5.7.21

Queda de Gigantes (Ken Follet)

Ficha Técnica:

Nome Original: Fall of Giants
Autor: Ken Follet
País de Origem: Inglaterra
Tradução: Fernanda Abreu e Fabiano Morais
Número de Páginas: 912
Ano de Lançamento: 2010
ISBN13: 9780525951650
Editora: Arqueiro
SKOOB | GOODREADS | Compre na AMAZON

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 46º livro lido em 2021 e foi Queda de Gigantes (Ken Follet). Eu tinha interesse no livro por se tratar de uma ficção histórica que traz como pano de fundo a primeira guerra mundial, mas, ao mesmo tempo, também tinha um pouco de preguiça de começar, uma vez que esse volume tem mais de 900 páginas e é o primeiro volume de uma trilogia em que todos os livros são imensos. Venci a preguiça, iniciei a leitura e já adianto que preciso urgentemente dos volumes seguintes porque fui conquistada de ponta a ponta pela escrita do autor.

O livro acompanha a vida de cinco famílias distintas na 1ª Guerra Mundial e Revolução Russa. Apesar de contar com apenas cinco famílias, os personagens são diversos e pertencem as mais diversas classes e realidades sociais. Desde um jovem minerador galês até um importante assessor da Casa Branca e todos são ligados pelos acontecimentos de importância mundial descritos.


A história toda é muito bem construída. Os personagens possuem uma intensidade psicológica intensa e todos os acontecimentos pessoais são tão interessantes quanta a trama histórica que se desenrola como base. Ao final, o calhamaço que parecia algo extremamente extenso, mostrou-se pequeno para a profundidade e intensidade da trama. As problemáticas pessoais se misturam com os problemas históricos que afligem o mundo e deixam a história com um ritmo interessante.

O que deixa a leitura ainda mais interessante é a presença muito bem pensada de personagens reais: Churchill, Woodrow Wilson, Rei Jorge V. Todos são muito bem posicionados durante a narrativa, deixam a história dos personagens criados por Follett ainda mais próxima da realidade. Ao final da obra, o escritor ainda dá uma explicação que mostra o quão bem pensada foi a colocação de tais personagens.


A utilização tão bem pensada dos personagens reais faz com que uma coisa seja certa, sem nem mesmo ler o livro: a pesquisa de Follett foi profunda e intensa. A riqueza de detalhes é impressionante. Durante a leitura, cenas de guerra e da Revolução eram como a pintura de um quadro, que se desenhava perfeitamente pelas páginas do livro.

O enredo também foi muito bem pensado. Entendemos aos poucos os costumes e as dificuldades da época através de acontecimentos na vida dos personagens. As coisas não são escancaradas ou jogadas na cara do leitor, como um livro de história. Nem uma ficção detalhada demais. É tudo muito bem dito, escrito e exemplificado.


O livro é uma verdadeira aula de história dada por um professor criativo, envolvente e original. Os fatos são colocados de forma a despertar a curiosidade do leitor e agregar ao conhecimento prévio que ele possa ter, mas também funciona como se a história real da primeira guerra mundial estivesse nos sendo contada pela primeira vez.

Eu adorei e como disse acima, não vejo a hora se seguir com a trilogia.

Amei!!!


Um pouco sobre o autor:
Kenneth Martin Follett é um escritor formado em Filosofia pela University College, de Londres. Seu primeiro best seller foi O Buraco da Agulha, vencedor do Edgar Award como melhor romance de 1978. Encorajado pela excelente recepção, escreveu nos anos seguintes uma sequência de sucessos. O tema primordial de seus livros é a ação de espionagem e de guerra, com ritmo rápido que tende a prender até mesmo os leitores mais casuais. Seus livros regularmente dão origem a séries televisivas e filmes, caso de O Buraco da Agulha e A Chave de Rebeca. Em 1989 lançou o seu livro de maior sucesso, Os Pilares da Terra que foge à regra dos seus temas usuais, por se tratar de um romance histórico passado na idade média europeia; ironicamente o livro não foi um grande sucesso na altura do seu lançamento, apenas ganhando popularidade ao longo da década de noventa, quando entrava regularmente nos mais diversos círculos e clubes de leitura graças à propaganda boca-a-boca. 

Alguns de seus livros publicados são:

  • Pilares Da Terra 
  • Mundo sem Fim
  • As Espiãs do Dia D 
  • Um Lugar Chamado Liberdade
  • Noite sobre as Águas
  • Uma Fortuna Perigosa
  • Coluna de Fogo
  • O Buraco da Agulha 
  • A chave de Rebecca
  • Contagem Regressiva 
  • O Homem de São Petersburgo
  • Tripla Espionagem
  • O voo da Vespa 
  • Queda de Gigantes
  • Inverno do Mundo
  • Eternidade por um Fio
  • Notre-Dame 
  • O Crepúsculo e a Aurora

Um comentário: