25.3.19

Filme da Vez #92 A Cinco Passos de Você

FICHA TÉCNICA:
Título Original: Five Feet Apart
Ano de Produção: 2019
Lançamento no Brasil:  21 de Março de 2019
Duração: 117 minutos  
Gênero:  Romance, Drama
País de Origem: Estados Unidos
Classificação Etária: 12 anos
Direção: Justin Baldoni
Elenco: Cole Sprouse, Haley Lu Richardson, Moises Arias, Claire Forlani, Parminder Nagra, Kimberly Hebert Gregory
Distribuidora: Paris Filmes
Sinopse: Dois pacientes com fibrose cística se apaixonam, apesar das regras do hospital afirmarem que eles devem manter 1,5 metros de distância entre si.
Estava muito empolgada para ver esse filme porque gostei do trailer (o que me fez ler o livro logo que eu soube que era uma adaptação) e também porque seria o primeiro filme que eu e a Ivi veríamos juntas no cinema. Estava bem curiosa também por ter ouvido falar que o final do filme seria diferente, o que realmente se confirmou.


Stella é uma adolescente que tem uma doença pulmonar chamada fibrose cística e passa grande parte de sua vida em um hospital, local onde conhece seu melhor amigo, Poe. Em sua mais recente internação, Stella reencontra Poe e conhece Will, um adolescente com a mesma doença que ela, que se recusa a seguir o tratamento.

Apesar das complicações pela doença, Stella tenta manter sua rotina mesmo no hospital: monta lista de afazeres e é responsável pela programação de um aplicativo que avisa o horário das medicações ou colocação dos aparelhos do tratamento. Conversa com o amigo Poe por mensagens, chamadas de vídeo ou pessoalmente, respeitando a regra dos seis passos de distância entre os dois para evitar infecções.


Além da fibrose cística, Will apresenta uma bactéria chamada B. Cepacia, que elimina suas possibilidades de transplante pulmonar. Apesar da rebeldia dele, Stella se preocupa, se sente atraída por ele e se propõe a ajudá-lo no tratamento, o que faz com que os dois se envolvam, mesmo com a regra dos seis passos válida sempre válida, até que Stella sugere que fiquem apenas a cinco passos de distância, medidos por um taco. As atitudes dele para que Stella não se sinta triste pela ausência da irmã Abby são lindas e emocionantes!

Uma personagem especial é Barb (Kimberly Hebert Gregory), a enfermeira responsável pelo tratamento deles. Ao mesmo tempo em que é rígida e exigente para que cumpram o tratamento de forma correta, também é amiga e inclusive ajuda Will em determinadas situações com Stella. Os pais de Stella e a mãe de Will também são importantes e demonstram toda a agonia e o sofrimento ao acompanharem os filhos com uma doença complicada como a fibrose cística.  


Há trechos divertidos e alguns bem dramáticos entre Stella e Poe ou entre ela e Will pela impossibilidade da aproximação e do toque, as cenas do aniversário de Will são comoventes e demonstram amor e amizade.

O filme é bem fiel ao livro, mas senti falta de fatos relevantes como a conversa de Barb com os pais de Stella ou a situação dos pais (colombianos) de Poe, além dos fatos descritos no epílogo do livro, que gerariam ainda mais curiosidade no público. Ainda assim, eu gostei muito e fiquei comovida em várias cenas!

Recomendo para quem goste de romances dramáticos, no estilo de “A culpa é das Estrelas”, ressaltando que o final pode ser surpreendente! 

Trailer:

Nenhum comentário:

Postar um comentário