28.9.18

Tarde Demais (Colleen Hoover)


Ficha Técnica:
Nome Original: Too Late
Autora: Colleen Hoover
Tradução:
País de Origem: Estados Unidos
Número de Páginas: 384
Ano de Lançamento: 2018
ISBN-13: 9788501115003
Editora: Record
SCOOB | GOODREADS | Compre na Amazon

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 51º livro lido em 2018 e foi Tarde Demais (Colleen Hoover). Desde que a autora começou a publicar os capítulos deste livro no Wattpad, eu me interessei, mas outras leituras passaram a frente do livro. O sucesso na plataforma gratuita foi tanto que os leitores pediram que ela publicasse de forma física a história e eu ouvi várias pessoas falando que este era o melhor livro da autora. Então, quando tive a oportunidade de ler, já com minha versão física e brasileirinha, fui muito empolgada conhecer esta história.

O livro nos traz a Sloan, uma garota universitária de 20 anos que veio de uma família bem desestruturada. A mãe era relapsa e ela tem um irmão menor autista que sempre foi negligenciado. Ela cuidou dele até aonde pode e depois o encaminhou para uma instituição onde receberia um cuidado especializado, mas essa instituição era paga e nessa época ela conhece o Asa, um rapaz bonitão que se encantou por ela da mesma forma e como ele tinha meios financeiros de ajudá-la, Sloan aceitou. Porem, logo ela descobriu que o dinheiro de Asa vinha do trafico de drogas e além disso, ele começou a demostrar um comportamento agressivo e extremamente doentio.


O livro começa com Sloan totalmente dependente de Asa. Apesar da violência constante dele com ela e de ela ter medo de enfrentá-lo e perder a ajuda que ele dá para o irmão, ela imagina constantemente como seria a sua vida longe daquele inferno. Ela mora com Asa em uma casa que é ocupada vinte e quatro horas por dia por traficantes. Eles festejam, bagunçam e articulam seus esquemas de drogas lá e ela além de se manter calada, tem que limpar e organizar a casa toda. Isso acaba desgastando fisicamente Sloan e em uma aula de espanhol, em que está quase cochilando, ela conhece o Carter, um universitário bonitão e os dois acabam se aproximando.

O livro então irá se desenvolver na paixão que Sloan e Carter sentirão um pelo outro, tentando disfarçar aquilo para que Asa não perceba porque na verdade, Carter começa o livro trabalhando para Asa.

Como comentei no início, eu estava empolgada com a leitura, porem já adianto que este livro foi uma grande decepção para mim. Várias inconsistências na trama e uma falta de cuidado da autora me deixaram tão desapontada com o enredo e conclusão da história que eu tive a impressão que o livro tinha sido escrito por outra pessoa.


Eu adoro a Colleen Hoover e a grande maioria de seus livros me agradaram muito, porem este aqui foi um balde de água fria. Talvez pela expectativa alta ou talvez porque de fato o livro é fraco.

No início da história conhecemos Sloan e sabemos que ela repudia sobre todas as coisas a forma como Asa ganha dinheiro. E ainda assim, ela se aproxima de Carter, mesmo imaginando que ele é um traficante também. Num dado momento da história, quando ela tem a oportunidade de sair da problemática, uma vez que Asa não estava cumprindo com sua parte no acordo, ela ainda assim permanece com ele. E mesmo comentando e demostrando o medo que Asa impunha sobre ela, ela seguia flertando com Carter na casa de Asa.

Não julgo a personagem por se sentir e ser dependente do namorado. Ele conseguiu amarrá-la dentro de uma situação que poucas conseguiriam escapar, mas julgo o fato dela se envolver com o Carter, por repetir erros e se complicar ainda mais.


Outra coisa que me incomodou bastante no enredo foi o fato dela precisar de um salvador para sair de toda aquela situação, como se não fosse possível conquistar sua liberdade por forças e inteligência própria. Eu sentia como se a autora estivesse me chamando de burra, porque ela poderia desde o inicio ter denunciado o Asa e ter pedido proteção das autoridades para si e para o irmão, mas seguiu naquele ciclo de dependência, se vitimizando a todo momento.

Asa é um personagem com uma história de vida cruel. Fruto também de uma negligencia, formou a sua personalidade através da violência e desconhecia outro caminho. Carter foi um personagem bem superficial. Galã, inteligente, interessante e salvador de mocinhas encrencadas. O amor instantâneo que surgiu entre ele e Sloan também me irritou bastante e em função disso, meu envolvimento com a narrativa foi bem negativo.

Sei que minha opinião sobre o livro é diferente da grande maioria e quanto mais eu penso na história, mais desconfortável eu fico com as resenhas que leio do livro, que são elogiosas e empolgadas, alegando que é uma história maravilhosa.

Enfim, gostaria de ter tido a mesma opinião porque ninguém começa a ler um livro querendo que seja uma leitura abaixo do esperado, mas foi o que aconteceu comigo.

Infelizmente não gostei nem um pouco e na minha opinião é o pior livro da autora, inferior até mesmo a trilogia Nunca Jamais.


Um pouco sobre a autora: Colleen Hoover é uma escritora norte-americana que começou a escrever romances de forma independente e atingiu números impressionantes de vendas. No Brasil, seus livros publicados são:

MÉTRICA
PAUSA
ESTA GAROTA
UM CASO PERDIDO
SEM ESPERANÇA
EM BUSCA DE CINDERELA
O LADO FEIO DO AMOR
TALVEZ UM DIA
NOVEMBRO 9
NUNCA JAMAIS
NUNCA JAMAIS PARTE 2
CONFESSE
É ASSIM QUE ACABA
TARDE DEMAIS

16 comentários:

  1. Olá!
    Eu nunca li nenhum livro desta autora mas eu acho a capa deste livro bonita, poderia ter caído nessa armadilha, até ´por que logo no inicio do seu texto eu já meio torci o nariz para a história, talvez por não ser muito o tipo de coisa que gosto de ler e conforme você foi explicando as inconsistências do livro eu fiquei meio em choque, por que caramba, 2018 e ainda temos mocinhas e galãs neste molde. É bem decepcionante mesmo! E adorei a postagem, além de ter me salvo de comprar o livro por que gostei da capa (por sinal, a capa é bonita mas pelo visto não tem nada a ver com a história, tem?), o texto é bem consistente.

    Bjus, Mirian - https://castelodoimaginario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Me empolguei tanto acompanhando a premissa da história que já senti que o livro me prenderia. Solan deve ter sofrido bastante com essa dependência e fiquei curiosa quanto essa paixão que surge entre ela e Carter. Que pena que a história não te agradou, mas fiquei curiosa quanto ao livro.

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  3. Que pena que o livro foi decepcionante. Parece que tinha tudo para ser um enredo e tanto, mas que não funcionou tão bem assim. Comei a ler a resenha gostando do que estava lendo, mas depois de cada justificativa sua decidi que esse livro ficará para algum momento em que eu esteja pronta para me estressar u cadim por não gostar disso ou daquilo. - rsrs

    ResponderExcluir
  4. Oi Ivi tudo bem? Li algumas resenhas sobre esse livro e fiquei com o pé atrás e agora lendo sua resenha percebi o que eu não gostei foi da personagem ser dependente do namorado e não ter coragem de se livrar do problema e outra coisa ela ficar dando bola pra outro dentro da própria casa isso não é ser digna de respeito, por outro lado percebi que a autora quis realmente mexer com as estruturas nossas kkk, não estou num bom momento para ler esse tipo de trama, adorei sua resenha e sua sinceridade foi primordial para me decidir, vou anotar a dica quem sabe mais para frente leio. Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ivi! Acho que a sua é a primeira resenha negativa que leio a respeito de um livro da autora. rsrs
    Em todo o caso, eu não cheguei a ter vontade de ler esse livro especificamente. O que até que é bom, porque posso aproveitar outras leituras da autora que parecem ser bem mais proveitosas.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi,
    eu iniciei a leitura desse livro a algum tempo mas ainda não dei seguimento, até onde li consegui perceber que o problema da Sloam com o Asa, não tinha a ver exclusivamente com o medo que ela sentia dele. Uma vez que ela já havia terminado com ele antes e só quando precisou do dinheiro para custear os cuidados do irmão que ELA o procurou em busca de ajuda, então posso estar equivocada, uma vez que não li toda a história ainda, mas acredito que a dependência é majoritariamente financeira, e devido essa necessidade ela se coloca a mercê do controle e do medo que a relação com Asa implica. Além disso, ela deixa claro que o governo não estava mais custeando o tratamento do irmão e o pouco que ela conseguia obter com os trabalhos que fazia não daria para mantê-los. Ainda não tenho uma ideia formada a respeito desse livro, mas admito que as resenhas negativas que tenho lido tem me deixado em apreensiva.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  7. Olá, Ivi!

    Lamento que o livro tenha te decepcionado, mas acredito que eu irei gostar. Nunca li nada da autora. Tenho aqui em casa "É Assim que Acaba" e estou esperando tempo e coragem para lê-lo. Todavia no que se refere a Tarde Demais, embora eu não tenha lido o livro e esteja falando sem conhecer, digo que o fato de ela precisar da ajuda de alguém para sair da situação na qual se encontrava, até mesmo para ter forças para isso, não é um ponto negativo. Porque nós não nos bastamos sempre por nós mesmos. Nenhum ser humano passará pela vida sem nunca ter precisado ou desejado a ajuda de alguém.

    E a questão de ela não ter procurado a "proteção das autoridades". Eu sou realista o suficiente e até mesmo por viver no Brasil sei o quanto algo assim é frágil. E quantas mulheres procuram por ajuda da polícia para sair de um relacionamento abusivo e encontram a morte porque a lei e o sistema é falho. Nada é simples. Eu não julgaria a personagem dessa maneira tão dura sobretudo por saber como as coisas são complexas na vida real. E ter lido também o livro No Escuro, da Elizabeth Haynes. Que mostra claramente as dificuldades de se sair de um relacionamento assim e encontrar ajuda "legal" ou de amigos.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ivi! Reli recentemente Tarde Demais e tenho que concordar com você, a Sloan faz todas as decisões erradas e não toma uma atitude para se salvar e mudar sua situação, o que é completamente irritante - o que é muito diferente de várias outras personagens da CoHo. Mas eu acho que por ter começado de forma independente, no Wattpad, essa história não teve o tratamento [editorial (no quesito leitura e revisão de enredo)] que geralmente as outras histórias dela possuem, então por isso ela é mais fraca.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, esse parece ser o livro mais controverso da autora, eu tenho visto sim críticas negativas a ele, não foi só a sua resenha (muito bem escrita, por sinal, detalhando bem o que lhe desagradou). Ainda assim, talvez seja uma leitura que eu faça algum dia.

    ResponderExcluir
  10. Oi Ivi, eu estava interessada na história até a parte que Sloan resolve se vingar do seu ex de maneira DOENTIA no final do livro, aquilo me deixou extremamente assustada. Entendo que a intenção da autora nao era publicar a obra, que há o aviso de que nao sera uma obra bonita, mas aquilo extrapolou qualquer coisa e me decepcionou um pouquinho.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Que pena que a história não lhe causou empatia. Gosto muito da escrita da autora e recentemente comprei o livro, geralmente os dramas e conflitos que os personagens enfrentam são interessantes e servem para refletirmos.
    Espero curtir a leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    É tão ruim quando a gente cria uma expectativa com o livro de um autor que já conhecemos e gostamos do livros, e a história não é nada do que a gente espera. Uma pena, pq eu achei a sinopse e tudo mais, muito interessante, mas quando as coisas não se encaixam e ficam sem sentido da um desgosto mesmo. Eu ainda não li nada da Colleen, mas sei que os livros delas são muito elogiados. É até surpreendente ver algo negativo sobre algum livro dela.

    Beijos
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu gosto muito das histórias da autora, por isso fiquei bem animada quando vi esse lançamento, mas ainda não tive oportunidade de ler e também não tinha lido nenhuma resenha sobre ainda.
    Bom, eu gostei de conferir sua opinião sobre a obra e desanimei ao ver que a mesma te decepcionou, é uma pena ter inconsistências na trama. Acredito que eu também julgaria essa relação da protagonista com Carter e eu não gosto de amores instantâneos.
    Enfim, gostei bastante da resenha, vou ir com menos expectativas fazer essa leitura.

    Beijos :*

    ResponderExcluir