5.6.19

The Risk (Elle Kennedy)

FICHA TÉCNICA
Nome original: The Risk
Autora: Elle Kennedy
País de origem: Estados Unidos
Número de páginas: 432
Ano de Lançamento: 2018
ISBN: B07G4H3665
Editora: Kindle

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 38º livro lido em 2019 e foi The Risk (Elle Kennedy). Após ler o primeiro volume da série Briar U, eu decidi avançar na história procurando o segundo volume. Ainda não foi lançado no Brasil por isso li em inglês pelo Kindle.

O livro nos traz a Brenna, uma universitária conhecida pela personalidade forte. Ela não leva desaforo pra casa e tem bem definido o que quer da vida: ser uma jornalista esportiva. Talvez essa aspiração profissional se dê pelo fato dela ser filha do técnico do time de Hóquei da Universidade Briar, time que Brenna torce e ama apaixonadamente.  Então, quando ela se envolve com Jake Connelly, o capitão do time de Hóquei de Harvard e principal adversário do time que seu pai treina, Brenna faz de tudo para esconder seus sentimentos e tentar não sentir a forte atração que a domina.

O livro então irá se desenvolver nesta negação de Brenna e também na busca dela por um estágio em um programa esportivo de televisão que é dirigido por um homem machista e reacionário. Ela percebe o quanto as mulheres são subestimadas nesta esfera do jornalismo e precisa usar de várias artimanhas para provar que é capaz. Junto a isso, temos uma relação de pai e filha complicada, com omissões e poucos diálogos que ganham força ao longo da narrativa e sabemos que algo sério aconteceu entre Brenna e seu pai. Talvez essa tenha sido a minha grande curiosidade durante a leitura, uma vez que o romance entre ela e Jake é bastante óbvio.

Apesar de ser óbvio, não é sem graça. Os diálogos entre o casal são bem interessantes e inteligentes e quando os dois não conseguem mais resistir ao desejo que sentem, também nos sentimos apaixonados.

Mais uma vez Elle Kennedy nos conquista pela fluidez da escrita e por trazer personagens que apesar de carregarem um peso emocional forte, conseguem encontrar leveza para seguirem suas vidas. Claro que como 90% dos New Adults de nossas prateleiras, o livro traz os seus clichês: todo mundo é branco, lindo, magro e perfeito. Não existe a menor sombra de representatividade no enredo e isso sempre me incomoda um pouco porque sabemos que as universidades são muito mais plurais do que os personagens que a autora cria. Mas a fórmula dela funciona, te prende e quando você percebe o livro já acabou, ainda que tenha mais de 400 páginas.

É uma história previsível, mas gostosa de ler. É fácil torcer pelo casal e principalmente pela protagonista que quer ser respeitada por tudo o que é, inclusive por ser mulher.

É uma boa indicação se o que você estiver procurando uma leitura de entretenimento.


Um pouco sobre a autora: Elle Kennedy é canadense e cresceu nos subúrbios de Toronto, Ontário, mas formou-se nos Estados Unidos. Elle escreve suspenses românticos e romances eróticos contemporâneos. Ela adora heroínas fortes e heróis sexys. No Brasil, alguns dos seus livros publicados, são:
- O Acordo
- O Erro
- O Jogo
- A Conquista
- The Chase

Nenhum comentário:

Postar um comentário