23.11.18

Almas Gêmeas (Nicholas Sparks)

Ficha Técnica:
Nome Original: Every Breath
Autor: Nicholas Sparks
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Fernanda Abreu
Número de Páginas: 272
Ano de Lançamento: 2018         
ISBN:978-85-8041-863-7
Editora: Arqueiro

Nicholas Sparks é um dos meus autores preferidos e sempre tenho MUITA expectativa a cada livro publicado por ele. Fiquei empolgada já com a capa, pois adoro as cartas inseridas no texto, bem ao estilo do autor. O prefácio narrado pelo próprio autor e é uma das partes mais interessantes do livro, pois descreve a criação do livro, desde a ideia inicial, as dificuldades no processo e sua finalização e os personagens envolvidos nela.

Minhas expectativas se confirmaram em alguns aspectos, fiquei surpresa (de forma positiva) em outros, mas reconheço que esperava um pouco mais do final, me pareceu “corrido” e sem os detalhes que eu adoraria ter acompanhado.

O livro é dividido em duas partes e narrado em terceira pessoa, sendo que a primeira parte se passa em Setembro de 1990. Tru vive no Zimbábue, gosta de desenhar, é pai de Andrew e trabalha como guia turístico em um safári. Ele viaja aos Estados Unidos para encontrar o pai biológico e se surpreende com as diferenças nas paisagens e nos costumes dos dois países. Encontra um cachorro perdido.

Hope é enfermeira, sofre com a doença do pai (Esclerose Lateral Amiotrófica, mais conhecida como ELA) e tem um relacionamento complicado com o namorado Josh. É dona de Scottie, o cachorro que Tru encontra, o que faz com que os dois se conheçam e se aproximem.

O encontro de Tru com o pai o surpreende e muda sua visão em relação ao avô. Nessa primeira parte, o envolvimento entre Tru e Hope é previsível, a visita a caixa de correio “Almas Gêmeas” com cartas deixadas por várias pessoas com suas histórias marca a relação deles, mas vários fatores os afastam. Fiquei um pouco irritada com a reação extremamente bondosa de Tru em uma situação decisiva.

A segunda parte do livro é iniciada em 2014 e mostra Hope em uma nova fase de sua vida, com sonhos realizados, conflitos e situações superadas, mas há algo que ela precisa fazer e recorre a vários canais, inclusive a caixa de correio com a esperança de realizá-lo.

A história é boa e bem construída, foi super interessante conhecer detalhes das paisagens africanas e principalmente a rotina e fatos sobre os animais selvagens dos safáris em que Tru trabalhava. Um trecho hot entre Tru e Hope me surpreendeu pelo detalhamento, não característico do autor. O livro menciona relacionamento entre pais e filhos, ansiedade, depressão e a descrição da evolução da doença do pai de Hope me fez sofrer com eles e enriqueceu a leitura. A mensagem do livro é de amor e empatia, demonstrando a importância de aproveitar cada momento da vida.

O autor reaparece na narração do epílogo, mas reconheço que esperava mais do final do livro. Houve justificativa pela falta de detalhes, mas é algo que fez falta para mim e acrescentaria ainda mais à história. Recomendo para quem goste dos romances dramáticos, típicos de Nicholas Sparks.



Sobre o autor: Nicholas Sparks lançou seu primeiro romance aos 31 anos, ao qual se seguiram outros 20 livros. Suas obras foram traduzidas para mais de 50 idiomas e já venderam mais de 100 milhões de exemplares no mundo todo. Onze de seus livros ganharam adaptações para o cinema e todos entraram para a lista de mais vendidos do The New York Times. O autor mora na Carolina do Norte e tem cinco filhos. Seus livros publicados no Brasil são:

Diário de Uma Paixão   
Uma Carta de Amor      
Um Amor para Recordar             
O Resgate          
Uma Curva na Estrada  
Noites de Tormenta     
O Guardião
O Casamento
Três Semanas com meu irmão 
O Milagre           
À Primeira Vista              
A Escolha
Querido John   
Um Homem de Sorte   
A Última Música
Um Porto Seguro           
O Melhor de Mim          
Uma Longa Jornada      
No Seu Olhar    
Dois a Dois         
Almas Gêmeas

Nenhum comentário:

Postar um comentário