13.8.21

Apenas Respire (Susan Wiggs)

Ficha Técnica:
Nome Original: Just Breathe
Autor: Susan Wiggs
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Leandro Santos
Número de Páginas: 476
Ano de Lançamento: 2011
ISBN-13: 9788539800766
Editora: Harlequin

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 56º livro lido em 2021 e foi Apenas Respire (Susan Wiggs). Depois do excelente reencontro com a escrita da autora com A Livraria dos Achados e Perdidos, decidi procurar mais livros da autora, que é bem pouco divulgada aqui no Brasil. Esse livro foi um presente de aniversário que entrou rapidamente para a lista de leituras.

O livro nos traz Sarah Moon, uma cartunista que está em tratamento de inseminação artificial após o marido ter passado por intenso tratamento contra um câncer nos testículos. Enquanto o marido esteve doente, Sarah praticamente deixou de existir para cuidar do marido. Um dia, após uma sessão na clínica de fertilidade, ela resolve ir ao trabalho dele e fazer uma surpresa, mas é surpreendida ao encontrá-lo com uma amante. Ultrajada e ferida, Sarah larga tudo e resolve voltar para sua cidade natal, na costa da Califórnia. Ela não sabe o que vai fazer, mas simplesmente não pode mais ficar na mesma casa e na mesma cidade que aquele homem. Obviamente, se apaixonar ou simplesmente se envolver por outro homem está completamente fora dos planos. Ainda mais quando reencontra Will, sua paixão da adolescência. Anos atrás, Will era o garoto mais popular da escola e Sarah, a esquisita. Hoje, ele é o chefe dos bombeiros, mora com a filha adolescente, pois sua ex-mulher foi embora há anos. É justamente Aurora, a enteada de Will, quem tem o primeiro contato com Sarah. Amante das artes, a menina vê uma inspiração na mulher mais velha. Essa espécie de amizade acaba por juntar Sarah e Will. 


Quando Sarah começa a colocar a vida na nova rotina, uma surpresa se escancara em sua vida, muda todos os seus planos e a faz reavaliar se a separação do marido e um novo relacionamento é realmente viável. Uma série de reflexões será necessária para que ela se mantenha fiel aos seus princípios.

O livro é marcado pelo excepcional desenvolvimento de personagens. Conhecemos a mente de todos os personagens importantes e nos afeiçoamos intensamente por eles, assim como odiamos quem precisa ser odiado e isso nos dá uma percepção muito abrangente de toda a situação. A história é simples, se desenvolve sobre recomeço e reencontro, mas a autora aprofunda cada personagem de forma que os temos como nossos amigos e torcemos para que todos sejam felizes do começo ao fim.


O romance em si demora muito para acontecer porque Sarah e Will tem prioridades mais sérias, mas ainda assim, é envolvente e bonito, mais maduro e natural e nos comove por vermos que as decisões precisam ser pensadas de forma racional. Isso não tira a paixão das páginas, só nos dá uma perspectiva mais real de um relacionamento que não tem espaço para jogos ou insinuações.

Segundas chances e reencontros estão entre os meus temas favoritos. Eu adoro ler sobre pessoas que se reinventam, conseguem encontrar uma forma de dar a volta por cima e de serem felizes outra vez e é isso o que encontramos aqui e o que me fez adorar cada página do livro.


Amei!!!


Um pouco sobre a autora: Susan Wiggs é uma ex-professora americana com mais de 30 livros publicados em mais de 25 idiomas. Ela acredita firmemente que o amor é capaz de criar um mundo no qual todas as feridas são curadas e suas premiações comprovam que esse ideal é possível. 

Alguns de seus livros publicados no Brasil:

    • A Livraria dos Achados e Perdidos
    • Apenas Respire
    • A Colcha de Despedida

Nenhum comentário:

Postar um comentário