pessoas que conseguiram sair vivas da catástrofe causada por Hector, porém, um não sabe que o outro sobreviveu e quando eles fogem para a cidade, desconhecem completamente o fato que o outro está vivo.

Calder sobreviveu com a ajuda de Xander que voltou à Acadia para resgatá-lo e Eden sobrevive porque ficou presa fora do porão. Ela encontra um medalhão e algum dinheiro no quarto de Hector e segue para Cincinati e é ajudada por um homem chamado Felix que investiga a vida de Eden e descobre seu passado e depois de três anos, quando ela começa a recuperar a sua vida, ela é convidada á ir em uma exposição de arte e lá descobre que o artista que está expondo seus desenhos é Calder. 
"Porque todo mundo merece uma história de amor que não machuque. " página 116
O reencontro é emocionante e após uma série de contratempos com a policia e a mídia, eles começam a investigar a vida de Calder antes de Acadia.

A narrativa do livro se faz em primeira pessoa com capítulos alternados nas vozes de Eden e Calder e mais uma vez a autora nos vicia com a sua escrita. Mia Sheridan tem uma intimidade muito boa com as palavras e te faz sofrer e suspirar na leitura do livro, porém eu esperava mais no que tange a história em si. As descobertas sobre a vida de Eden é Calder são feitas automaticamente e isso não me convenceu nada. Pouco se procurava e logo se descobria tudo e a inserção de fatos e pessoas irrelevantes para a história me deram certa preguiça.

A história de amor entre os protagonista permaneceu linda e a autora mais uma vez soube dar sensualidade sem vulgaridade e isso sempre me conquista em um bom romance, mas essa parte do livro era previsível e eu esperava mais da história dos dois, principalmente da história do Calder e claro, eu queria saber os motivos que levaram o Hector a fazer o que ele fez e isso é explicado muito superficialmente na narrativa.

Em contrapartida temos o melhor amigo literário de todos os tempos roubando a cena na história: Xander. Em diversos momentos da narrativa eu queria parar e aplaudir as atitudes e decisões que ele tomou e também acho que ele merecia mais espaço no enredo.

Enfim, o livro é bonito e me rendeu algumas lágrimas no final, mas senti falta de mais conteúdo que embasassem as atitudes dos personagens principais.

Para quem gosta de romance, é uma linda história de amor. Original, bonito e bem escrito!
"Não importava onde Eden e eu tivéssemos nos conhecido, porque teríamos nos apaixonado de qualquer maneira. Se fossemos dois calouros na faculdade, dois fazendeiros, dois ciganos ou dois nada, a parte de nos apaixonarmos na história teria sido a mesma. Ela teria puxado meu coração para o outro lado do ginásio, ou em um campo de milho ou em uma caravana itinerante." Página 210



Um pouco sobre a autora:  Mia Sheridan nasceu nos Estados Unidos, onde mora com seu marido e seus filhos. No Brasil ainda não temos nenhum livro dela publicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014