21.3.19

Outono Book Tag


Oi gente que ama livros, hoje venho com uma tag delicinha que tem como objetivo relacionar os versos da música da Sandy & Junior com livros. A música traz o outono como tema central e tem tudo a ver com esta época do ano em que entraremos.

Vamos conferir?

1. A noite cai, o frio desce: um livro que se passa em uma época fria
Quando penso em uma história em clima frio, a primeira que me vem à mente é Milagre nos Andes (Nando Parrado e Vince Rause). O livro é o depoimento real de um dos sobreviventes de um desastre de avião em que os sobreviventes tiveram que passar semanas na cordilheira dos Andes. O livro é incrivelmente bem contado e a trajetória de superação que aquelas pessoas tiveram que atravessar é mais que uma lição de vida. Mesmo não sendo ficção, existem partes muito intensas em que você não acredita realmente como tudo aquilo aconteceu, mas a narrativa emocionada nos leva a desejar conhecer ainda mais daquela situação. É um livro excelente que eu indico sem medo de errar.
Resenha AQUI

2. Mas aqui dentro predomina esse amor que me aquece e protege da solidão: um livro quentinho no coração
A autora Nicola Yoom tem o dom de escrever histórias que deixam seu coração aquecido, mesmo que isso só aconteça na última linha da história. Foi o que aconteceu em O Sol Também é Uma Estrela, a história em que uma adolescente tem poucas horas para convencer as autoridades que não precisa ser deportada dos Estados Unidos para as Bahamas e nesta missão, conhece um jovem que tem o seu futuro delineado pela família, mas quer outra coisa para si mesmo. É uma história deliciosa e um pouco angustiante, mas como disse acima, vale a pena ser lida pelo aconchego que os acontecimentos finais nos trazem. Maravilhoso de verdade.
Resenha AQUI

3. A noite cai, a chuva traz o medo e a aflição: um livro com uma atmosfera sombria
Não é segredo que eu amo todos os livros do John Boyne e não seria diferente, mesmo com um enredo tão voltado para o terror como em A Casa Assombrada, que literalmente tem tudo a ver com seu título. O livro nos traz a jovem Eliza Caine que decide aceitar um emprego no interior da Inglaterra como governanta em uma mansão após a morte do seu pai. Eliza não sabe absolutamente nada sobre os seus novos empregadores, mas como precisa de um emprego e também quer deixar a cidade que a faz se lembrar do pai, segue rumo a uma nova vida. Assim que chega a estação de trem de destino, fenômenos estranhos começam a acontecer. Eliza consegue sentir uma força querendo machucá-la e também é capaz de sentir uma outra força tentando protegê-la e isso acontece durante toda a narrativa, cada vez mais forte. Conforme a narrativa avança, Eliza se expõe a diversas formas de perigos, todos involuntariamente. Sem dúvida, a atmosfera do livro é extremamente sombria.
Resenha AQUI

4. Mas é o amor que está aqui dentro que acalma meu coração: um livro que você gostaria de poder viver dentro e interagir com os personagens
É muito clichê, mas não consigo responder outra coisa que não seja Harry Potter. Demorei demais para me envolver com este universo, mas depois de ler os livros e assistir os filmes, tenho certeza que é um caminho sem volta para mim. Tudo nesta série me faz desejar viver nela, mesmo com os perigos e frustrações que os personagens precisam aprender a enfrentar, ainda assim, eu queria estar lá com eles. 

5. No outono é sempre igual: um livro, autor ou gênero que você sempre gosta de ler nessa época do ano
Não tenho muito disso de escolher um livro pela estação do ano, mas se tivesse, acho que escolheria algo mais misterioso ou um bom suspense ambientado no passado. Acho que algum livro do Stephen King seria uma boa indicação para época, ou mesmo um drama bem desenvolvido como os que encontramos nos livros da Jodi Picoult.

6. As folhas caem no quintal: um livro que trata sobre algum assunto delicado
Eu gosto muito de livros com temas polêmicos e quando penso nisso, o livro Proibido (Tabitha Suzuma) me vem à cabeça com um raio. O livro nos traz o Lochan e a Maya, que são irmãos e vivem em uma situação familiar muito complicada. O pai deles foi embora, deixando a mãe e os cinco filhos sem a menor assistência. A mãe passou a se embebedar e viver como se não tivesse nenhuma responsabilidade com os filhos e a tarefa de cuidar da casa e dos irmãos menores caiu sobre os ombros de Lochan e Maya, com 17 e 16 anos. Os dois dividem as tarefas e se desdobram para que o mínimo possível não falte para ninguém e acabam se aproximando e se envolvendo de tal forma que se apaixonam. Sim, temos o tema do incesto inserido de um jeito que pode causar várias sensações que vão da aversão ao envolvimento dos dois à loucura de torcer para que eles sejam felizes juntos. Um livro que não dá para ler e não se sentir muito desconfortável.
Resenha AQUI

7. Só não cai o meu amor: um livro com uma história de amor
Acredito que romance seja o meu gênero favorito de leitura, então escolher apenas um livro para responder esse quesito aqui é uma tarefa complicada. Mas sem medo de errar eu vou com um livro do meu querido Nicholas Sparks, Uma Longa Jornada. O livro nos traz duas histórias paralelas. Primeiro temos a história de Ira, contada em primeira pessoa, que começa de forma angustiante, pois Ira é um homem de 91 anos e está preso dentro do seu carro após um acidente na estrada. Com dores, sede e frio, Ira nos conta sua história de vida e tem muito o que contar: é um veterano de guerra, amou profundamente sua esposa, colecionou obras de arte significativas com ela e é um homem digno. Paralelo a isso, temos a história de Sophia e Luke. Ela estuda História da Arte e ele é um peão de rodeio. Luke está em um campeonato importantíssimo e embora saiba que não deveria estar competindo na arena, insiste nesta aventura. Os capítulos do livro se intercalam. Temos Ira relembrando sua vida e temos em terceira pessoa, alguém nos colocando a par do romance entre Sophia e Luke. A leitura flui como se fossem duas histórias muito diferentes no mesmo livro, como se não houvesse um vínculo entre Ira e o jovem casal, mas conforme fui avançando as páginas, tudo começou a fazer sentido. É um dos meus livros favoritos do autor com duas histórias de amor maravilhosas.
Resenha AQUI

8. Pois não tem jeito, não, é imortal: um livro que você acha que deveria virar um clássico para que todas as futuras gerações pudessem ler
Existem muitos livros que eu gostaria que fossem eternizados pelo planeta e se transformassem em clássicos, mas acredito que A Bibliotecária de Auschwitz (Antonio G. Iturbe) seria um ganho imenso para a humanidade. O livro nos traz dois heróis da guerra, Dita Kraus e Fredy Hirsch e eles se tornaram heróis não porque resgataram prisioneiros de guerra, libertaram nações ou salvaram da morte os judeus, mas porque tiveram coragem de introduzir a leitura e o aprendizado em meio ao caos criado pela segunda guerra mundial em que milhões de pessoas foram conduzidas aos campos de concentração. Fredy Hirsch, judeu alemão, morava em Auschwitz – Birkenau (único campo em que havia crianças e idosos), mesmo campo em que Dita e seus pais foram levados e Fredy criou um ambiente no bloco 31 para que as crianças tivessem contado com a leitura. Ele designou Dita para que cuidasse da biblioteca do bloco 31 que era formada por apenas 8 livros e ela tinha a responsabilidade de que nenhum guarda descobrisse aquelas 8 joias. Dita mantinha os livros escondidos sob as tábuas do bloco 31 e muitas vezes, carregava-os consigo, escondidos em bolsos costurados pela roupa. Ela sabia que se algum guarda alemão descobrisse os livros, seria executada, mas mesmo com medo e apreensiva, ela não desistiu. É um livro maravilhoso.
Resenha AQUI

Essas foram as minhas escolhas para responder a tag e eu espero que vocês tenham gostado. Que tenhamos um outono recheado de leituras maravilhosas.

Beijos

10 comentários:

  1. Adoro tag, sempre me faz conhecer um pouco do blogueiro que está aí do outro lado. A maioria dos livros que citou eu não li mas que vou pegar como sugestão, como o caso do A biblioteca de Auschwitz e Proibido, fiquei bem curiosa quando ao enredo desses dois livros. Quero ler.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    A Casa Assombrada parece ser um ótimo livro, sempre tive curiosidade a respeito dele, espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    Também adoraria adentrar o universo de HP e ter uma experiência com os bruxinhos em Hogwarts, que sonhoooo!!!
    Eu amei Uma Longa Jornada, acompanhar a história de Ira, Sophia e Luke foi um prazer muito grande, até hoje sou apaixonada pelos personagens!

    Adorei sua tag!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ivy
    Acho essa tag uma graça, respondi ela ano passado. Proibido é um dos livros mais intensos que li na vida. Geralmente, eu guardo livros que mexem assim comigo, mas esse tive que disponibilizar pra troca imediatamente, pois senti que o mundo precisava ler ele.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  4. Achei a tag muito divertida, e confesso que li no ritmo da música. HAHAHA
    A casa assombrada eu confesso que nunca tinha parado para ler, e agora fiquei louca para conferir a história.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, acho essa tag super legal. Dos livros citados, ainda não li nenhum (na verdade, já li os dois primeiros de Harry Potter), mas seu post já me deixou super empolgada para ler A casa assombrada.

    ResponderExcluir
  6. Olá Ivi, tudo bom?
    Eu, como uma fã de Sandy e Junior simplesmente amei essa tag! rs Eu também acho que O sol também é uma estrela é um livro para aquecer o coração e eu colocaria também Extraordinário,que é um livro apaixonante! rs E concordo plenamente com a resposta de Harry Potter, é impossível não querer viver naquele universo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Adorei essa tag Ivi. Em breve vou tentar respondê-la.
    De todos os livros que você citou, acho que o que mais se encaixa pra mim é Proibido. Que leitura impactante e mexe com nossos valores e sentimentos.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Oieee!!!!

    Ahhh gente!!! Eu quero essa tag pra mim!!!! HAHAHAHAHA

    Ameiiiiiiiiiiiiiii!!! E minha nossa, como esse povo é criativo, não???? Sobre as suas respostas, devo dizer que concordo plenamente com o que disse em Harry Potter e Proibido!

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Que tag mais.linda esta, principalmente para quem é fã e esta maluco com essa volta.
    Os livros se encaixaram perfeitamente com cada verso.

    ResponderExcluir