25.4.18

O Jogo (Elle Kennedy)

Ficha Técnica:
Nome Original: The Score
Autora: Elle Kennedy
Tradução: Juliana Romeiro
País de Origem: Estados Unidos
Número de Páginas: 296
Ano de Lançamento: 2017
ISBN-13: 9788584390571
Editora: Paralela

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 17º livro lido em 2018 e foi O Jogo (Elle Kennedy). Este é o terceiro volume da série Amores Improváveis e como a leitura dos dois primeiros foi interessante, apesar das ressalvas, decidi que vou seguir com a série.

Aqui temos como protagonista mais um jogador do time de hóquei da Briar: o Dean, que nos livros anteriores apareceu timidamente, apenas sendo mencionado como aquele que pegava todas as garotas da universidade e adorava expor seus talentos sensuais. O livro começa com a Allie, a melhor amiga da Hannah, namorada do Garreth, precisando passar a noite na casa onde os amigos jogadores moram porque ela está evitando o ex-namorado. Acontece que Dean está na casa e a presença de Allie acaba frustrando uma festinha sexual que ele estava dando com duas gêmeas. Dean fica irritado, mas acaba dando prosseguimento a festinha apenas com Allie que depois de virar vários shots de tequila, passa uma das melhores noites da vida dela com Dean.

Porém ela se arrepende amargamente da aventura porque embora seja uma garota moderna e sexualmente livre, ela não gosta de sexo casual, ela prefere namorar e estabelecer um relacionamento, e Dean está muito longe de querer oferecer isso a ela. Mas os dois não conseguem ficar longe um do outro e acabam se encontrando várias e várias vezes e se envolvendo emocionalmente.

O livro então irá se desenvolver neste romance quente entre Allie e Dean. Os dois adoram estar juntos e tentam a todo custo esconder isso dos amigos mais próximos.

Allie é uma garota inteligente, sonha em ser atriz e já trabalha com isso desde os 12 anos. Seu pai sempre a apoiou e os amigos torcem para que ela se dê bem na profissão, coisa que o ex-namorado nunca fez e por isso a relação acabou. Dean, apesar de ser um excelente jogador, não é tão apaixonado pelo time como os amigos de república. Ele se diverte com os jogos, mas sabe que terá outro futuro, talvez como advogado, seguindo os passos de seus pais. A propósito, a família de Dean é muito rica e ele pode se dar ao luxo de não se preocupar tanto com o futuro, coisa que talvez incomode um pouco Allie.

Já no final do livro, uma coisa acontece e faz com que Dean passe por um grande conflito emocional. A meu ver, totalmente desnecessário e me irritou muito a autora precisar recorrer a um drama deste tipo para nos convencer que Dean estava amadurecendo. Apesar de ter me emocionado com as consequências que isso teve sobre os personagens, achei muito forçado e foi como se a autora quisesse provar que uma pessoa só se torna confiável, madura e digna de respeito, se tiver passado por algum golpe duro da vida. Não, não precisa! As pessoas podem amadurecer mesmo com uma vida sem dificuldades. Claro que para alguns pode ser incomum, mas acreditar que alguém de caráter é alguém que sofreu na vida, é muito reducionismo.

O livro é exageradamente erótico. São muitas cenas de sexo e existiu uma em especial que me irritou bastante. Os dois estão prestes a fazer sexo em um local público e existe o seguinte diálogo:

Dean, qualquer um pode passar por aqui!!!
Ótimo, que passem. Que vejam como você é safada.

Isso poderia ter sido diferente. Ele poderia ter dito: “que vejam como a gente se curte”, “que vejam o quanto temos química”, “que vejam que não podemos ficar separados”. Mas não, a autora achou mais interessante apelar para a exposição da personagem feminina e o romance do livro morreu pra mim ali.

Mas como disse na última resenha que fiz do segundo livro da série, a escrita da Elle Kennedy possui uma coisa quase mágica e sobrenatural que uma vez o livro iniciado, ele só pode ser fechado se a leitura for concluída. Eu lia e criticava a forma que o romance se estabeleceu; eu lia e implicava com o comportamento irresponsável do Dean; eu lia e questionava as questões de amadurecimento que a autora inseriu no enredo, mas ainda assim, não largava o livro.

Foi o livro mais fraco da série e, sem dúvida, o mais irrelevante, mas, ainda assim, a escrita é fluida e quase hipnotizadora, e para quem quer algo superficial, sem grandes oportunidades de reflexão, o livro é uma boa pedida. Para quem gosta de conteúdo erótico, são páginas e mais páginas de sexo.

Enfim, pretendo concluir a série, já que cheguei até aqui, mas não imagino que posso esperar algo melhor depois deste terceiro livro.

Não esperava nada incrivelmente interessante e ainda assim fiquei desapontada.


Um pouco sobre a autora: Elle Kennedy é canadense e cresceu nos subúrbios de Toronto, Ontário, mas formou-se nos Estados Unidos. Elle escreve suspenses românticos e romances eróticos contemporâneos. Ela adora heroínas fortes e heróis sexys. No Brasil, alguns dos seus livros publicados, são:
- O Acordo
- O Erro
- O Jogo
- A Conquista

8 comentários:

  1. Oii!
    Que pena que os livros não funcionaram muito pra você, e tiveram esses pontos negativos. Eu li exatamente como você disse, sem esperar grandes reflexões, e acabei gostando bastante. Foram leituras envolventes e divertidas. O último livro é um dos melhores pra mim, espero que nesse você não se decepcione tanto.
    beijs
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ivi! Tudo bem?
    Confesso que eu dei uma parada nessa série depois que li o segundo livro, justamente porque algumas coisas me incomodaram bastante naquele livro. Lendo a sua resenha, fiquei com medo de retomar e passar raiva de novo.
    A escrita da autora é realmente viciante e não dá vontade de largar o livro até terminar, apesar dos problemas que a gente encontra durante a leitura. No entanto, esse tipo de diálogo como o que você mencionou, me incomodaria bastante também.
    De qualquer forma, adorei sua resenha e a sinceridade com que falou sobre a obra. Talvez um dia eu retome essa série para ler este livro e o último, mas com certeza não será uma prioridade para mim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi.

    Eu amo essa série. Li o primeiro livro e me apaixonei. Já li este e estou com o terceiro e quarto para ler. Já estou bem ansiosa pela leitura do próximo, sei que vou gostar muito. Que pena que você nao tenha gostado desse livro, espero que o próximo seja satisfatório para você.

    ResponderExcluir
  4. Olá!Quando comecei a ler a resenha, imaginei que seria uma história a lá Don Juan, em que o conquistador se apaixonaria por uma mulher que o despreza e o trata apenas como mais uma conquista. Acho que é porque gosto muito de histórias repletas de conflitos e tensões, e imaginei que essa teria um conflito meio cômico. Apesar de esse não ser um tipo de livro pelo qual eu tenha interesse, gostei da sua resenha. Eu também não esperaria muito.

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu adoro esse livro. Dean é o meu preferido dessa série e me surpreendi como ele se mostrou mais do que um playboy pegador.
    Elle Kennedy tem um ritmo muito legal com seu enredo e me vi rindo horrores com essa história.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu adoro essa série!
    Não achei nenhum dos volumes fracos, a cada leitura ficava mais empolgada para ler a continuação.
    Essa série é um amorzinho, par amim, uma das melhores que li nos últimos anos.
    Muito bom!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bom?
    Eu tenho vontade de ler essa série pois só ouço elogios a esse livros. A escrita da autora parece surpreender mesmo, fiquei animada para conferir!! 💕

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Me abraça e vira minha amiga?
    ahahahaha Eu tô passada que achamos a mesma coisa! E olha que eu nunca cheguei a escrever resenha desse livro em questão, apesar de ter gostado do casal, achei que o final já forçou o que o livro inteiro estava tentando empurrar sutilmente! E fiquei meio chateada, mas enfim, vida que segue! Essa serie em si nem é a minha favorita, mas eu curti entre 3 e 4 estrelas de avaliação! Beijos

    ResponderExcluir