29.3.21

Sem Lógica Para o Amor (Tracey Garvis Graves)

Ficha Técnica:

Nome Original: The Girl He Used to Know
Autora: Tracey Garvis Graves
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Jaqueline Damásio Valpassos
Número de Páginas: 320
Ano de Lançamento: 2020
ISBN-13: 9786556220048
Editora: Jangada
SKOOB | GOODREADS | Compre na AMAZON

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 19º livro lido em 2021 e foi Sem Lógica Para o Amor (Tracey Garvis Graves). Em 2014 li um excelente livro da autora – Na Ilha – e desde então nunca mais tinha visto nada dela publicado no Brasil, até que vi uma divulgação discreta deste livro e não pensei duas vezes em comprar para ler, já bem animada com o que a autora me contaria.

O livro nos traz a Anikka, uma mulher com algumas peculiaridades. Ela é sistemática, tem pouca habilidade social e grande incapacidade de sentir empatia. Ainda assim, é extremamente inteligente e depois que o pai a ensinou a jogar xadrez, encontrou no jogo uma forma de organizar seus pensamentos e se sentir confortável em um mundo com tantos imprevistos e contratempos. Sempre protegida pela família, um turbilhão de situações a confrontam ao ir para a faculdade, de modo que em poucos dias e passando por muitos constrangimentos, ela decide desistir e pede aos pais para buscá-la. Porém, em uma última tentativa de socializar, ela vai com a amiga Janice ao centro estudantil da universidade, descobre o Clube de Xadrez e na sequência, conhece Jonathan, por quem se apaixona e começam um relacionamento, mas algo acontece e eles se separam. 



O livro tem duas linhas narrativas. Em 2001 quando Anikka e Jonathan se encontram pelas ruas de Chicago e combinam para bater papo e em 1991, quando os dois ainda estavam na faculdade. Em 2001, Anikka é uma bibliotecária vivendo sozinha em seu apartamento cheio de sistemas para facilitar sua vida. Tem uma amizade fortíssima e exemplar com Janice e já está mais consciente de quem é, ainda que não tenha se sujeitado a nenhum diagnóstico para determinar se está em algum espectro. Já na linha temporal do passado, temos muito de sua infância e como ela sempre teve que se esforçar de forma sobre-humana para se adaptar ao mundo e no relacionamento com Jonathan.

O livro se desenvolve em nos apresentar de forma lenta, mas bem incisiva quem é a personagem e não houve uma única linha em que eu não tenha torcido intensamente para que a vida dela fosse minimamente fácil. Ridicularizada pelos amigos de faculdade e até dentro do ambiente de trabalho, Annika se mantinha inocente, sem saber discernir quem sorria para ela ou dela. Jonathan é um personagem masculino muito perto da perfeição, pois além de amá-la de forma incondicional, era paciente, generoso e extremamente protetor. Destaque para Janice, que sem dúvida foi uma amiga mais que perfeita. Não apenas por proteger e defender Anikka em situações vergonhosas, mas por orientá-la em praticamente tudo sobre a vida e ser um ponto de apoio para tudo o que ela precisava.


A curiosidade nos instiga a não parar de ler porque queremos saber o que separou Anikka de Jonathan. Quando descobrimos, nosso coração se quebra em um milhão de pedacinhos e isso ainda não é tudo. As páginas finais nos reservam uma reviravolta tensa em que a protagonista terá que estar à frente de decisões seríssimas em que não poderá contar com a presença da melhor amiga ou da família para fazer o que acredita ser o certo, o que está alinhado com um evento que mobilizou o mundo e colocou os Estados Unidos no foco de todas as notícias mundiais.

Esse misto de história real com ficção me envolveu demais e adorei a forma como a autora colocou o casal dentro da realidade e nos fez torcer o tempo inteiro para que eles tivessem uma segunda chance, dessa vez definitiva. 


O livro é romântico, delicado, sensível e extremamente respeitoso. Anikka está longe de ser uma mulher comum e isso a torna mais que especial. Ao mesmo tempo que queremos protegê-la, queremos que ela assuma as rédeas da sua vida, mostre que é independente e possa viver o amor da sua vida de forma saudável e sem culpa.

Sem dúvida foi um dos melhores romances que li nos últimos tempos e ainda que o final não seja totalmente conclusivo, me reservo acreditar que foi um final bem desenvolvido, crível e feliz, a característica principal para uma boa história de amor.

Amei demais!!!


Um pouco sobre a autora:
Tracey Garvis Graves é uma escritora americana que também se diverte escrevendo em seu blog pessoal sobre a cultura pop dos Estados Unidos. Vive com o marido e os filhos no Iowa. Seus livros publicados no Brasil são:
  • Na Ilha
  • Sem Lógica Para o Amor

6 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Você me deixou com o coração apertado agora. O que será que os separou a ponto de partir seu coração? E que realidade é essa que a autora colocou na vida dos personagens? Acho que ficarei emocionada com essa história. Dica mais do que anotada. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  2. Oi! Parece ser um romance muito bom, mesmo sendo triste assim... Gosto de livros assim, apesar de não ter lido tantos ultimamente

    Sil
    blog kzmirobooks.com • Siga no Instagram: @kzmirobooks

    ResponderExcluir
  3. Oi!!

    Parece ser uma leitura muito boa, eu adoro livros assim, mesmo tendo essa coisa meio triste. Principalmente porque envolve xadrez e eu gosto muito de livros com mais de uma linha narrativa, sempre são livros dificeis de largar! Adorei saber tua opinião, ficou incrivel!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem ?
    Achei bem inteligente e diferente este ponto de misturar historia real e ficção e a forma de nos prender até o final da trama.
    Adoro romances e anotei a dica para uma leitura futura.
    Essa coisa de precisar decidir sozinha como seguir, é triste, mas infelizmente, muitas vezes é a realidade da nossa vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. A sua resenha só trouxe coisas novas para mim já que não conhecia o livro, a autora e até mesmo a editora. Mesmo não sendo fã de romances, acabo lendo quando quero descansar a mente e esse parece ser o livro certo para meu próximo descanso haha Adorei a premissa e sua resenha está incrível!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Lendo sua resenha deu para ter uma ideia da trama, parece que a personagem tem muitos desafios a passar e reconhece que tem algum problema, as vezes sem solução, fico imaginando sua força de vontade mesmo com pessoas a sua volta a protegendo, sente que precisa resolver e isso deve ser um grande desafio para ela. Fiquei intrigada com o enredo e com certeza irei ler, obrigado pela dica, parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir