17

Tag Totalmente Desnecessário


Oi gente que ama livros, hoje venho com a  Tag Totalmente Desnecessário, onde eu relaciono determinados temas desnecessários com livros. Achei bem divertido e original a forma de responder a tag e espero que vocês apreciem!
Totalmente desnecessário ter uma continuação: A Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones
A série As Batidas Perdidas, começou com o livro que contava a história da Viviane e do Rafael. Livro ótimo e na minha opinião, uma referência positiva dentro do New Adult nacional. Aí, veio o segundo volume, contando a história de um outro casal, dentro do mesmo universo. Beleza. Incomparável com o primeiro volume, mas agradou alguns leitores. Então, vem o terceiro volume e qual casal segue no centro da trama? Viviane e Rafael novamente, em uma história fraca, cansativa e chata de doer. Gente, é tão nítido a inutilidade desta continuação que fica difícil seguir lendo a série. Na minha opinião, a autora tinha que apresentar um novo trabalho e inventou essa historinha sem pé nem cabeça, para não ficar em falta com a editora. Desnecessário demais!!!
Resenha AQUI
Totalmente desnecessário ter mais de um ponto de vista: Grey - E. L. James
Sei que trilogia Cinquenta Tons, rendeu fãs em todo globo terrestre, embora eu vá morrer sem entender o motivo. Sei também que muitos admiradores da série, detestavam a voz narrativa da protagonista e queriam saber o que se passava na cabeça do Grey. Mas aí, reescrever a história sob o ponto de vista dele, foi forçar demais a amizade. Gosto de pontos de vista alternativos quando os mesmos expõem uma história que não nos foi contada por outro personagem. Contar a mesma história, as mesmas situações e óbvio, as mesmas trezentas relações sexuais do casal, foi apelar muito mesmo. Esse ponto de vista foi tão inútil que eu nem li.
Resenha AQUI
Totalmente desnecessário ter uma capa igual à original: Sem Esperança - Colleen Hoover
Não digo que toda a série errou na capa, porque a capa do primeiro volume e do conto que finaliza a série, são bem bonitinhas e iguais as edições originais. Porém este segundo volume não foi feliz lá fora e nem aqui. Esta capa tem a intenção de nos remeter ao Holder, o protagonista do livro Sem Esperança. porém este modelo da capa aparenta ter mais de 20 anos, quando o personagem do livro, tem 18 anos. Acho que as edições brasileiras poderiam ter acertado isso e feito uma capa diferenciada, porém, mantiveram a original. Totalmente desnecessário!
Resenha AQUI
Totalmente desnecessário ter um triângulo amoroso: Jogos Vorazes - Susanne Collins
Sou muito apaixonada e defensora desta trilogia e, na minha opinião, ela é uma das melhores distopias que existem. O que mais me  envolveu nesta trama foi o paralelo político que a autora conseguiu fazer com o nosso mundo contemporâneo e com uma sutilidade e inteligência ímpar, nos fazer ver o quanto temos de Panem na nossa sociedade. Pronto, isso já faria dos livros, perfeitos e pertinentes. Mas aí, vem um triângulo amoroso muito nada a ver. Independente de com quem a Katniss termina, isso é tão irrelevante para a história que chego a ficar com dó dos três personagens envolvidos no triângulo. Eu confesso que sempre torci para o Peeta, mas na boa, não ficaria triste se Gail levasse a melhor, porque isso não importava. Enfim, totalmente desnecessário.
Resenha AQUI
Totalmente desnecessário ter esse livro adicionado à serie: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner - Stephenie Meyer
A saga Crepúsculo seguia fazendo sucesso, aliciando fãs em todo o mundo e arrastando os mesmos para o cinema, para as suas respectivas adaptações. A série já tinha se fechado e então, a autora que já não tinha onde guardar os milhões que ganhou com os quatro livros, folheou os mesmos, abriu em qualquer página e pensou, vou escrever um spin off desta menina que passou por um parágrafo dentro dos quatro livros e então, escreveu um livro pra ela. Gente, que erva que essa mulher fumou pra escrever esse livro? Uma personagem totalmente sem pertinência para a trama, fraca, chata e sem graça, ganhou um livro apenas para se contar como ela conseguiu morrer duas vezes. Totalmente desnecessário!
Totalmente desnecessário ter um cliffhanger: Tentação Sem Limites – Abbi Glines
Sou uma crítica voraz da Abbi Glines, pelo menos dos livros que eu consegui terminar, mas independente da minha opinião pessoal sobre os clichês, o machismo, a chatice das mocinhas e as repetitivas canas de sexo dos seus livros, uma outra coisa que ela errou demais foi colocar cliffhanger nos livros. Não vou esquecer os parágrafos finais do livro Tentação Sem Limites e a minha cara de idiota ao perceber que a história, previsível até não poder mais, só teria sua conclusão no volume seguinte. Queria ter ligado pra ela e falado: "Miga sua louca, todo mundo sabe o que vai acontecer, totalmente desnecessário esse misteriozinho que você inventou agora."
Resenha AQUI
Totalmente desnecessário ter somente um ponto de vista: O Pacifista – John Boyne
O livro O Pacifista traz a história de amizade entre Tristan e Will, dois combatentes na primeira guerra mundial. O livro inicia e já nos primeiros parágrafos, tomamos conhecimento que o Will morreu durante a guerra e um certo mistério envolve a sua morte. Porém, o livro que é contado em primeira pessoa sob a perspectiva de Tristan, deveria ter o ponto de vista do Will também. Em muitos momentos da narrativa, eu me questionei quanto as atitudes dele e o quanto ele parecia controverso nas situações limites e, ter a sua perspectiva, sem dúvida, agregaria demais à trama. Este é um livro que me emociona muito, mesmo tendo passado tanto tempo depois de ter lido, eu considero essa, uma das melhores histórias sobre amizade e amor na literatura contemporânea, mas, se existe um defeito nele, é a falta de sabermos o que o Will pensava de tudo aquilo.
Resenha AQUI 
Totalmente desnecessário ficar comparando um livro com outro: Percy Jackson e Harry Potter
Essas duas séries, conquistaram um número de admiradores que nenhuma outra serie, livro ou autor foi capaz. Em função das histórias que a J. K. Rowling e o Rick Riordan escreveram, muita coisa foi feita no mundo - associações de fãs criaram instituições de ajuda filantrópica pelo mundo inteiro. Mas sempre tem aquele crítico desavisado que quer comparar uma saga com a outra. Salvo o fato das histórias possuírem um público alvo relativamente parecido, nada mais deve ser comparado. Ambas as histórias conquistaram com louvor o seu lugar pessoal e intransferível na história da literatura e pronto. Não precisam ser comparadas como se estivessem em um concurso de beleza. Totalmente desnecessário comparar.
Totalmente desnecessário ter lido… Cinquenta Tons – E. L. James
Então, não queria ser repetitiva e falar outra vez de um mesmo autor, livro ou série, mas quando penso em tempo perdido com livro, a capa do Cinquenta Tons de Cinza salta nos meus olhos e imagino quantos outros livros melhores eu poderia ter lido. Li apenas os primeiros dois volumes e nenhum dos dois me agradou em nada. Encontrei tanto machismo e abuso no que a maioria das pessoas achou romance, que me senti uma alienígena. Li o primeiro livro para entender o motivo de tanta gente gostar do livro. odiei. Mas algumas amigas falaram que o segundo volume era bem melhor. Amigas? Bando de onças, porque encontrei a mesma coisa no segundo volume, mas agora consciente que o livro era ruim mesmo. Enfim, totalmente desnecessário ter lido.
Resenha AQUI

Esse é o tipo de tag que só nos leva a criticar e demonstra como podemos ser cruéis e rancorosos com livros que não funcionaram para nós. Mas ainda assim, adorei responder.

Agora, quero saber de vocês, quais os livros que preenchem esses quesitos e claro, se vocês concordam com as minhas respostas.

Beijos
Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Essa TAG é bem polemica rsrs, ainda não li Cinquenta Tons mas acho sua premissa completamente desnecessária, ainda não li HP, mas totalmente desnecessário essa comparação, uma história não se relaciona com a outra em ponto nenhum, são universos completamente diferentes, confesso que quando fiquei sabendo de A Breve Segunda Vida de Bree Tanner também achei totalmente sem sentido ter mais esse livro,a série já era perfeita

    ResponderExcluir
  2. Oi Ivi..... vamos lá... vou tentar responder rapidamente...totalmente desnecerrátio ter lido qualquer livro da Tammy Luciano... não gosto da escrita dela, acho pobre... totalmente desnecessário ter tido o ponto de vista do Jacob no último livro do Crepúsculo... Totalmente desnecessário ficar comparando os livros da Paula Pimenta com os da Thalita Rebouças... totalmente desnecessário ter um trîangulo amoroso no livro Crepúsculo... (kkkk).... na verdade, não gostei da forma que foi conduzido....o de ponto de vista não sei responder... enfim, adorei a Tag... é bom ser curel de vez em quando
    beijokas

    ResponderExcluir
  3. Que tag legal Ivi, amo visitar seu blog justamente por essas tags adoraveis e como não conhecia essa, fiquei ainda mais empolgada. Me identifiquei com várias respostas suas, especialmente sobre Percy Jackson e Harry Potter, Grey e Tentação sem limites, concordo plenamente com essas escolhas.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Ola Ivi lindona eu ainda não li o livro da Bianca mas li algumas críticas sobre o segundo livro do casal ser bem parado e sem necessidade, comprar HP com Percy tbm acho desnecessário ambos são maravilhosos porém em ambientes diferentes. amei a tag. beijos


    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivi, eu ainda não conhecia essa TAG e adorei. Achei uma tag que é para se falar a verdade, assim, na lata mesmo. Embora não tenha lido a maioria dos livros que você mencionou, concordo totalmente com a sua opinião sobre o GREY!!!! Pior de tudo é que ainda vai ter continuação, affs :(

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi,
    amei a tag e ri horrores com seus comentários... "Amigas, bando de onças". HAHAHA Também li apenas os dois primeiros livros da trilogia 50 tons, estou querendo ler Grey, mas desanimei com essas repetições que você citou, amo os livros da Abby (por favor não me julgue), li apenas o primeiro livro da Bianca e estou morrendo de preguiça de continuar com a série e mesmo não tendo lido também acho desnecessário essa continuação o primeiro, já foi suficiente, concordo com a crítica a cerca da capa de sem esperança, nunca me desceu o cara parece sim ser bem mais velho que o personagem.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivi, com exceção de Cinquenta Tons na última resposta, concordo plenamente com você.
    Em especial ao livro da Briones que foi realmente desnecessário. É uma pena quando esse tipo de coisa acontece, mas faz parte né?
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Olá Ivi!
    Adoreeei essa TAG, ri demais com algumas respostas. Muito pertinente suas opiniões sobre Grey e Jogos Vorazes. Até hoje penso que Grey foi para ganhar dinheiro e que a Suzane quis romantizar a coisa... Também não gosto da comparação entre PJO e HP, são séries boas em seus pontos.
    Entretanto, não achei desnecessário o livor A Breve Segunda Vida de Bree Tanner, até gostei da história rs.
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Kkkk! Oi Ivi, menina quanto rancor nk seu coração nesse post. Também achei desnecessário ter um livro com a visão de Gray.
    Esse livro do Crepúsculo eu nem sabia que existia acredita?!
    Adorei a Tag, vem divertida e necessária para gente saber suas críticas.
    Bj

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Hahahahaha essa tag é ´polemica kkkkkk

    Eu nao concordo com os dois primeiros da sua lista kkkkkk
    Pra mim esse livro da Bianca complementou muito a história, pois mostrou que é difícil esquecer os erros que uma pessoa faz, mesmo quando ela tenta se redimir e tals, eu pelo menos na situaçao da vivi nao conseguiria perdoar o rafa tao cedo.
    Grey tbm eu gostei muito mais que a série original, acho que na verdade a autora tinha que ter escrito só na versao dele.
    Harry Potter e percy nao fsaz mesmo sentido comparar, nao entendo essas comparaçoes que o povo faz kkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Que Tag polêmica hahaha!
    Então, eu não li praticamente nenhum dos livros que você mencionou, então não sei se concordo, rs. Só li "Cinquenta tons de cinza" e acho também que foi desperdício de tempo. Ô livrinho ruim.
    Já li um livro da Abbi e achei tão ruim que nunca mais li nada dela, tomei trauma, sei lá hahaha.
    Diferente de você, eu até curti o triângulo amoroso em Jogos Vorazes, mas julgo a partir do filme, porque nunca li o livro.
    E realmente, o cara da capa de Sem Esperança parece mesmo ter mais de 20, deram mole em não trocar.
    Gostei da tag, bem interessante! xD
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Ivi!
    Para mim, foi totalmente desnecessário a continuação do liovro da Bianca Briones. Eu já não consegui terminar a leitura do primeiro livro, tanto que ainda não me animei para ler os próximos. Totalmente desnecessário.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  13. Oi Ivi, tudo bem?
    Não conhecia essa TAG e achei muito interessante. Dos livros citados, só li Jogos Vorazes e concordo que foi desnecessário o triângulo amoroso e se a Katniss decidisse ficar com o Gail, eu também não me importaria. Quanto a Cinquenta Tons de Cinza eu não li, mas foi porque a premissa não me interessou. Depois do seu comentário a respeito dele, vou passar longe.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oii, tudo bem?
    Essa Tag é bem polemica rsrs, eu concordo com você em vários aspectos. Eu nunca tive a oportunidade de ler nada da Bianca, mas eu sei que tem momentos em que as continuações com os mesmos protagonistas são mesmo desnecessárias. Eu também achei a capa de Sem Esperança nada a ver com o personagem, eu não imaginava o personagem desse jeito.

    ResponderExcluir
  15. Ivi, the queen of the tags haha

    Eu acho a tag bem legal, sincera e polêmica, rs, eu não li a maioria dos livros que escolheu, mas eu concordo em relação a Jogos Vorazes, o triangulo foi totalmente desnecessário. E do Grey, em relação ao ponto de vista: nem 50 tons deveria existir rs

    beijo!

    ResponderExcluir
  16. Olá Ivi, tudo bem?

    Concordo plenamente desnecessário ter outro ponto de vista de 50 Tons de Cinza. Na verdade eu achei desnecessário ter um livro com essa temática e mais ainda terem feito um filme disso! O pior que ainda por cima, além de ter milhões de fãs, eles querem fazer um filme (ou fizeram, eu não sei) do ponto de vista do Grey. E é sério que tem gente que compara Harry Potter com Percy Jackson?! Uma série não tem nada haver com a outra!

    Beijos,

    Gabriel Albuquerque

    ResponderExcluir
  17. Adorei a tag, gostei de 50 tons (gosto é gosto né) mas a maioria concordo com vc. Farei essa tag 😀

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014