3

Tentação Ao Pôr Do Sol - Os Hathaways 3 (Lisa Kleypas)



No terceiro volume da série Os Hathaways, de Lisa Kleypas, ela nos conta a história de Poppy Hathaway, a irmã mais “normal” da família, a mais espirituosa e divertida. Estava ansiosa para conhecer sua história, imaginava que seria a irmã que encontraria o seu príncipe encantado e viveria uma vida calma e tranquila, como ela sempre sonhou. Ela só queria um marido que a amasse, filhos e uma casa, que não precisava ser uma mansão, muito menos um castelo. Uma casa simples no campo para cuidar de sua família. E acompanhando a história da família, era isso que todos – os Hathaways e os leitores, gostariam. Mas a história de Poppy foi bem diferente disso.
“Poppy amava muito sua família, mas também sonhava com uma vida tranquila, normal, o que não parecia possível para um Hathaway. Queria paz. Previsibilidade.” (Pág. 08)
Mais uma vez a autora nos faz envolver pela família, nos conta um pouco sobre as histórias que já explorou nos primeiros livros, de Amélia e Win, e abre caminhos para os novos livros com as histórias de Leo Hathaway, o Lorde Hamsay e da irmã mais nova, Beatrix. E assim como fez no primeiro livro que nos deixou curiosas e com vontade de conhecer melhor a história de Win, e no livro de Win nos fez querer muito conhecer a de Poppy, nesse livro nos faz prever o que vem a ser a história de Leo, o único homem da família. A autora nos faz seguir a história com leveza e curiosidade, nos envolve com suas cenas tensas, e com as cenas quentes. Fazendo com que tudo flua muito bem e quando nos damos conta chegamos ao final do livro. E no final ainda nos deixa o primeiro capítulo da próxima história.
Poppy como toda mocinha romântica do século passado, tinha um grande amor cuja família era contra o relacionamento por eles fazerem parte da nobreza e a família de Poppy ser uma família comum e que caiu de paraquedas na aristocracia depois que seu irmão, Leo, herdou o título de lorde. Os Hathaways estão longe de ser uma família tradicional. Além de terem crescido distantes da nobreza da época, as irmãs mais velhas da família, Amélia e Win, são casadas com ciganos. E Leo, apesar do título nobre, vivia no submundo e sempre fez de tudo para romper as regras da sociedade.
No começo da temporada de eventos sociais, a família Hathaway viaja para Londres e fica hospedada no Hotel Hutledge, como nas três temporadas anteriores. Poppy conheceu Michael Bayning, cuja família é contra o relacionamento, e manteve com ele uma troca de correspondências onde ambos falavam de seu amor e do quanto esperavam poder vive-lo. Apesar do amor que sente por Poppy, Michael não vai contra seu pai que ameaça deserdá-lo, e diz a Poppy que não poderá assumir o romance com ela.
Apesar de ser muito bonita, Poppy tem desvantagens em relação as outras garotas, sua inteligência faz com que os homens se afastem dela por se sentirem acuados. Mas o destino a coloca no caminho de Harry Hutledge, o dono do hotel onde a família fica hospedada em Londres. Harry é um homem recluso, que não se relaciona bem com ninguém, não confia em ninguém e manipula a todos. Harry tem um passado misterioso e triste, e ninguém sabe ao certo como ele juntou toda a sua fortuna e conseguiu construir e administrar um dos maiores hotéis de Londres. Pelo acaso do destino, Harry conhece Poppy e é tomado pelo desejo. Ele tem certeza de que Poppy será sua e não mede esforços para que isso aconteça.
“Se o anjo da morte aparecesse naquele momento com suas asas negras e sua foice brilhante, Poppy teria corrido para ele de braços abertos. Porque ser pega na varanda beijando Harry Hutledge não era só um escândalo... seria uma lenda! Estava arruinada. Sua família estava arruinada. Quando o sol nascesse novamente, Londres inteira estaria sabendo.” (Pág. 89)
Desejo, traição, sexo e poder permeiam a história de Poppy e Harry, e mais uma vez a autora nos deixa confusos, torcendo pelos mocinhos e amando o vilão.
“Havia se apaixonado por um príncipe, mas acabara nos braços de um vilão. E seria tudo mais fácil se continuasse vendo a situação nesses termos simplistas. Porém seu príncipe não chegava nem perto de ser perfeito como parecia... e o vilão era um homem atencioso, de sentimentos intensos.” (Pág.233)
A história de Poppy e Harry, assim como nos livros anteriores, nos prende do início ao fim. Mais uma vez a autora nos prende a seu livro e, antes mesmo de terminar, já nos vemos com saudades dos protagonistas e, ao mesmo tempo, querendo nos aprofundar na história do próximo membro da família.
E a certeza continua. Quando a série terminar, Lisa Kleypas vai me deixar com saudades dessa excêntrica e divertida família.
“Harry estava deitado em seu quarto, que ficava em frente ao dela no apartamento que agora dividiam. Pensar em Poppy dormindo no mesmo lugar onde ele vivia era suficiente para mantê-lo acordado. Nenhuma mulher jamais ficara ali. Sempre mantivera seus envolvimentos longe de sua residência, nunca havia passado uma noite inteira com ninguém. A ideia de dormir na mesma cama que outra pessoa o incomodava. Mas nunca se dera ao trabalho de pensar por que isso seria algo mais íntimo que o ato sexual em si.” (Pág. 128)

Um pouco sobre a autora:Lisa Kleypas, nasceu em 1964 e já escreveu 34 romances e seus livros foram publicados em 28 idiomas. Ela prefere escrever romances ambientados no século XIX. Seu primeiro romance foi publicado quando ela tinha 21 anos de idade. Atualmente ela vive no Texas com o esposo e dois filhos.
No Brasil já foram publicados seus livros da série The Hathaways:
- Desejo À Meia-Noite – #1 Hathaways
- Sedução Ao Amanhecer #2 Hathaways 
- Tentação ao Por-do-Sol #3 Hathaways
- Manhã de Núpcias – #4 Hathaways
- Casamento Hathaway (conto que pode ser baixado gratuitamente na Livraria Saraiva)
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. O único motivo para eu ser ligadíssima na série é por falarem sobre princesas, que fizeram mais do que nunca muito parte da minha infancia, e também por serem Hathaways.

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Eu ainda não li nenhum livro da série, mas cada vez que vejo uma resenha, minha ansiedade só aumenta mais e mais, as capas são lindas.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros são uma delícia, Camila. Se vc curte romance de época, acredito que vá gostar muito. E se curte um romance mais hot, então a série vai fechar, pq tem um pouco disso tb.
      As capas são lindas realmente, e não dá pra negar que foi pela capa que tive interesse em ler a sinopse do primeiro volume, e acaba que adorei muito os livros. Caso resolva ler, volte pra contar o que achou.
      Bjos!

      Excluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014