12.8.19

O Enigma do Morango (Joanne Fluke)

FICHA TÉCNICA
Nome original: Strawberry Shortcake Murder
Autora: Joanne Fluke
Tradução: Alice Klesck
País de origem: Estados Unidos
Número de páginas: 224
Ano de Lançamento: 2000
ISBN-13: 9788581780283
Editora: Lua de Papel

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 60º livro lido em 2019 e foi O Enigma do Morango (Joanne Fluke). Este livro foi a minha quarta escolha para a ação de ler livros que estão parados na minha estante há muito tempo. Ganhei este livro em 2013 em um sorteio e adorei o presente na época porque já tinha o primeiro volume da série – O Enigma do Chocolate – e imaginava que seria um universo que eu adoraria conhecer.

O livro nos traz novamente a carismática Hannah, dona de uma loja de cookies de sabores variados e que ajudou a elucidar um assassinato no primeiro livro com seu jeito curioso e incansável. Desta vez, o enredo começa bem agitado em um concurso de culinária, deixando a pacata cidade de Lake Eden bem dinâmica durante os quatro dias do evento. Mas um imprevisto acontece quando Rutlege, um jurado do concurso tem um dente quebrado e não pode mais participar. Por isso, após um breve sorteio, Sr. Boyd, técnico do time de basquete do Colégio Jordan o substitui. Ele é extremamente rude ao julgar as receitas feitas pelos competidores, acaba sendo assassinado e o corpo é encontrado na garagem de sua casa. Ele havia despertado o ódio em várias pessoas durante o concurso, mas  sua esposa também é suspeita, pois vivia um relacionamento abusivo com ele.


Porém, Hannah sabe que a esposa de Boyd não é a culpada e decide investigar o caso a partir desta convicção. Como no primeiro livro, começa a buscar respostas para o caso.

Neste segundo volume da série, Hannah teve que trabalhar muito mais porque as pistas quase não aparecem. Também se nota uma parceria imensa entre ela e a irmã Andrea, não tão relevante no primeiro livro. Durante a investigação, elas descobrem várias pessoas que estão sendo chantageadas e conseguem descobrir os motivos. 


A narrativa da autora é leve e ágil. É fácil se envolver com os personagens e de fato, somos nocauteados com muita curiosidade para saber quem é o assassino. Hannah e Andrea ainda que atrapalhadas, formam uma excelente dupla investigativa, conseguem chegar no ponto certo e durante esse trajeto nos dão motivos de sobra para darmos gargalhadas. 

Senti falta de uma ênfase maior no romance, não que isso seja fundamental, mas sabemos que o foco do livro não é apenas a investigação, mas a vida da Hannah como mulher independente e fora dos padrões e uma hora ou outra, o amor vai acontecer e eu queria mais espaço dentro da narrativa para que isso fosse explorado.


De um modo geral, adorei a leitura, leve e divertida. A edição do livro é linda, com capa laminada e fotos deliciosas de morango a cada divisão de capítulos que acabaram me deixando com fome.

Se você está em busca de uma leitura leve e despretensiosa, indico esta série sem medo de errar, salientando que ela deixou de ser publicada aqui no Brasil e só temos os dois primeiros volumes.

Eu gostei!


Um pouco sobre a autora: Joanne Fluke cresceu em uma pacata cidade no interior de Minnesota, nos Estados Unidos, com vizinhos amigáveis e um inverno rigoroso. Antes da literatura, trabalhou como professora, psicóloga, assistente de detetive particular, atendente farmacêutica, cozinheira, assistente de florista, organizadora de eventos, consultora de sistemas operacionais, assistente de produção de um programa de TV, além de ser mãe, esposa e dona de casa. Toda essa variedade e experiência lhe trouxeram uma rica inspiração para criar tramas de mistérios. Atualmente, ela mora no sul da Califórnia com o marido e os filhos. Seus livros publicados no Brasil são:
    • O Mistério do Chocolate
    • O Enigma do Morango

Nenhum comentário:

Postar um comentário