7

Filme da Vez #44 Smufs e a Vila Perdida

FICHA TÉCNICA:
Título Original: Smurfs: The Lost Village
Ano de Produção: 2017
Lançamento no Brasil: 06 de abril de 2017
Duração: 90 minutos
Gênero:  Infantil, aventura
País de Origem: Estados Unidos
Classificação Etária: Livre
Direção: Kelly Asbury
Elenco: Demi Lovato, Danny Pudi, Jack McBrayer,  Joe Manganiello, Mandy Patinkin, Rainn Wilson.
Distribuidora:  Sony Entertainament
Sinopse: Smurfette sofre uma crise de identidade após perceber que todos os homens do vilarejo possuem uma função na comunidade, com exceção dela, que é a única mulher. Então, ela resolve ir em busca de novas aventuras e acaba encontrando uma mágica floresta, com criaturas nunca antes vista, mas sua trajetória se torna arriscada depois que o vilão Gargamel começa a perseguí-la.
Oi gente que ama livros, hoje eu venho compartilhar com vocês o que eu achei do longa Smufs e a Vila Perdida. Deixando claro que este aqui, fui assistir empolgada, e não apenas para acompanhar meu filho, uma vez que os Smurfs são os meus personagens de desenhos animados favoritos da vida.

Confesso que saber que o Neil Patrick Harris não estará no lenço, fez a empolgação diminuir um pouco, já que esta produção aqui é 100 % animação e não live –action como os dois primeiro  filmes da franquia. Mas ainda assim, queria conferir.


O enredo é focado na história na Smurfette. Única mulher da vila e fruto de uma invenção do Gargamel, o grande vilão deste universo, ela tem problemas para encontrar sua função no grupo. No fundo, ela não se sente uma Smurf de verdade. Determinado dia, andando pela floresta, se depara com uma outra Smurf fêmea, que foge. Na companhia de amigos, ela então decide ir atrás da mesma e acaba encontrando uma vila só com Smurfs mulheres, que são lideradas pela Smurf-Magnolia, uma espécie de Mamãe Smurf.


A animação é de boa qualidade e há um trabalho importante na construção de um universo multicolorido, atrativo para olhos mais novos. O público adulto pode achar tudo meio devagar, mas também irá curtir alguns momentos diante do sentimento nostálgico de encontrar criaturinhas que fizeram parte de sua infância.

De um modo geral, é uma produção boa, que entretém e pode ser uma excelente opção para toda a família.

Trailer:

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Oi,Ivi! Faz um tempinho que eu não assisto filmes de animação e confesso que o live-action dos smurfs não havia me agradado muito, mas achei bem legal essa versão só deles que parece ser bem fofinha e divertida. Vou tentar assistir um dia, bjss!

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Adoro os filmes dessa "série", são tão divertidos e eles tem a cor mais linda do mundo: azul <3 <3. Ainda não assisti esse, pois não tenho o hábito de assistir animações nos cinemas, sempre espero pelos DVDs ou entrar no catálogo da Netflix. Anyway, acho que é uma boa pedida, ainda mais que trará uma mensagem importante a passar.

    ResponderExcluir
  3. O Smurfs são tão fofos, ainda não tive a oportunidade de ver o filme, mas já comi o McLanche Feliz e já to com os brinquedinho aqui rsrsrs sim eu sou dessas.
    Bjs
    Amanda Nery
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Poxa...jura que não é live-action? Adoro ver eles no mundo real, mas será uma boa experiência vê-los em animação e principalmente focado na Smurfette que é minha personagem favorita <3.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ivi.
    Lembro que tentei ver o primeiro filme deles e que não consegui chegar até o fim, pois achei mega chato. Mas isso se deu ao fato de que não é um filme para adultos - dãaaa - e sim, para crianças. E ver pelo ponto de vista deles é bem complicado, kkkk.

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Confesso que não senti muita vontade de assistir esse filme (apesar de achar os smurfs extremamente fofos) e lendo que o filme pode ser lendo me desanimou de vezes!! Rsrs
    Ótima critica e amei a sinceridade!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  7. Muito boa história, valeu a pena. Criados na Bélgica no final dos anos 50, Os Smurfs foram realmente ganhar o mundo três décadas depois, com a realização de uma série animada (1981-1990). Ao longo dos anos, algumas tentativas de levar os personagens para a tela grande foram pensadas, mas quase nenhuma saiu da gaveta. Até que em 2011 nasceu Os Smurfs, que foi seguido por Os Smurfs 2 dois anos depois. Felizmente, a Sony decidiu deixar de lado as caras conhecidas e o cinema de live-action e investir num filme 100% animado. Nasceu assim Os Smurfs e a Vila Perdida. Ingênuo e bem intencionado, o novo longa é superior às tentativas anteriores e tem tudo para funcionar bem com o público infantil. A animação é de boa qualidade e há um trabalho importante na construção de um universo multicolorido, atrativo para olhos mais novos.

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014