21

Ler, Viver e Amar (Jennifer Kaufman e Karen Mack)

Ficha Técnica:
Nome Original: Literacy and Longing in L.A.
Autora: Jennifer Kaufman e Karen Mack
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Rogeria Pereira da Silva
Número de Páginas: 320
Ano de Lançamento: 2007
ISBN-13: 9788577341887
Editora: Casa da Palavra

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 85º livro lido em 2016 e foi Ler, Viver e Amar (Jennifer Kaufman e Karen Mack). Este livro eu ganhei no natal de 2015 - vergonha por só ler agora – e não me lembro porque exatamente eu o coloquei na minha lista de desejados na época, apenas sei que chegou o momento de conhecer essa história.

O livro nos traz a Dora, uma mulher de trinta e poucos anos que é muito viciada e obcecada por literatura. Na infância, a mãe que era alcoólatra, toda vez que tinha um grande problema, ou não sabia lidar com sua realidade, colocava um livro na mão de Dora e assim, ela fugia do presente e se aventurava pelas páginas das histórias. 
“Eu coleciono livros da mesma forma que minhas amigas compram bolsas de grife. Às vezes, só gosto de saber que os tenho e lê-los de fato, não vem ao caso.” página 22
O livro começa quando Dora está em pleno “porre literário”, uma expressão que ela usa quando está muito triste e mal com a vida e se tranca em casa para ler. Ela pega seus livros favoritos, geralmente grandes clássicos da literatura universal, e esquece do mundo lá fora. Porém, a vida da Dora precisa andar porque ela está desempregada e não pode se dar ao luxo de viver assim.


Ela já foi jornalista do Times, mas teve que abrir mão do trabalho para cuidar do pai que estava doente e quando o pai faleceu, ela não conseguiu o emprego de volta. Dora teve dois casamentos fracassados, porém apaixonantes e de certa forma, ainda tem uma certa queda pelo ex marido Palmer. Porem, ela conhece o Fred, um homem bonito e também, fascinado pela literatura  e eles começam um romance interessante com uma grande intensidade física. 

A história do livro é simples e descomplicada, porém o charme deste enredo está nas grandes referências literárias que os personagens trazem para os diálogos inteligentes e bem articulados que a história tem. Existe uma certa arrogância na Dora, por ela ser tão intelectual e letrada, porém, a relação que ela tem com os livros é tão bonita e bem desenvolvida, que foi impossível para eu não me identificar diretamente com ela, me sentir na sua pele e compartilhar a grande maioria dos seus pensamentos.


Os personagens secundários do romance são ótimos também. A Darlene, a melhor amiga da Dora, é uma mulher bem resolvida, de bem com a vida e que não se importa com o que pensam a seu respeito. Ela traz um alívio cômico muito bem-vindo à narrativa, uma vez que a personagem principal é um pouco depressiva. A Virginia, irmã da Dora, é centrada, sensata e segue a risca com seus compromissos, mas sempre presente quando Dora precisa dela. Temos ainda a Bea e a Harper, mãe e sobrinha do Fred, respectivamente e elas são carismáticas, bondosas, humildes e inesquecíveis.

E o que dizer do Fred? Um pouco egoísta, talvez, mas seus argumentos são válidos e bem inseridos no romance, então, embora eu tenha ficado chateada com algumas situações, conseguia entender o seu lado. É um homem apaixonante pela inteligência e pela forma sedutora que conquistou a Dora.


Eu adorei o livro. Foi uma leitura viciante, boa, consistente e que deixou uma marca no meu coração. A identificação com a personagem principal me assustou porque algumas coisas que ela falava, poderiam ter sido escritas por mim. Fiquei fascinada pelo seu senso crítico e pelo olhar dela, pude relembrar muitos livros que já li e outros tantos que ainda quero ler.

Minha única ressalva para com a obra é a capa. Acho que esta capa não consegue incutir no leitor a intensidade desta narrativa e ele pode passar batido em uma pilha qualquer. Imagino que a capa poderia ser uma linda e clássica biblioteca particular, iluminada pelo sol da Califórnia, que é o lugar onde a história se passa. Mas salvo este pequeno detalhe, o livro é maravilhoso.

Um romance adulto. Intenso, introspectivo e bem escrito. Tudo é muito bem articulado e os personagens entraram na minha mente e me entregaram uma leitura que deixou meu coração quentinho e ao virar a última página, estava sorrindo.
“Acho que o único momento em que estou realmente feliz, é quando estou lendo. Os livros fazem a vida ter sentido.” página 116
Recomendo para quem tem este apego à literatura. Pessoas que amam ler e amam livros, vão se deliciar com a forma como a Dora se relaciona com os livros. Recomendo também. para quem está em busca de um romance contemporâneo, cheio de altos e baixos, complicado, em que duas pessoas imperfeitas, interagem tentando ser felizes. O livro é ótimo e vale cada página impressa.

Eu amei intensamente!!!


Um pouco sobre as autoras: Jennifer Kaufman já foi colunista do Los Angeles Times e duas vezes vencedora do prêmio norte-americano de jornalismo Penney-Missouri. Formou-se pela Barnard College e pela Columbia University. 

Karen Mack, ex-advogada, é produtora cinematográfica e de televisão, vencedora do Golden Globe. Graduada cum laude em Ciências Políticas e em Direito pela Universidade da Califórnia. 

Seus livros publicados no Brasil são: 
  • Quase Verdade
  • Ler, Viver e Amar
  • A Amante de Freud
Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. Olá
    Eu já conhecia esse livro, mas não lembro de ter lido alguma resenha a respeito e gostei bastante de conferir um pouco sobre o enredo. Achei interessante sobre a protagonista, por ser obcecada por literatura e a questão da mãe dela. Deve mesmo ser uma obra simples, mas marcante, acredito eu. Sobre a capa, preciso concordar, acho que seria legal outra arte.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oie Ivi!!!!
    Como assim 85 livros!!! Que inveja de você :( esse ano minhas leituras foram bem menores do que ano passado, embora o ano nem tenha acabo ainda, não tenho esperança de ler mais do sete títulos.
    Bom, primeiramente você tem razão em relação a capa. Eu dificilmente teria interesse na obra se a visse pelas bancas, mas depois de ler sua resenha fiquei realmente curiosa. Gosto muito de livros que falem sobre Bookaholics, impossível não nos identificarmos. Também gosto muito de romances contemporâneos que tenham protagonistas mais maduros, me sinto bem com essa atmosfera de novos começos. Fiquei bem empolgada de lê-lo, com certeza irei adiciona-lo a minha listinha de fututas leituras.
    Parabéns pela resenha, ficou perfeita!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Uma leitura para nos fazer ler do começo ao fim.
    Uma história que parece emocionar, irritar e fazer o leitor se apaixonar cada vez mais pelos personagens.
    Amei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Parece ser uma ótima história essa, mas não fique intrigada por ter lido o livro só agora, eu tenho livros muito mais velhos na estante kkk. Eu desconhecia a obra, mas depois de conferir a sua resenha me deixou bem curiososm sem falar que tem uma capa bem linda! A propósito, com o assim você ja leu 85 livros? E eu comemorando os meus 37 livros kkkkj! Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi ivi.
    Nem li o livro e já me identifiquei com Dora só com a sua resenha.
    Eu também faço exatamente isso quando as coisas se compicam: me tranco e leio como se não houvesse amanhã.
    Imagino que iria gostar dos diálogos entre ela e o Fred: dois amantes de leitura!
    Gostei da dica!

    ResponderExcluir
  6. Oie...
    Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, mas, gostei bastante da premissa da obra. Acho que será uma leitura que irá me agradar muito, portanto, vou botar nos meus desejados ;)
    Natal de 2015???? Voce deve ser que nem eu, precisa de outra vida pra ler tudo que tem na estante <3
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que eu irei me identificar bastante com essa história, não pela parte da mãe alcoólatra (minha mãe nem bebe haha), mas pela questão dela ter e acabar fugindo da realidade dela. Acho que isso meio que acontece com todos nós, leitores, porque a leitura as vezes se torna uma válvula de escape para qualquer situação chata onde a gente queira fugir de tudo, nos transmitir para outro mundo. Acho que por isso eu iria gostar muito desse livro.
    Beijos,
    Nay

    http://travelingbetweenpages.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Ivi, não curti muito a capa, e se dependesse dela para ler o livro acho que leria. Mas conforme fui lendo sua resenha fui me interessando e até que gostei. É claro que o fato de ter referências literárias na história ajudou e muito, adoro quando isso acontece.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Vergonha e dor na consciência estou eu, que tenho esse livro há um tempão e ainda não li rs
    E o comprei justamente por saber das referências que o livro traz, assim como vc disse na resenha. Mas ainda vai ficar um tempo sem ser lido rs a pilha desse ano ta enorme. 😁
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Ivi!
    Devo concordar que a capa não é em nada atrativa.
    Dito isso, gosto de romances contemporâneos, onde as personagens tem suas imperfeições, nos sentimos mais conectados com eles.
    E claro, como gostamos de livros, não é nada difícil se identificar com Dora, pelo seu intelecto e pelo seu amor aos livros.
    Desejo um ótimo final de semana e um bom feriado!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  11. Oiee Ivi ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas ver que você gostou tanto a ponto de favoritá-lo me deixou curiosa. E eu adoro quando os personagens também gostam de ler, parece que a gente fica mais próximo deles, né? Também não gostei muito da capa, mas faz parte. Não sabia dos outros livros das autoras *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  12. Olá, você é bem parecida comigo porque tem livros que simplesmente eu tenho em minha estante a séculos, mas que não li. Geralmente esses livros que só leio muito tempo depois me surpreendem de um jeito, são leituras boas assim como a que você fez. Não conhecia o livro, mas me deixou bem curiosa. Amei a descrição dos personagens. Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá Ivi,
    Ainda não conhecia esse livro e achei a premissa muito interessante, mas, mais do que isso, eu te imaginei sendo a Dora. Achei muito legal saber que esse livro conta com boas referências literárias e fiquei bem curiosa para saber o que vou encontrar. Gostei de saber que temos uma personagem - a Darlene - que traz uma leveza para a obra. Acho legal quando alguns autores apresentam isso.
    Quero muito ler e espero gostar tanto quanto você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Ivi =)
    Uau, 85 livro? Gostaria de ter lindo tanto como você, quem sabe em 2017. =) É bom quando os personagens secundários são interessantes também na história. Realmente a capa não ficou tão interessante. O livro parece ser interessante, sua resenha ficou sensacional! Beijos'

    ResponderExcluir
  15. O título pareceu a primeira vista uma cópia bem barata de comer, rezar e amar, e eu inicialmente achei isso um desanimador de leitura. Também devo dizer que a capa não é em nada atrativa.
    Eu até gosto de romances contemporâneos, onde as personagens tem suas imperfeições, nos sentimos mais conectados com eles, mas não me senti nada atraída por esse livro!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Desconhecia a obra, mas através da sua resenha pude ter uma noção do quão intensa é a relação de Dora com a literatura e dessa forma já fiquei levemente satisfeita.
    Anotei a dica, pois quero muito ver a forma encantadora que Fred conseguiu conquistar Dora e seus diálogos inteligentes que tenho certeza fazem toda a diferença no decorrer da obra.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Ivi. Tudo bem?
    Assim como você, também não curti essa capa :( Muito sem graça e realmente não chama a atenção. O que é uma pena já que o enredo parece muito bom. Mesmo não sendo algo que eu leria no momento. Não estou em uma boa fase para romances adultos. Mas quem sabe em um futuro :) E mulher, não se sinta envergonhada por ainda não ter lido os livros do natal passado. Eu tenho de antes disso ainda hahahha. Mas fazer o quê se a lista só cresce e a gente não dá conta de ler tudo? hahahah
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Amei o enredo do livro, adoraria ler por causa da história e pelo fato de a personagem amar ler, acho que vou gostar do seu lado intelectual e crítico. O que você falou sobre a capa faz muito sentido, ela não chama atenção, se eu não tivesse lido essa resenha ignoraria este livro (sei que é errado) mas a capa é muito importante para chamar atenção do leitor.
    Beijos Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  19. Uma definição diferente para porre literário hahaha, mas faz bastante sentido. As vezes eu também fico desse jeito, não quero ver ninguém e nem falar com ninguém, então fico em casa lendo. A capa realmente não mostra a profundidade do livro, mas quem sabe um dia lançam uma edição com capa melhor? Coloquei o livro nos meus desejados apesar disso.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir
  20. Olá Ivi!!
    Eu não conhecia esse livro e mesmo a capa sendo um tanto quanto apagada, me chamou a atenção... Essa história parece ser bem interessante e um tanto diferente. Me interessei, mas acho que não é o tipo de livro que eu leria no momento, não sei.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, que me surpreendeu positivamente, pois não imaginava essa historia, mas gostei muito dela, achei bem legal esse amor da Dora pelos livros, e sua relação com a leitura, fiquei curiosa para ler mais e com certeza esse livro está na minha lista de leitura e também não gostei muito dessa capa !!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014