9.5.18

Os Segredos dos Olhos de Lady Clare (Carol Townend)

Ficha Técnica:
Nome Original: Unveiling Lady Clare
Autora: Carol Townend
Tradução: 
País de Origem: 
Número de Páginas: 256
Ano de Lançamento: 2018
ISBN-13: 9788539825592
Editora: Harlequin

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 29º livro lido em 2018 e foi Os Segredos dos Olhos de Lady Clare (Carol Townend). O título do livro me chamou a atenção e essa capa bem típica de romances de época também me jogou nesta leitura me fazendo conhecer outra faceta dos livros deste gênero: os medievais.

O livro nos traz a Clare, uma moça que ainda não completou 20 anos e escrava desde que se entende por gente. Só que ela acaba fugindo dos seus senhores após uma situação-limite e a beira da estrada, é encontrada por Geoffrey, que a leva para sua casa com o objetivo que ela o ajude a cuidar de sua mãe Nicola, que está muito doente e da irmãzinha Nell. Clare se dá muito bem com Nicola e Nell e faz daquela casa o seu lar. Porém, em uma noite em que acompanha as duas em uma festividade popular do vilarejo, Clare toma ciência de que traficantes de escravos estão nas redondezas e com muito medo de que o seu passado volte e acabe com a sua paz e com a paz das pessoas que a acolheram com amor e respeito, ela decide fugir novamente.


Nesta fuga ela conhece Arthur Ferrer, um dos capitães da guarda real. Ele se encanta pelos olhos peculiares de Clare e acredita que ela pode ser uma nobre. Clare decide ir com o capitão que pretende levá-la até a família dela e o livro irá se desenvolver sobre esta viagem até o lar que Arthur acredita ser de Clare e no meio do caminho, os dois acabam se envolvendo.

Embora eu esteja um pouco familiarizada com os romances de época, este aqui me surpreendeu por vários aspectos. A começar por abordar a escravidão no interior da Europa no início do século XIX. O livro é ambientado em 1172 e as classes sociais são muito bem definidas e distantes uma da outra. Existe o tráfico humano e as injustiças sociais sempre tentando manter uma sociedade em que nobres e plebeus jamais tenham a oportunidade de se misturarem e sobre esta realidade, assistimos um homem e uma mulher se apaixonarem perdidamente.


O segredo de Clare e toda a motivação que a fez fugir de seus senhores é muito consistente e as páginas finais do livro nos colocam em meio a uma espécie de julgamento final para decidir se ela merece ou não o perdão. Porém, ainda existe toda uma sub-história que esclarece as condições do seu nascimento e como ela acabou por se tornar uma escrava desde a infância.

A história é muito rica em todas as suas camadas e apesar de o livro ter apenas 256 páginas, ele consegue desenvolver as problemáticas e dar uma solução forte para cada uma delas. E claro como todo livro do gênero, temos a sensualidade presente de forma muito romântica. Clare e Arthur não protagonizam um amor instantâneo, mas passam a confiar um no outro conforme precisam viajar juntos por dias.


Eu estava otimista quanto a leitura porque realmente gosto deste tipo de livro, entretanto o livro foi muito além do que eu imaginava. Os personagens são muito bem desenvolvidos e o envolvimento com cada um deles é inevitável. Eu amei odiar o vilão, adorei amar os mocinhos e isso fez com que a leitura fosse muito positiva para mim. A escrita da Carol Townend é leve e fluida, mas bem característica para livros de romance. Existe uma paixão inegável em cada gesto e omissão dada aos personagens e toda a ambientação é descrita de forma que você sinta como se estivesse assistindo a um excelente filme épico. Conhecer sua escrita através deste livro foi uma excelente porta de entrada para que eu deseje conhecer ainda mais do seu trabalho.

Super recomendo para quem gosta deste tipo de leitura que traz uma teia bem trançada de romance, aventura e temas sociais relevantes. Para quem não é íntimo do gênero, acredito que seja uma ótima indicação para começar a conhecer algo do estilo.

Eu adorei!!!


Um pouco sobre a autora: Carol Townend escreve romances históricos construídos numa atmosfera vívida da Idade Média. Nascida em Yorkshire, Inglaterra, ela frequentou o ensino médio numa escola de freiras nos penhascos de Whitby. Posteriormente estudou história no Royal Holloway College, em Londres. Ela mora em Londres com seu marido e sua filha. O primeiro livro de Carol, Sapphire in the Snow, ganhou o premio do RNA para novos escritores. Dois dos seus outros livros foram pré-indicados para o prêmio RONA Rose - Betrothed to the Barbarian em 2013 e Unveiling Lady Clare em 2015. Carol ama pesquisar e passa o tempo caçando por desculpas para viajar a pesquisa. Ela pode ser vista cambaleando nos castelos europeus ou se debruçando sobre um mapa medieval. Alguns dos seus livros publicados no Brasil são:
  • O Campeão de Lady Isobel
  • Os Segredos dos Olhos de Lady Clare
  • Cartas Para Uma Falsa Dama
  • A Desonra de Lady Rowena
  • A Amante de Lorde Gawain

11 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ivi!
    Assim como você, o título do livro me chamou muita atenção. Eu nunca fui muito atraída por romances de época, na verdade. Acredito não ser meu estilo, porém, sua resenha me deixou um tanto na dúvida se gosto ou não, pois eu achei Os Segredos dos Olhos de Lady Clare uma história muito interessante e que me despertou certo interesse na leitura.
    Além do mais, sua resenha foi muito bem escrita! Dá gosto de ler!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Confesso que a história me lembra um pouco a premissa de A Escrava Isaura, mas pelo visto nesse livro em questão a protagonista é uma mulher forte e de muita atitude e claro que fiquei curiosa para descobrir os segredos de Clare. Por saber que o livro superou suas expectativas eu anoto a recomendação, quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu estou bastante surpresa com a sua resenha. Porque a Carol Townend não é uma autora que eu recomendaria. Conheço vários livros de época e muitos medievais, mas a Carol foi uma das autoras mais fracas do gênero que conheci. Só li um livro dela: Cartas para uma Falsa Dama e achei a narrativa extremamente arrastada e insossa.

    Eu tenho este livro e vou confiar na sua resenha para apostar nele. Quem sabe nesse ela escreveu direito? Vamos ver. Não tenho expectativas.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivi! Já tinha visto esse livro por aí, mas não imaginei que seria uma leitura tão agradável! Amo romances de época, e tomar conhecimento de um tão bem escrito, é sempre bom. Adorei saber que a ambientação é boa, porque realmente ajuda a leitura, fica fácil imaginar os lugares e paisagens. Gostei também das críticas sociais que a autora incluiu na história, é mesmo raro um romance de época abordar diretamente esse assunto. E os personagens que parecem ser maravilhosos, bem construídos e complementares a toda narrativa. Amei a dica!



    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Estou bem curiosa sobre esse livro e sobre a escrita da Carol. A história me parece intensa, bem desenvolvida e personagens bem construídos, mostrando sua força. A capa é linda e pretendo ler em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu adorei a capa desse livro!
    Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas estou curiosa para conferir esse romance. Vou anotar essa dica, e como é um romance histórico, com certeza, farei a leitura em breve.
    Bjks!
    Histórias se Fim

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ivi! Tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas depois de conferir sua resenha fica impossível não desejar ler. Amei o contexto histórico do livro, pois não me lembro de ter lido nada que mostrasse essa questão escravidão e do tráfico de pessoas na Europa na Idade Média. Além disso, gostei de saber que o amor entre o casal principal surge aos poucos, da convivência.
    Adorei sua resenha e a dica já está mais do que anotada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Nunca li um romance de época que tivesse escravidão no meio, achei realmente interessante essa trama e bem diferente do que estou acostumada a ler. Estou muito curiosa para conferir o livro, valeu pela dica, não conhecia ele ainda.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Tenho um sério problemas com instalove, então fiquei muito feliz em saber que nesse livro tudo acontece pouco a pouco, ultimamentente tenho visto muitas pessoas fazendo essa leitura e como gosto do gênero, fiquei ansiosa querendo saber mais da história, espero conhecê-la em breve.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Ivi,
    eu estou com esse livro aqui e pretendo lê-lo nos próximos dias. Admito que adiei a leitura mais do que deveria por estar com receio de me decepcionar com a história. Assim como você, tenho o costume de ler livros de época, livros estes que ocupam um lugar especial na minha vida literária. O fato é que li algumas resenhas não tão estimulantes que me levaram a questionar a qualidade da obra. No entanto após suas impressões me sinto mais tranquila, já que até o momento temos tido opiniões bem parecidas com relação a algumas tramas. Então é confiante dessa compatibilidade de gostos que compartilhamos que pretendo me render de uma vez por toda a essa leitura.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir