17

Antes de Partir (Colleen Oakley)

Ficha Técnica:
Nome Original: Before I Go
Autora: Colleen Oakley 
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Valéria Lamim
Número de Páginas: 320
Ano de Lançamento: 2016
ISBN 978-85-286-2083-2
Editora: Bertrand Brasil

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 29º livro lido em 2017 e foi Antes de Partir (Colleen Oakley). A capa deste livro me conquistou de primeira, porém, como eu vi que se tratava de um enredo triste, esperei o momento certo para ler. E o momento chegou.

O livro nos traz a Daisy, uma mulher de 27 anos, casada com Jack. O livro começa com Daisy e Jack comemorando os três anos da cura de um câncer que Daisy teve, porém, nos exames periódicos, ela descobre que está doente novamente e desta vez, sem qualquer chance de cura. A tristeza avassala o jovem casal, e enquanto Daisy se submete ao tratamento paliativo, ela se preocupa intensamente em como Jack ficará após sua morte e focada nisso, decide que irá encontrar uma esposa para substituí-la quando ela morrer.

O livro então irá se desenvolver em Daisy pesquisar mulheres que possam atender as necessidades do marido, claro, sem ele nem desconfiar. Com a ajuda da sua melhor amiga Kaleigh, ela fica obcecada com esta sua última missão, porém, isso acaba afastando ela de Jack e, Daisy tem que lidar com a eminência da morte e com a possibilidade de Jack deixar de amá-la, ainda viva.

O livro é melancólico e em várias partes eu me emocionei intensamente. Todo narrado em primeira pessoa, sob a perspectiva da Daisy, conhecemos toda a sua história de vida. Sua infância, quando perdeu o pai em um acidente. Crescer com o luto que a mãe manteve pelo pai por muito tempo e como ela e Jack se conheceram e se apaixonaram. Conhecemos também todas as aspirações que ela tinha para o futuro e a cada página, mais íntimo ficamos dela e mais sofremos por saber que ela morrerá.

A escrita da autora é fluida é rápida. Entramos na mente de Daisy e até as sensações que ela tem, como falta de ar e ataques de pânico pontuais, é passado com tanta verossimilhança, que me foi impossível não sentir e torcer para que Daisy sobrevivesse.

Eu amo livros dramáticos e o clichê de doenças terminais, sempre me envolve muito, então, era um pouco previsível que eu viesse gostar, mas sinceramente, não estava pronta para a forma como esse livro me dilacerou. Fazia um tempo que eu não chorava tanto com uma narrativa assim e ao final do livro, me debulhei em lágrimas e soluços.

Foi uma história bem desenvolvida, sem pontas soltas e com uma forma de ser contada que fez com que eu me sentisse a melhor amiga da Daisy. Ela é tão humana que a vi nas minhas irmãs e amigas e demais mulheres que fazem parte do meu dia a dia. Jack é um marido carinhoso, presente, preocupado, mas mais que isso, ele é o melhor amigo e dá para entender a preocupação que Daisy sente ao saber que ele ficará só. Kaleigh é uma amiga avoada, inconsequente e às vezes, inconveniente, mas ainda assim, maravilhosa. A mãe de Daisy é um pouco subestimada dentro da trama, mas também, bem desenvolvida.

Enfim, foi um livro que me fez sentir, refletir, chorar e ao final da leitura, eu estava acabada. Apesar de toda a melancolia, gosto quando um livro faz isso, quando me arranca lágrimas e faz com que eu veja o mundo de uma forma mais dolorida e com certeza, foi o que este livro fez.

Para quem gosta de drama, o livro tem todos os elementos do gênero. É bem escrito, forte, bonito e com uma linda mensagem sobre amor, família e vínculos eternos.

Eu amei demais.


Um pouco sobre a autora: Colleen Oakley é jornalista com artigos e ensaios publicados em jornais e revistas como ¬e New York Times, Women’s Health e Marie Claire. Vive em Atlanta com seu marido, dois filhos e um enorme vira-lata chamado Bailey. Gosta de escrever, ler e beber tequila. Não necessariamente nesta ordem. Antes de Partir é o seu único livro publicado no Brasil.

Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Ola
    Eu também já fiz essa leitura e confesso que gostei bastante, apesar de achar a premissa bem ousada e que requer algumas discussões. É emocionante demais, isso não há dúvida, e possui um ótimo desenvolvimento. Também amo livros dramáticos, mas em nenhum momento me coloquei no lugar da personagem, não consegui :|
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Ivi, pelo tempo que te acompanho vejo que você realmente gosta de drama, romance e chick-lit, estou pegando ótimas indicações com você e fico muito feliz com isso. Eu não conhecia essa obra e ela já foi parar na minha lista de desejados graças a você kkkkk. Farei a leitura dela assim que eu estiver com tempo, pois gosto de absorver o máximo de histórias como essa! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Oi. :)
    Li uma resenha sobre esse livro num blog, e continuo com a mesma opinião.
    Não leria! Não lido muito bem com estórias tristes, então evito mesmo qualquer um.
    Pra mim tem que ter final feliz, não importa se o casal passou a estória inteira separado, no final tem que terminar junto rs.
    Adorei a resenha, mas não é leitura pra mim.
    Blog As Meninas Que Leem Livros.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oie!

    Eu amo livros dramáticos , esse já está na minha lista mas a sua resenha me fez querer ele mais ainda!

    Eu amo chorar lendo! amo!! Você já leu Raio de Sol?? É maravilhoso também! super indico!

    Beijos
    Jess
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu gosto de um bom drama, e esse eu ainda não conferi!
    Nossa, não acredito que ainda não conferi esse livro, acredito que vou gostar bastante dessa história. Uma ótima dica, adorei!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi,
    Eu sou encantada por essa capa. Na verdade amo as arts gráficas do tipo. Esse livro já esteve na minha lista, mas saiu com o tempo, no final, parecia que não iria me encantar tanto assim, mas aí, sou do tipo que ama um drama clichê e amo soltar lágrimas, e pela maneira que você expôs, veio aquela vontade de querer conferir novamente. Espero que dessa vez a leitura saia. Obrigada pela sua. Opinião.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ivi

    Essa capa é maravilhosa mesmo, quando eu bati o olho nela me interessei na época do lançamento, mas aí li a sinopse... as resenhas começaram a sair... e desisti, porque esse lance dela procurar mulher pro marido foi demais pra mim, foge da realidade.
    Mas que bom que você gostou e se emocionou tanto, às vezes é bom ler algo que nos toca tanto assim! <3

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro um bom drama! Mas tenho vivido algumas coisas tristes então ler um livro com uma carga emocional tão forte assim, para esse momento da minha vida, é um pouco inviável (não quero entrar em depressão rsrsrs). Sou muito empático, e certamente esse enredo iria/irá acabar com minhas glândulas lacrimais, imaginar toda dor e confusão que se passa na cabeça da Daisy ao se ver perdendo sua vida e seu marido.... Nossa , muita barra mesmo. Espero que em um outro momento eu possa lê-lo. Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Essa capa também me conquistou de primeira e eu gosto de enredos tristes, por isso fiquei animada com a sua resenha e achei bacana essa ideia da personagem procurar mulheres para substituí-la. Bom, pelos seus comentários deu para notar que é um livro muito bem construído e emocionante mesmo, então vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Essa capa é mesmo muito linda <3
    Eu não leria, porque drama não é meu gênero e eu iria acabar afogada em lágrimas. É muito, muito, muito triste. A protagonista sabe que vai morrer, está tentando arranjar uma esposa para o marido e ele, sem saber de nada, acaba se distanciando. Eu fiquei na bad só de ler sua resenha, imagina lendo o livro? Não dá.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá Ivi, tudo bem?
    Faz tempo que estou com esse livro na minha lista de desejados, porém, como você disse, eu estou aguardando o momento certo desde que descobri que era um livro triste.
    Deve ser uma leitura muito intensa e dolorosa, ainda mais porque o livro é narrado pela protagonista. Então, vou deixar para mais para frente, porque sei que vou me acabar de chorar.
    De qualquer forma, adorei sua resenha e fico feliz de saber que o livro atendeu às suas expectativas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie! Tudo bem?

    Já li uma outra resenha sobre esse livro num outro blog, mas ele não me chamou a atenção, tanto quanto eu gostaria! Tem uma proposta muito boa, mas não sei se realizaria a leitura dele por agora, mas irei deixar o nome anotado, quem sabe futuramente eu o leia!

    Bjss

    ResponderExcluir
  13. Olá Ivi,
    Esse livro é repleto de sentimentos, hein?
    Estou com ele em casa para ler e tenho a impressão que vou adorar a leitura, como você parece ter gostado.
    Fiquei contente por saber que esse livro te agradou tanto assim, te fez pensar, sentir, enfim.
    Ele me lembra, um pouco, Cinco Dias por sua carga dramática.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ivi!
    Ai esse parece ser um daqueles livros que acabam com a gente durante a leitura D: Não curto muito sick lit porque não gosto de ficar soluçando de chorar, mas pelo o que você contou na resenha, essa história deve envolver muito o leitor e isso sempre é maravilhoso! Bjus!

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bem? Já tinha lido outras resenhas e sempre vejo as pessoas comentando que é um livro bem emocionante. Eu mesma tenho vontade de fazer a leitura para entender porque a Daisy faz isso, eu particularmente acho macabro demais procurar alguém pra "ficar no lugar dela". Vale a pena tentar entender né?? Bjossssss

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  16. Oi.

    Estou com o digital deste livro comigo, mas ainda não consegui ter tempo para ler. Já li um outro livro da autora e amei, por isso, tenho muita vontade de ler este livro e torço para que goste dele também. Vou tentar reservar um tempinho para ler logo o livro.

    ResponderExcluir
  17. Oi oi querida,
    Que pena que li sua resenha tarde demais. Recentemente li uma resenha que estragou minha alegria para ler alguns livros do gênero. Fico muito feliz que tenha gostado do livro, anotei a dica porque gosto de alguns dramas e quem sabe eu não leia futuramente.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014