23.8.21

Você me Ganhou no Olá (Alexis Daria)

Ficha Técnica:
Nome Original: You Had Me at Hola
Autora: Alexis Daria
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Mariana Rimoli
Número de Páginas: 322
Ano de Lançamento: 2021
ISBN-13: 9786587721668
Editora: Harlequin

Oi gente que ama livros, hoje eu e a Kelly trazemos mais uma resenha dupla porque fizemos Buddy Read - leitura em conjunto do livro Você me Ganhou no Olá (Alexis Daria). Comentários em azul são meus e comentários em roxo, são da Kelly. Espero que gostem!



Expectativa X realidade 

O livro foi indicado para mim por ter um núcleo de personagens latinos e por trazer referência ao Ricky Martin, o que já era motivo o suficiente para eu querer ler.  Baseado nisso, parti para a leitura com a expectativa nas alturas, porém a narrativa não me envolveu como imaginava e acabei desapontada com o livro.

O livro foi indicado pela Ivi e me empolguei com a leitura pelos personagens latinos e pela nota da editora, com referências a novelas que assisti, como Maria do Bairro, Marimar e Café com Aroma de Mulher. Essa empolgação inicial logo diminuiu pelos acontecimentos entre os personagens, determinadas situações que não me convenceram e reconheço que esperava bem mais do livro.


Os personagens principais e como suas vidas se cruzam na história.

Jasmine e Ashton são dois atores populares no mundo das telenovelas latinas produzidas nos Estados Unidos. Quando o livro começa, ela está terminando um relacionamento e isso ocorre de forma vergonhosa, pois descobre esse término através de uma revista de fofocas. Ashton é um galã mais maduro e tem sua vida particular guardada a sete chaves em Porto Rico por medo da exploração da mídia. Os dois são escalados para viver o par romântico em um seriado para um popular serviço de streaming.

Jasmine é atriz e já teve um papel premiado em uma produção. É de família grande, as primas estão sempre ao seu lado, seja para ajudá-la a superar o término traumático de seu relacionamento, dar conselhos ou simplesmente rirem das situações vividas por ela no grupo das primas poderosas.
Ashton é um ator porto-riquenho bem famoso, mas não se sabe nada sobre sua vida particular. Ele é adorado pela avó de Jasmine e suas primas adoram saber que os dois serão os protagonistas de “Carmen no comando”, já que Ashton foi escalado a último momento pelo acidente com outro ator. O primeiro encontro dos dois é inusitado, pois Ashton esbarra em Jasmine e derruba seu café, sujando toda a roupa dela. 


O que conta a narrativa e como a história se desenvolve 

Tanto Jasmine como Ashton precisam que essa série dê certo. Ela porque quer provar a si mesma e ao mundo do entretenimento que é uma excelente atriz e não precisa de namorado famoso nenhum para alcançar o sucesso. E ele porque tem quase 40 anos, é responsável pelo sustento da família e não pode se dar ao luxo de parar de trabalhar. Porém quando os ensaios e gravações começam, Jasmine e Ashton não se sentem à vontade um com o outro e tudo leva a crer que a química do casal pode ser comprometida em cena, por isso eles decidem ensaiar sozinhos o que os aproxima muito e os leva a um envolvimento romântico fora das telas.

Jasmine e Ashton estão focados no trabalho e querem aproveitar a oportunidade ao máximo, mas as primeiras cenas não são como eles esperavam, não convencem a produção e para minimizar isso, os dois decidem se encontrar para ensaiarem. É bem previsível que os dois se envolvam, mas Ashton tem um conflito familiar que pode influenciar o relacionamento.


Valeu a pena?

Como entretenimento sim, foi uma leitura leve e em alguns momentos bem divertida, porém com cenas sensuais em exagero e repetitivas. Sem falar que a minha motivação para a leitura era a referência ao Ricky Martin, mas foi decepcionante porque quando apareceu na narrativa, o nome dele foi escrito de forma errada e meus olhos sangraram nesse momento.

Valeu a pena pelo ambiente latino e pelos momentos divertidos proporcionados pelas primas e pela avó de Jasmine, com destaque ao aniversário da avó, momento que eu esperava e gostei de acompanhar. 
Devo dizer também que alguns pontos me incomodaram, como o fato de Jasmine, filha de porto-riquenho falar “espanhol de jardim de infância” (como descrito por Ashton), justificado pela mãe filipina e pelo idioma principal em sua casa ser o inglês. O conflito familiar de Ashton mesmo justificado também me pareceu um pouco exagerado, poderia ter sido exposto com uma conversa séria, que acima de tudo demonstraria confiança.
Como também sou fã do Ricky Martin, não posso deixar de mencionar o erro em seu nome, nas duas vezes em que é citado no livro. Isso realmente me deixou chocada, principalmente pela autora declarar seu amor a Porto Rico e ele ser um dos cantores mais famosos do país.

Como puderam perceber, a leitura não foi muito positiva para nenhuma das duas, mas se você já leu e teve uma experiência diferente da nossa, deixe nos comentários quais foram os pontos positivos que encontrou na leitura.


Um pouco sobre a autora:
Alexis Daria é uma autora nova-iorquina premiada, que escreve histórias sobre personagens latinos bem-sucedidos e suas (bagunçadas e complicadas) famílias. Seu primeiro livro ganhou o RITA Award para Melhor Romance de Estreia e foi nomeado um dos melhores romances do ano pelo Entertainment Weekly e The Washington Post. Entre os superpoderes de Alexis estão o de avistar celebridades em Nova York, ganhar sorteios de ingressos para a Broadway e fazer lives de seus programas de TV favoritos em seu Twitter. Você Me Ganhou no Olá é o seu único livro publicado no Brasil.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário