21

Milf (Erin Noelle)

FICHA TÉCNICA
Nome original: Milf
Autora:  Erin Noelle
País de origem: Estados Unidos
Número de páginas: 241
Ano de Lançamento: 2015
SBN-13: 9781507671481
Editora: Kindle

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 26º livro lido em 2016 e foi MILF (Erin Noelle). Vi a indicação deste livro em um grupo literário e me interessei pela história.

O livro nos traz a Mia, uma mulher que engravidou ainda no ensino médio e se casou com seu primeiro namorado em função desta gravidez. Durante toda a sua vida, se dedicou intensamente ao marido e ao filho Adam, e deixou de lado seus próprios interesses e desejos. Porém, depois de 20 anos de casamento, o marido pede o divórcio porque está apaixonado por outra mulher, a Celeste que é a mãe do melhor amigo do filho de Mia. Adam e Gray são muito próximos e ambos se sentem extremamente constrangidos quando descobrem que seus pais estão envolvidos. O pai de Adam acaba se casando com Celeste e como Gray não aprova a união dos dois, após uma briga, ele acaba se mudando para a casa de Mia e Adam.

Mia e Gray se sentem atraídos quase que automaticamente. Mia viu Gray crescer, porém o último ano ele havia passado na Espanha e quando retorna para o casamento da mãe, Mia percebe o quanto ele amadureceu e como ficou ainda mais bonito. Gray também se sente enlouquecido por Mia, que após o divórcio, decidiu se cuidar mais e encarar a vida com mais altivez.

O livro então irá se desenvolver no romance proibido entre Mia e Gray. Eles escondem de Adam o envolvimento deles e aproveitam que ele irá para o outro lado do país para um estágio e vivem como se estivessem em uma quente e sensual lua de mel.

Eu achei a premissa do livro interessante pelo fio condutor que era a mulher mais velha se apaixonando e sendo amada por um homem bem mais novo. Acho o tema relevante e pertinente aos dias de hoje, porém o livro é bem superficial. Com muitas cenas eróticas e algumas delas, bem cansativas, o livro explora muito a química do casal que é bem descrita e intensa, porém com uma linguagem vulgar e repetitiva. O sentimento entre eles vai amadurecendo ao longo da narrativa, mas isso se dá basicamente em função da interação física que eles estabelecem e ainda que você termine o livro acreditando realmente que existe amor entre os dois, não dá pra não negar que não é essa intenção da autora. Senti também em vários pontos da narrativa, um sutil toque de machismo e isso me incomodou bastante. 

A propósito, o nome estranho do livro, MILF, é uma sigla, M.I.L.F. que quando é explicado dentro da narrativa, senti vontade de abandonar o livro na hora. Não vou explicar aqui porque seria um spoiler, mas sério, achei grosseira e desnecessária.

Com um final desesperadamente rápido e inconsistente em vários aspectos, o livro se conclui de forma clichê e previsível. É uma história sem surpresas, com reviravoltas bem manjadas e aquele tipo de romance que você lê o primeiro parágrafo e já sabe como a história se encerrará. 

Para quem curte o gênero erótico, é um livro com muitas cenas sensuais e talvez isso agrade o apreciador do estilo, porem falta história e conteúdo para embasar a trama. É uma leitura rápida e fluida. A escrita da autora é simples e não agrega muito ao leitor, mas pode funcionar bem se for usada como um entretenimento, sem grandes aprofundamentos e reflexões.

Para quem gosta de literatura erótica e não espera muito da história do casal principal, talvez seja uma boa leitura. Para mim particularmente, foi um livro que eu acho que daqui a uma semana, não lembrarei nem dos nomes dos personagens.

Não curti.


Um pouco sobre a autora: Erin Noelle nasceu no Texas, Estados Unidos, onde ela vive com o marido e suas duas filhas. Ao ganhar a sua licenciatura em História, ela descobriu seu amor pela leitura que foi estimulada pela primeira vez por sua avó quando ela era criança. Ela é  uma amante de felizes para sempre e históricas românticas e de tanto ler, começou a escrever romances também, atingindo números impressionantes na Amazon. No Brasil ainda não temos nenhum de seus livros publicados.
Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. Oi, Ivi!
    Só pelo título do livro, eu já sabia que muita coisa boa não viria.
    Achei super nada a ver explicar o significado da frase dentro do livro. Poderia rolar uma nota do autor, sei lá...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  2. Oi Ivi, tudo bem?
    Eu até gosto do gênero, mas leio muito pouco sobre, porque a gente sempre acaba se decepcionando mais, infelizmente. Esse não me agradou nem um pouco, ainda mais depois que li seus comentários. Acho que dispensaria essa leitura.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Olha Ivi, confesso que só vou querer ler o livro pra descobrir o que essa tal sigla significa kkkk Não gostei da falta de aprofundamento que você citou e muito menos do toque machista, por menor que ele possa ser... Gostei muito da sua resenha, foi esclarecedora :)

    Bjus
    livrosimaginarios.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Ivi! Eu nao curto livros eróticos, acho muito desnecessário ficar descrevendo cenas quentes all the time. Acabei lendo um no ano passado pq a história me interessou, O Lado Feio do Amor. Mas pelo que você falou na resenha, creio que não iria gostar desse. Bjos
    Isabela
    www.sigolendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiiê
    Ossa, quem enredo bem louco meu rsrs. Nunca tinha lido resenhas que trouxesse algo parecido com isso, essa tecla de falar de gravidez no tempo de escola. Agora o fato que me deixou mais abalado foi ela se apaixonar pelo amigo do filho dela rsrs. Bem interesante. Já o título me bateu uma bega curiosidade para saber o significado da sigla, já que vc achou desnecesario e eu aqui fiquei só na curiosidade kkk. Espero poder ler em breve
    Bjks

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu tenho certo distanciamento com livros eróticos justamente por causa disso. Vejo várias resenhas falando que a história por trás das cenas sensuais é muito superficial. E eu gosto muito de dramas, é meu gênero favorito, então a construção da história se não for boa não me conquista. Ainda não encontrei nenhum livro do gênero que pudesse me interessar.
    Adorei a sinceridade da sua resenha, achei engraçado a parte de não lembrar os nomes daqui a uma semana rsrs

    ResponderExcluir
  7. Conseguiu me deixar super curiosa com o significado do titulo do livro!!!!
    Gosto de livros eróticos, é um bom entretenimento, mas acho que esse em particular eu não leria, por envolver traição. Não me sinto a vontade com esses temas.

    ResponderExcluir
  8. Amiga olha eu não sou chegada em livros eróticos, mas quando tem toda uma estória por trás eu até me arrisco em fazer a leitura e lendo a sua resenha acabei ficando bastante interessada por conta dos personagens. Eu acho que deve ser bem envolvente essa estória, principalmente porque a personagem Mia é largada e depois acaba se apaixonando pelo cara que vai morar na casa dela. Eu achei isso intenso. Queria saber o que acontecerá rs

    Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro
    mas adorei. Espero poder gostar =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/04/resumo-do-mes-de-marco.html

    ResponderExcluir
  9. Oi Ivi, tudo bem?
    Só de você falar do gênero deste livro, já não me agradou. Ainda mais quando deixa explícito que há evidências do machismo no livro, algo que eu detesto muito, afinal, não faz sentido uma feminista como eu ler algo que diminui as mulheres.
    Fiquei curiosa sobre o que significa M.I.L.F, mas não o suficiente para ler e descobrir, haha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, não conhecia o livro ou a autora, mas achei a premissa bem interessante. O fato de Mia sentir atração pelo Gray, menino que ela viu crescer junto com o filho dela, me deixou curiosa, e a primeiro momento esse romance pode parecer proibido, pois a situação é delicada e nos faz pensar, mas acho que mesmo assim, eles devem viver esse amor, porque os dois estão vivos e não estão fazendo mal a ninguém. Ótima resenha, fiquei muito curiosa para saber do desenrolar da historia.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Helloo, Ivi! Tudo numa nice?!
    Ah, eu não curto livros eróticos por causa da previsibilidades que se desenrola nesse tipo de estória e justamente por causa das cenas (desnecessárias, para mim). Eu fujo de livros com esse tipo de capa, não me agrada na verdade.
    E fica evidente que você não gostou e tudo que ressaltou na resenha, não tem história aprofundada, ser vulgar e o casal só se ligar no físico, me faz passar longe. Eu vivo numa vibe mais de fantasia, sabe?!
    Anyway, ótima resenha sincera. Parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Olá Ivi,
    O gênero já não ame atrai em nada e esse livro me atraiu menos ainda. Não gostei de saber que você não curtiu o significado de MILF, também não gostei de saber que o livro é previsível.
    O livro me pareceu raso e insuficiente.
    Enfim, não pretendo ler. Mas, parabéns pela resenha e sinceridade.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Ivi, eu curto livros eróticos sim e realmente, à princípio a premissa desse livro é bem interessante pelo fato dela ser mais velha e tal. Agora eu não curto livros hot sem conteúdo, só cenas sensuais me deixam irritada e fica uma mesmice que só, acabo pulando todas para ver o restante da história. Fiquei curiosa para saber o que significa MILF, se você quase abandonou o livor por achar uma grosseria, deve ser coisa pesada mesmo e fiquei extremamente curiosa (mesmo)

    ResponderExcluir
  14. Ivi, amo seu jeito de resenhar. Já comentei com você que damos destaque a temas semelhantes e, enquanto lia sua opinião, fui me interessando pelo enredo do livro pelo mesmo motivo que você o buscou. O romance proibido entre uma mulher mais velha e um rapaz mais jovem, com aquele "quê" mais complexo por se tratar de um rapaz que ela própria viu crescer. Uau. Mas me decepcionei ao saber que a autora não desenvolveu os sentimentos mais do que a atração física entre os dois. Hmmm... quando você comentou sobre o machismo, já elaborei hipóteses para o que seria a sigla da obra. Não acho que a lerei, flor.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?

    Fui pesquisar o termo na internet e realmente achei de mau gosto o título levar essa sigla. Já não me agradou muito, porém sua resenha me fez ver que é um livro que eu não vou gostar de ler. Nem ligo muito quando vejo casais que possuem uma diferença de idade significativa, pois para mim o importante é o sentimento que um sente pelo outro. Fico até feliz de ver quando mulheres ficam com caras mais novos, pois há certo preconceito e esse tipo de livro nos mostra que o importante é o amor mesmo, mas parece que esse não é o caso, infelizmente :(

    Obrigada pela dica, mesmo assim ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Ivi, que pena que o livro não era o que você esperava. Eu gosto de um bom romance erótico, mas pelo jeito eu não vou gostar desse, porque não é só as cenas eróticas que eu gosto, é sim o envolvimento do casal e o romance, então se falta isso, acredito que não é para mim.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  17. Eu curti tanto essa trama, que pena saber que o livro é um pouco superficial. Mas mesmo assim acho que irei ler, pois realmente me chamou a atenção. Não me importo das partes eróticas, desde que não seja só isso, e pelo que vi realmente tem uma história bem desenvolvida. Nunca li nada em que a mulher mais velha se apaixona por um homem mais novo, estou curiosa para conferir!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  18. Olá tudo bem?
    Esse definitivamente é um livro que eu dispenso totalmente.
    Primeiro, já não curto livros hot, mas leio quando ele tem uma premissa boa, até que achei interessante o fato da Mia ser mais velha e se envolver com um garoto mais novo, pois nunca li um livro com personagens assim. Agora o lance de muitas cenas eróticas, palavras sujas e vulgar foi o ponto final para mim.
    Fiquei imaginando aqui, acho que M.I.L.F deve ter um significado beeeem vulgar também para você ter sentido vontade de abandonar o livro na hora.
    ótima resenha, parabéns pela sinceridade.

    ResponderExcluir
  19. Oi *--*

    Não costumo ler livros eroticos e sinceramente nem gosto mas não é pelo fato de ter sexo e sim por terem protagonistas alienadas que mal olham pro cara pra já estão subindo pela parede, fora que a cada duas páginas tem uma cena de sexo, só me irrito. Mas nesse livro que você trouxe sabe que curti porque parece trazer algo a mais e ser bem intenso, acho até que me arriscaria viu.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Ai, agora fiquei curiosa para saber o que é a sigla mas se você já disse que foi terrível saber eu imagino que seja uma coisa muito boba. E quando tem muitas cenas eróticas acaba realmente estragando o livro e acho que fica um tédio só, apesar de que a sinopse não demonstra isto.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  21. Pela capa eu tive a sensação que só se tratava de um erótico com tudo que eu não gosto, daí a premissa me mostrou um drama mais familiar (interessante até), mas quando você foi detalhar descobri que a minha primeira impressão estava certa, não gosto de livros com um quê machista, muito menos com cenas de sexo que dão em nada, pesquisei o que é MILF, e argh que machistinha.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014