24.2.21

Séries do meu coração #51 Upload




Oi gente que ama livros, hoje venho com mais um post da coluna Séries do Meu Coração e compartilharei com vocês meu amor por mais uma série apaixonante.

A série do mês é Upload.

Estrelada por Robbie Amell  e Andy Allo, a série se passa em 2033, quando a realidade virtual e a inteligência artificial dominam a rotina dos seres humanos. Neste cenário, cientistas desenvolveram o “upload”, tecnologia que digitaliza e transporta a consciência das pessoas para “pós-vidas” digitais paradisíacas, vendidas por gigantes da telecomunicação.

A serie nos conta como Nathan, um jovem programador que tem seu upload feito após sofrer um acidente suspeito em um carro dirigido por Inteligência Artificial. Ao ser transferido para o caro paraíso Lakeview, ele começa a perceber que essa pós-vida não é tão perfeita quanto anunciada.

A primeira temporada aborda diferentes histórias, a que eu mais gostei foi a do encontro de Nathan com Nora. Ela é a profissional que receberá Nathan na sua vida pós-morte. Receberá seus arquivos de memória, o orientará nessa nova realidade e ele passa a chamá-la de anjo. Mesmo ela viva e ele morto, os dois se aproximam.

A série trará também a misteriosa morte de Nathan, abordará intensamente o capitalismo envolto nessa tecnologia e o quanto a diferença de classes se dá também na morte, quando o sistema não tem dó de explorar a dor alheia.


Mesmo com temas relativamente sérios, a série e leve e engraçada. Ainda que nos emocione em uma cena ou outra, o foco é fazer o espectador dar risada, o que aconteceu comigo, pois gargalhei em muitos episódios.


O ator que interpreta o protagonista transforma Nathan em um personagem interessante e carismático, sua dificuldade em se adaptar à nova “vida” o aproxima do público. Do outro lado do upload, a atriz que dá vida a Nora imprime as mesmas qualidades, por quem o espectador torce desde sua primeira interação com Nathan.


Embora inconstante, o mundo de Upload também é interessante o bastante para manter o público curioso. Assim como qualquer outro ambiente digital, os paraísos da série estão sujeitos a anúncios, bugs e atualizações que criam situações divertidas, apesar de serem relativamente previsíveis.

A série termina com um gancho forte para a segunda temporada que já foi confirmada pela Amazon Prime Video, plataforma que produziu e distribui a produção.

Eu gostei demais.

Trailer:

5 comentários:

  1. oi, tudo bem por aí?

    confesso que não assisti a essa série ainda, mas adorei a premissa dela e as suas considerações sobre... fiquei bem curioso principalmente por abordar um futuro em que a realidade virtual está presente fortemente.

    abraços!
    www.juristageek.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem ?
    A parte ruim dessa série, é que ela acaba. Eu achei que a Amazon traria logo a segunda temporada dela, mas eu meio que já desisti de esperar. Eu achei a idéia da série muito interessante e criativa.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Já ouvi falarem muito dessa série, mas ainda não assisti, estou curiosa depois de assistir esse trailer, gosto muito de filmes futuristas que me prende e me leva a imaginar estar vivendo na mesma realidade. Obrigado pela dica, parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Já ouvi falar da série por conta do ator principal, mas confesso que só foi agora que a conheci melhor. Com isso, fique hiper curiosa. Tem muito tempo que não assisto séries ocidentais, mas essa parece ser do estilo que gosto. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivy, tudo bem?
    Eu estou ficando doida ou essa série tem muita semelhança com "The Good Place"? Considerando o contexto em que o Nathan morre e é "uploadado", é bem parecido. Por isso eu achei interessante a proposta da série. Como eu tenho Prime, sem dúvida vai entrar para a minha lista, que eu ainda preciso começar a fazer.
    Um beijo de fogo e gelo da Lady Trotsky...
    http://wwww.osvampirosportenhos.com.br

    ResponderExcluir