7.2.19

Simplesmente o Paraíso (Julia Quinn)

FICHA TÉCNICA
Nome original: Just Like Heaven
Autora: Julia Quinn
Tradução: Ana Rodrigues
País de origem: Inglaterra
Número de páginas: 272
Ano de Lançamento: 2017
ISBN-13: 9788580416626
Editora: Arqueiro

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 6º livro lido em 2019 e foi Simplesmente o Paraíso (Julia Quinn). Um pouco frustrada com o último livro da autora, decidi partir para esta série para tentar tirar a péssima impressão que o outro livro havia me deixado.

Se você já leu a série Os Bridgertons, ou pelo menos o sétimo livro da série, provavelmente conhece os Smythe-Smith e já ouviu falar sobre as moças que tocam instrumentos de corda, mesmo sem saber tocar nada. As moças solteiras da família passam por essa tradição até contraírem matrimônio; quando uma se casa, outra dama solteira toma o lugar que ficou vago e a tradição continua. É interessante e divertido porque todo mundo sabe que a música feita por elas é horrível, mas ninguém perde um recital.


Honoria Smythe-Smith é uma dessas moças e está desesperada para encontrar um marido para poder finalmente sair do quarteto. Determinada a encontrar seu futuro esposo, Honoria coloca os olhos em ninguém menos que Gregory Bridgerton e apesar de não estar apaixonada, vê no rapaz ao menos a expectativa de ter um casamento razoavelmente feliz. Até que Marcus Holroyd, o melhor amigo do seu irmão exilado Daniel, cruza seu caminho novamente, determinado a cumprir a promessa que fez ao amigo, não permitindo que Honoria se case com ninguém menos do que o homem perfeito. O único problema é que por causa de um acidente bem infeliz, ambos se veem em uma situação onde é preciso repensar a amizade entre eles e quanto mais tempo passam próximos, mais evidente fica o sentimento que existe entre os dois.

Aqui temos um dos livros mais leves e fofos da autora, além de muito divertido. Simplesmente o Paraíso é engraçado, com personagens divertidos e situações cada vez mais constrangedoras. Sendo bem honesta, o recital dos Smythe-Smith é palco das interações mais divertidas de todo o enredo. Ao contrário dos outros livros da Julia Quinn, este foi mais focado no romance dos personagens principais e com o desenvolvimento menos complexo.


Neste livro a autora nos dá a oportunidade de conhecer a trama como um todo, apresentando boa parte dos personagens que vamos conhecer nos próximos volumes da série. Eu gostei muito de como as histórias de todos os livros estão bem amarradas. Tudo o que acontece e é falado em Simplesmente o Paraíso será importante para que você possa conhecer os personagens dos próximos livros de forma mais profunda e se apaixonar por eles da mesma forma como se apaixonou por Honoria e Marcus nesse primeiro livro da série.

Honoria é uma personagem muito fácil de gostar. Até então, foi a personagem de Julia Quinn que achei mais bondosa e disposta a ajudar as pessoas a sua volta. O amor e o carinho que ela tem pela família e principalmente pelas primas é muito legal. Apesar de não ter uma personalidade marcante como outras heroínas de romances de época, Honoria tem seus pontos positivos e não deixa ser tratada como menos do que realmente merece, o que realmente é um ponto muito positivo para a personagem. Quem disse que só porque ela é amável e gentil, não pode ser forte, não é mesmo? Desde os primeiros capítulos do livro, é possível ver gradualmente a paixão crescer entre Honoria e Marcus até se tornar um amor muito sincero e profundo.


Outro ponto que me chamou atenção foi que o envolvimento romântico nesse livro é bem contido, com poucas cenas sensuais, mas, ainda assim, bem consistente.

Eu gostei muito do livro, principalmente por causa da leveza dos diálogos e dos personagens principais. Simplesmente o Paraíso cumpriu muito bem o seu papel de leitura agradável e me fez querer continuar muito mais tempo no universo dos Smythe-Smith e conhecer mais dessa família maravilhosa.

Eu gostei.


Um pouco sobre a autora: Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 10 milhões de exemplares vendidos, sendo mais de 3,5 milhões da série Os Bridgertons, publicada pela Arqueiro. Seus romances já foram traduzidos para 29 países. Alguns dos seus livros publicados no Brasil são:

  • O Duque e Eu
  • O Visconde Que Me Amava
  • Um Perfeito Cavalheiro
  • Os Segredos de Colin Bridgerton
  • Para Sir Philip, com Amor
  • O Conde Enfeitiçado
  • A Caminho do Altar
  • E Viveram Felizes Para Sempre
  • Uma Noite Como Esta
  • Simplesmente o Paraíso
  • Os Mistérios de Sir Richard
  • A Soma de Todos os Beijos
  • Como Agarrar uma Herdeira
  • Como Se Casar Com Um Marquês
  • Uma Dama Fora dos Padrões
  • Um Marido de Faz de Conta

7 comentários:

  1. Olá!
    Eu gostei da série. Essa família é toda desastrosa e é impossível não dar risadas com os personagens e nas maluquices que eles se enfiam.
    Os próximos livros são mais envolventes, espero que goste das leituras.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bem?

    Achei a capa do livro bem maravilhosa, mas infelizmente, eu e Julia Quinn não nos damos muito bem kkk não consigo gostar da escrita e das histórias dela.
    Eu amo romances de época, mas confesso que não curto tanto quando as mocinhas estão desesperadas pelo casamento e são as "etiquetadas" da sociedade, não faz muito meu estilo de leitura.
    Fico feliz que tenha gostado do livro e tirado a má impressão do livro anterior da autora.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ivi.
    Apesar de ser grande fã do trabalho da autora Julia Quinn, ainda não tive a chance de ler a série dos Bridgertons e por consequência essa também. Está nos meus planos de 2019... Vamor ver! Rs... Minha meta é tentar ler pelo menos um por mês.
    Adorei saber mais sobre esse livro e gostei de ver que ele é uma história do jeito que eu gosto!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Não conheço a escrita da autora, mas sempre vejo ótimas impressões sobre os livros dela, então não posso negar que tenho bastante curiosidade e vontade de ler alguma obra rsrs Ainda mais em saber que essa série possui uma leitura leve e tem alguma relação com os personagens da outra série.
    Que bom que o livro agradou mais que a última leitura, pois eu fico meio perdida quando acontece de ler um livro e não gostar. Praticamente perco a vontade de ler os outros livros do autor.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivi,
    Eu não cheguei no sétimo volume de Os Bridgertons ainda, mas pretendo terminar esse ano e, então, ler essa série. Adorei o fato de ser um livro leve e fofo e adorei a protagonista pelos seus olhos.
    Amei sua resenha ♥

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem Ivi?

    Eu (Yvens) ainda não li os livros da Julia Quinn, pois romance não é muito o meu forte, mas tenho vontade de conhecer a escrita da autora. Parabéns pela resenha, fico contnte que gostou da leitura.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Ivi. tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler os livros da autora e essa série me desperta um grande interesse também. Gostei de ver a sua sinceridade ao falar sobre o livro, eu espero poder ler em breve e espero ter uma boa experiência com a leitura.

    ResponderExcluir