20.5.19

Escrito nas Estrelas? (Aione Simões)

Ficha Técnica:
Autora: Aione Simões
País de Origem: Brasil
Editora: Kindle
Número de páginas: 340
Ano de publicação: 2019
ISBN: B07Q6BTDX9

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 32º livro lido em 2019 e foi Escrito nas Estrelas? (Aione Simões). Eu estava esperando este livro há 3 anos, desde que a autora que é minha Booktuber favorita disse que havia concluído sua escrita. De lá para cá, ela lançou Vidas Na Noite, uma antologia de contos que passeiam por diversos gêneros literários e se passam no mesmo cenário: um bar. Então quando li a notícia que Escrito nas Estrelas? seria lançado em formato digital pela Amazon, eu fiquei eufórica e tratei de garantir o meu na pré-venda.

O livro traz a Nanda, uma universitária de 21 anos que acabou de terminar um relacionamento de dois anos. Sem muitos argumentos, Vinícius decidiu acabar com o namoro, este término deixa Nanda muito abalada e faz com que ela reflita sobre seus outros relacionamentos e acaba descobrindo que eles têm algo em comum: são do signo de escorpião e ao estudar um pouquinho mais sobre o assunto, Nanda acredita que o signo ideal para ter um relacionamento seria Peixes. Então traça todo um plano para que possa conhecer rapazes deste signo e assim descobrir o amor da sua vida.

O livro se desenvolverá sobre esta jornada e para tanto, Nanda precisará da ajuda de uma prima e o apoio de sua melhor amiga. Isso tudo acontece enquanto ela precisa concluir seu estágio na administração de um restaurante e também a conclusão do seu TCC. Sendo uma boa estagiária e tendo agregado muito positivamente ao local de trabalho, Nanda acredita que será efetivada na empresa, mas é surpreendida quando o sobrinho do dono do estabelecimento é contratado para que ela ensine o serviço que ele executará quando ela não estiver mais ali.

Este novo funcionário é um rapaz lindo, interessante e apesar de atrapalhar a vida da Nanda com sua contratação, se mostra um bom colega de trabalho e assim, uma atração mútua nasce entre eles.

Eu comecei a ler este livro muito animada. Eu adoro chicklits e ele foi escrito por alguém que conhece muito bem o gênero, mas eu encontrei neste enredo algo muito maior e consistente do que eu esperava. Nanda é uma personagem muito real. Apesar de algumas contingências da vida, ela é admirável por ser genuinamente uma boa pessoa. A decepção amorosa é o estopim para que ela trace um caminho de autodescoberta e de estímulo ao seu amor-próprio e isso acontece sem pressa e sem artifícios, nos fazendo amadurecer junto com a protagonista.

Cadu é um mocinho excelente. Inteligente, carismático e muito consciente de suas atitudes. Ele também traz sua bagagem de decepções e por isso sabe que não pode ser leviano em relação ao sentimento dos outros.

Se o casal principal é muito bem desenvolvido, os personagens secundários não ficam atrás. Dani é a melhor amiga de Nanda e é um exemplo de melhor amiga. Presente, sincera e carinhosa, tem o ombro amigo para oferecer e uma boa piada para deixar o clima mais leve. A família da Nanda também é bem interessante: a mãe é acolhedora, o padrasto é bacana e a irmãzinha é maravilhosa.

O núcleo desenvolvido no ambiente de trabalho é muito vivo e isso traz uma consistência excelente para a trama porque é lá que Nanda passa grande parte dos seus dias e para tanto, temos um chefe rabugento e uma equipe unida, o que é muito verdadeiro em 99% dos ambientes de trabalho.

Tudo no livro é bem amarrado e orgânico. A busca por um amor perfeito, a conclusão da faculdade e a preocupação com o mercado de trabalho após obter o diploma caminham de mãos dadas, o que faz com que a personagem seja tridimensional: a conhecemos em todos os seus espaços e não existe nenhum deles que ela não seja o alvo da nossa maior torcida.

Eu não acredito em astrologia e alguns temas sobre esse assunto me irritam bastante, porém, nesta história isso funcionou de forma natural para mim. A protagonista acreditava nisso, mas em nenhum momento isso é uma verdade universal para quem está lendo, o que me deixou confortável com o tema.

Enfim, eu amei o livro. Consegui me divertir com sua leitura e também refletir sobre questões sérias da vida, principalmente sobre o amor próprio que se trata de uma conquista diária e um exercício positivo para nos entendermos e nos aceitarmos como somos.

Sem sombra de dúvida é um dos melhores livros do gênero. Comecei a leitura me acomodando na vida da protagonista e ela foi me deixando confortável, segura, tranquila em meio ao seu dia a dia que prometia superar um amor perdido e concluir a faculdade. Porém, depois que eu estava bem relaxada, senti a consistência de um bom livro chegar. Reflexão, conteúdo e tudo isso de forma orgânica, naturalmente inserida que me emocionou e me fez pensar sobre muitas questões. Amei cada página lida, cada situação, cada abordagem, cada descrição e cada personagem. Tudo tão perfeitamente desenvolvido que 5 estrelas é pouco para esse hino de livro. 

AMEI!!


Um pouco sobre a autora: Libriana com ascendente em capricórnio e estudante de Letras (fugiu da área de Nutrição depois de ter se formado), é paulistana de nascimento e mogiana por vivência. Leitora apaixonada por romances e chick-lits, não dispensa um bom thriller, principalmente os policiais e psicológicos. Conhecida por Mi, A, Iô, One ou qualquer outra coisa certamente mais fácil do que seu nome, precisa de chocolates para viver tanto quanto dos livros. Seus livros publicados são:
    • Vidas na Noite
    • Escrito nas Estrelas?

7 comentários:

  1. Tudo bem? Não lembro de ter lido alguma coisa sobre esse livro. É completa novidade pra mim.
    Pelo visto o livro te agradou bastante, sua resenha está contagiante.
    Fiquei curiosa.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bem?

    Também não acredito muito em astrologia e não leio muitas histórias sobre, porque as que já li me irritaram bastante, mas gostei de saber que nesta obra isso não é tratado como verdade universal e que ficou bem natural.
    A Nanda me deu uma sensação de mocinha da vida real, e eu adoro isso em uma leitura, me sinto bem mais próxima de toda a trama.
    Vou colocar o livro na lista de desejados e ver o que acho. Obrigada por compartilhar!!!

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  3. Confesso que o livro não chegou a me interessar, se eu ler será somente por ser da Aione, que é uma booktuber que eu também admiro muito e costumo gostar das indicações dela.

    Quando mais nova eu era apaixonada pelo universo dos signos (risos) e até hoje gosto de coisas assim, tanto que foi um dos motivos para ter lido No Mundo da Luna, da Carina Rissi. E é bom saber que a protagonista do livro é tão real, que passa por situações como as de qualquer pessoa e que a autora se preocupa em mostrar todos os lados da vida da personagem. Provavelmente irei apostar na história.

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Eu adoro livros de chicklit, mas confesso para você que li um outro livro também nacional recentemente onde a história é bem parecida com essa.
    Contudo, adoro livros que abordam essa questão do signo e acho que seria uma boa leitura para mim, apesar de que recentemente li alguns comentários nem tão agradáveis sobre sua narrativa.
    Adorei sua resenha e a capa do livro é muito linda!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Eu, como você, não sou muito chegada a signos e também chego a ficar um pouco irritada com assuntos referentes a eles. Não sei se essa história funcionaria pra mim, justamente por isso, me irrita demais alguém que acredita que sua vida amorosa ou seu trabalho possa ser influenciado por isso, mas, cada um é cada um Acho que leria só pela Aione, que é uma fofa!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    É tão bom quando um enredo nos surpreende positivamente. Eu particularmente adoro tudo que envolve signos apesar de não me considerar expert, porém só de saber que a trama se mostrou além desse elemento e te cativou me deixou animada para conhecer a escrita da autora.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Nossa, eu já estava curiosa para ler esse livro, mas mesmo se não estivesse, sua resenha teria me deixado interessada. Eu acompanho a Aione há bastante tempo e sei o quanto ela curte o gênero, então, estava com altas expectativas para essa leitura. Mas pelo que percebi, ela se superou. Parece ser uma leitura muito envolvente, mas com uma trama bem construída e que traz um bom conteúdo.
    Adorei ler sua resenha e espero conseguir ler esse livor em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir