0

Prometida (Carina Rissi)

Ficha Técnica:
Nome Original: Prometida
Autor: Carina Rissi
País de Origem: Brasil
Número de Páginas: 474
Ano de Lançamento: 2015
ISBN: 978-85-7686-460-8
Editora: Verus
SKOOB | GOODREADS

Antes de qualquer informação, devo ressaltar que o texto possui spoiler sobre a série Perdida.

Como gostei da série (especialmente do livro Destinado, sob o ponto de vista de Ian Clarke) não poderia deixar de conferir o quarto livro, que conta a história de Elisa Clarke, irmã dele. A narração é alternada, há capítulos em terceira pessoa e outros diretamente narrados pela protagonista, que sente que sua vida está estagnada, deseja encontrar propósito de vida e deixar sua própria marca no mundo.
“Meus dedos voavam pelas oitavas, buscando as claves certas. Conforme as encontrava, a música foi se desenhando sob meus dedos. Ela me envolveu como um abraço etéreo e confortável onde eu me permiti repousar até sentir que me dissolvia, me fundia às notas, me tornava parte da melodia. Não tenho certeza se a reproduzia à perfeição, mas não importava. Ela tocava meu coração, falava com minha alma. É disso que a música é feita”. – página 287.
A história começa em 1835 na preparação de uma festa de aniversário. Sofia (protagonista do primeiro livro da série) já marca presença logo nas primeiras páginas, tentando conter as travessuras das filhas, que são profundamente amadas e defendidas pela tia Elisa. Há alguns trechos relatando a vida de Ian e Sofia, o que ajuda a contextualizar quem ainda não leu a série.

Elisa é forte e determinada, demonstra amor em todas as atitudes, mesmo que possa ser prejudicada. Ela está noiva de Lucas, médico dedicado e bem-sucedido, obstinado em descobrir a cura de algumas doenças pela memória da irmã Rebeca, que morreu de tifo. Lucas retornou da Itália, onde esteve durante alguns anos para estudar e comprovar algumas pesquisas médicas. O relacionamento deles é complicado: segredos, mentiras, omissões e mal-entendidos afetam a vida do casal. Lucas insiste para que Elisa confie nele contando o que ocorreu no período em que estiveram separados, mas um motivo importante faz com que ela não possa revelar a verdade sobre alguns fatos. As idas e vindas no relacionamento entre Sofia e Lucas são extensas e cansativas, mesmo que o final seja bem previsível.
“Creio que o amor seja feito disso: liberdade. Todos os dias ter diante de si inúmeras alternativas, mas acabar fazendo sempre a mesma escolha”. – página 405.
Uma personagem secundária (Adelaide, mãe de uma amiga de Elisa) ganha importância pela morte repentina, o que gera suspeitas. A investigação sobre a morte de Adelaide me surpreendeu e gerou destaque para outro personagem totalmente secundário que rende vários momentos de suspense e tensão para o casal protagonista.

O personagem que mais me comoveu foi Samuel, com o qual são abordados temas como agressão, abuso infantil, dificuldades de aprendizado e novas formas de aprender. Em diversos momentos me vi torcendo para que o garoto conseguisse realizar as tarefas propostas por Elisa. Achei também interessante a autora mencionar em uma nota alguns pesquisadores que contribuíram para a prevenção e cura de doenças, destacando Louis Pasteur, em quem se inspirou para as pesquisas efetuadas por Lucas.
“A inteligência não se mede pela rapidez com que se aprende, mas pela astúcia em driblar as dificuldades do aprendizado. Ou na maneira de encontrar novas formas de ensinar”. – página 317.
O livro ressalta a importância da lealdade, honestidade, perdão e amor à família durante toda a história. Ainda que as atitudes de Elisa e Lucas sejam infantis e cansativas em diversos momentos, gostei de acompanhar a família Clarke na nova fase (Ian sempre fofo e protetor, muito amor envolvido), mas não vejo mais argumentos para a história caso a série tenha realmente continuação.
“A base de qualquer relacionamento é a confiança. Não se pode amar pela metade, da mesma maneira que não se pode confiar pela metade”. – página 363.


Um pouco sobre a autora: Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Quando se desgruda dos livros — tanto dos que lê quanto dos que escreve —, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião. Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. Seus livros publicados são:
- Perdida
- Encontrada
- Destinado
- Prometida
- No Mundo da Luna
- Procura-se um Marido
- Mentira Perfeita
- O Livro dos Vilões

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014