21.2.20

Filme da Vez #111 Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa

FICHA TÉCNICA:
Título Original: Birds of Prey (and the fantabulous emancipation of one Harley Quinn) 
Ano de Produção: 2019
Lançamento no Brasil: 06 de Fevereiro de 2020
Duração: 109 minutos
Gênero: Aventura
País de Origem: Estados Unidos
Classificação Etária: 16 anos
Direção: Cathy Yan
Elenco: Margot Robbie, Mary Elizabeth Winstead, Jurnee Smollett-Bell, Ewan McGregor, Rosie Perez
Sinopse: Depois da traumática separação do Coringa, a Arlequina tenta reconstruir sua vida e sua identidade. Sozinha agora, ela se torna alvo de vingança por parte de vários marmanjos que prejudicou. E também vai ficar no caminho do vilão Roman Sionis, buscando enfrentá-lo com outras mulheres, como Canário Negro e a Caçadora.
Oi gente que ama livros, hoje venho comentar com vocês do que achei do filme Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (Que nome imenso!). Confesso que meu interesse pelo filme era zero, até assistir o trailer na CCXP e ficar maravilhada com o protagonismo feminino no enredo. Não assisti ao filme que precede essa produção, o polêmico Esquadrão Suicida, mas conheço o arco da Arlequina, que merecia um filme dela.

Arlequina é protagonista, narradora e não tem como negar: é um filme sobre ela. A diretora explorou o renascimento da jovem após o término com o Coringa como ponto de partida para outras formas de emancipação que viriam a seguir, como o próprio título declara. Ela se une a detetive que não é reconhecida no trabalho, a justiceira que tenta cravar um nome por vingança e a cantora que foge de seu real poder. Não existem diálogos elaborados que explanem lições de moral, mas as cenas emocionantes e grandiosas levam o enredo do filme a nos mostrar o processo de libertação dessas diferentes formas de abuso.


Aves de Rapina mostra desde o começo a que veio: é uma miscelânea de humor pastelão, cores e um grupo carismático de mulheres empoderadas. A DC mostra ter aprendido a nivelar as expectativas para não correr o risco de entregar fiascos e aceita entregar algo simples, sem grandes promessas e que serve ao propósito de divertir. É um filme “Sessão da Tarde” e não há problema algum nisso.

A instabilidade mental da narradora é explorada por meio de cenas que misturam realidade e fantasia. O que às vezes, de fato, quebra o ritmo e deixa a linearidade um tanto confusa. Assim como a mente da protagonista: nem tudo faz sentido. Mesmo que a confusão possa ter a justificativa de ser intencional, em alguns momentos é cansativo tentar acompanhar ou compreender cenas com saltos temporais e excesso de informação na tela. Não espere um roteiro caprichado e 100% coerente.


No meio de lantejoulas, glitter e explosões, a Arlequina brilha mais uma vez e entrega uma síntese perfeita da psiquiatra desvirtuada. Pegando carona nos holofotes, a detetive Renee Montoya é apresentada ao público. Em Aves de Rapina, sua luta consiste em provar a qualidade e validade de seu trabalho diariamente, cenário familiar para muitas mulheres que assumem posições de liderança em ambientes majoritariamente masculinos. Montoya traz um equilíbrio de seriedade ao filme.

Canário Negro é cantora no clube comandado pelo vilão da trama. Apesar de seu passado não ser visualmente retratado, bastam alguns diálogos para que aqueles que não conhecem a personagem entendam o que a levou se tornar uma lutadora exímia. Gostaria de ver mais do poder de Canário, no entanto, quando a cena enfim acontece, a execução é bem fraca.


A silenciosa e focada Caçadora fica à sombra das demais, apesar de sua imprescindível importância para o enredo. Seu passado já é mais detalhado e explicado, mas sinto que mais tempo de tela lhe cairia bem. Apesar de toda a roupagem da série, a Helena Bertinelli do filme apresenta um teor cômico que a mantém próxima do espírito do grupo.

Já a pequena Cassandra Cain é uma versão totalmente diferente da conhecida nos quadrinhos. Sem a Batgirl como norte, Cassandra vê em Arlequina uma nova inspiração e é o estopim para a explosão da trama e junção das anti-heroínas como grupo. Pode não ser a Cassandra que conhecemos, mas funciona bem dentro das Aves de Rapina de Cathy Yan.


Do lado oposto do grupo está o vilão Máscara Negra e seu ajudante Szasz, uma dupla que também abraça a insanidade e desequilíbrio coerentes à trama. Não há dúvidas do quanto o Máscara pode ser sádico e vil, bem como ridículo e mesquinho, o que funciona muito bem no universo caótico de Arlequina e sua gangue.

Aves de Rapina acerta em cenas de lutas muito bem coreografadas e prazerosas de assistir. São chutes, socos e piruetas: as habilidades acrobáticas da Arlequina são muito divertidas e reais. O time não está unido em tela o tempo inteiro e nem precisa, já que cada personagem se sustenta muito bem sozinha. Arlequina, Canário, Montoya, Caçadora e Cassandra são igualmente fortes quando  sozinhas, mas apresentam uma potência admirável quando se unem e é realmente muito satisfatório ver essa junção funcionando tão bem, de forma natural.

É um filme simples, mas divertido. A emancipação de cada uma é apresentada sem grandes complexidades, mas não deixa de ser significativa. A falta de linearidade, algumas resoluções superficiais e cenas incoerentes podem incomodar, mas há muita diversão no tempo que você fica na sala do cinema se você se permitir embarcar nessa insanidade colorida e frenética.

Eu gostei!!!

Trailer oficial

2 comentários:

  1. As reported by Stanford Medical, It's indeed the one and ONLY reason this country's women live 10 years more and weigh 42 lbs less than we do.

    (And by the way, it has totally NOTHING to do with genetics or some secret-exercise and EVERYTHING related to "HOW" they eat.)

    P.S, What I said is "HOW", not "WHAT"...

    Click this link to determine if this little quiz can help you release your true weight loss potential

    ResponderExcluir
  2. Your Affiliate Money Printing Machine is waiting -

    Plus, getting it running is as easy as 1--2--3!

    Follow the steps below to make money...

    STEP 1. Choose which affiliate products you want to push
    STEP 2. Add PUSH BUTTON TRAFFIC (it LITERALLY takes JUST 2 minutes)
    STEP 3. See how the affiliate system explode your list and sell your affiliate products all by itself!

    Do you want to start making profits???

    Get the full details here

    ResponderExcluir