26.4.19

A Cinco Passos de Você (Rachael Lippincott, Mikki Daughtry e Tobias Iaconis)

FICHA TÉCNICA
Nome original: Five Feet Apart
Autores: Rachael Lippincott, Mikki Daughtry e Tobias Iaconis
Tradução: 
País de origem: Estados Unidos
Número de páginas: 288
Ano de Lançamento: 2019
ISBN-13: 9788525067425
Editora: GloboAlt

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 25º livro lido em 2019 e foi A Cinco Passos de Você (Rachael Lippincott, Mikki Daughtry e Tobias Iaconis). A Kelly estava muito animada para assistir ao filme, queria ler o livro antes e então decidimos que leriamos juntas. Além do livro, também fomos conferir a adaptação cinematográfica juntas e você pode conferir a resenha do filme AQUI.

O livro nos traz a história de Stella e Will, dois jovens com Fibrose Cística, uma doença pulmonar que condena a pessoa a um tempo de vida curto, sobrevivendo com muita medicação e terapias complicadas. Stella passou grande parte da sua vida entrando e saindo dos hospitais, atualmente está na fila para o transplante de pulmão e tenta passar pela doença de forma animada. Ela compartilha  sua vida em um canal no Youtube e quando o livro começa, ela está internada outra vez para tratar uma infecção de garganta. Nesta internação ela conhece o Will, que está na mesma ala hospitalar e com a mesma doença, mas perdeu seu lugar na fila de transplantes por ter contraído uma bactéria. 

A princípio Stella e Will não se dão muito bem, mas logo começam uma amizade que acaba se transformando em paixão. A questão é que Stella tem que ficar a um metro de distância de Will para não contrair a bactéria que ele tem e consequentemente sair da fila de transplante. E assim, sem se tocar, sem nem ao mesmo se aproximar, eles vivem essa paixão.

Stella tem um melhor amigo que também enfrenta a mesma enfermidade que é o Poe, um garoto latino que teve a sua família deportada e está sob custódia pública para poder se tratar. Poe é um melhor amigo exemplar e grande parte do alívio cômico do livro se dá nas vezes que ele parece. A parte triste do livro também se dá com ele, o que nos faz entender a importância do personagem dentro do enredo. 

A história traz detalhes da doença de forma quase didática. Os vídeos que Stella produz para o youtube nos trazem detalhes do tratamento e isso é inserido na narrativa de forma orgânica e flui naturalmente entre os parágrafos. A relação familiar de Stella também é bem desenvolvida no enredo e entendemos porque ela tem tanto apego à vida e quer levar seu tratamento de forma séria.

É uma história triste que mesmo tempo te arranca uma outra risada, mas ao longo da leitura, sabemos que eles não poderão ficar juntos e isso angustia porque torcemos por algo que é impossível acontecer.

O livro foi inspirado em uma garota que tinha Fibrose Cística e era youtuber. Infelizmente ela faleceu, mas conta-se que seu canal ajudou e orientou muitas famílias que passavam pela mesma problemática.

Enfim, é um livro gostoso de ler, com uma linguagem bem tranquila e simples. É fácil se afeiçoar aos personagens e desejar que eles vençam toda essa dificuldade. Existem partes muito intensas e tristes, mas de um modo geral, é uma leitura que me satisfez bastante.

Eu gostei bastante.


Um pouco sobre os autores: 
Rachael Lippincott nasceu na Filadélfia e cresceu no condado de Bucks, na Pensilvânia. Ela é bacharel em escrita inglesa pela Universidade de Pittsburgh. Atualmente vive lá, dividindo seu tempo entre escrever e dirigir um caminhão de comida com seu parceiro.
Mikki Daughtry é de Atlanta, Georgia. Ela se formou na Universidade de Brenau, onde estudou artes teatrais. É roteirista e vive em Los Angeles.
Tobias Iaconis nasceu na Alemanha, filho de pai americano e mãe alemã. Ele estudou literatura inglesa no Haverford College, na Filadélfia e trabalha como roteirista em Los Angeles, onde vive com sua esposa e filho.

5 comentários:

  1. Só em ler a resenha já fiquei triste. :( Me lembrou bastante o livro A Culpa é das Estrelas, inclusive pela questão da amizade entre os três personagens e por sabermos que o casal não conseguirá ficar junto. Não sei se estou num momento para ler uma história como essa, mas no futuro pretendo arriscar a leitura mesmo sabendo que vou ficar em prantos.

    É tão triste existirem tantas doenças terríveis neste mundo que roubam os sonhos e as vidas das pessoas. Eu perdi a minha avó para o câncer, já faz mais de dezessete anos, mas é impossível esquecer toda a dor e a saudade.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro deve ser a emoção a flor da pele. Seu enredo deve ser intenso e emocionante, o que me deixa muito curioso para saber da história na íntegra.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ivi,
    Queria ter lido o livro antes de ver o filme, mas acabei assistindo o filme em uma pré-estreia. Gostei mais do filme (4 estrelas) do que do livro (3 estrelas), mesmo achando que os dois se completam muito bem. Há algumas diferenças entre eles, principalmente no final. Indico para quem também gostou de A Culpa é das Estrelas.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem ?
    Eu comprei o filme ontem para assistir e não li a obra ainda, de forma que não me aprofundei na resenha para não pegar spoilers, pois eu ainda não sei do que se trata, meu filho que estava pedindo muito para ver.
    Prometo que após assistir, volto para deixar minhas impressões sobre a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá tudo bem eu comprei o livro pra minha filha mais o gato rasgou a primeira capa tem como vc me vender só a capa não posso comprar outro livro mais ela está muito triste ela colecionar livros e não deixa migué pegar nós livros dela foi o assistente por favor me ajuda

    ResponderExcluir