25.8.21

De Olho Nela (Kate Stayman-London)

Ficha Técnica:
Nome Original: One to Watch
Autora: Kate Stayman-London
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Alexandre Boide
Número de Páginas: 384
Ano de Lançamento: 2021
ISBN13: 9780525510444
Editora: Paralela

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 60º livro lido em 2021 e foi De Olho Nela (Kate Stayman-London). Este livro chegou para mim através da parceria com a Companhia das Letras e ao ver a capa e ler a sinopse eu já sabia que amaria o enredo.

O livro nos traz a Bea Schumacher, que ao andar por Paris pelo intercâmbio pela faculdade e passar por uma loja de rua de roupas, foi surpreendida pela vendedora e sua vida mudou. Até então, ela costumava se esconder por conta de seu corpo, sempre querendo passar despercebida. E é ali, com aquela vendedora que ela decide que não quer mais ser assim: começa um blog sobre moda e relata como é difícil encontrar roupas plus size que sejam estilosas e valorizem seus pontos fortes. Anos depois, já formada, ela tem um reconhecimento maior pelo blog e é uma grande defensora da moda plus size, sempre mostrando o que encontra, as roupas que usa diariamente, além de ser exemplo para tantas outras mulheres consideradas fora do padrão.


 Pessoalmente, Bea não vê sua vida tão às mil maravilhas como demonstra pelo computador. Bea é apaixonada por um amigo durante anos, ele foi embora anos atrás para trabalhar em outro estado e  em sua última noite na cidade, deu um beijo de despedida em Bea apenas para surpreendê-la, mas meses depois ele começa a namorar e então fica noivo de uma garota que conheceu nessa nova cidade. Só que Bea recebe uma mensagem dele, dizendo que está de volta na cidade por  um dia e, apesar de tudo dentro dela demonstrar que deve evitar esse encontro, Bea vai até ele. E depois de uma noite maravilhosa juntos, ele vai embora e decide simplesmente ignorar qualquer aproximação dela, seja por telefonema, e-mail, mensagem de texto, sinal de fumaça. Ele age como se nada tivesse acontecido entre eles, como se nunca nem tivessem se conhecido e isso deixa Bea com o coração partido.

Assim, ao assistir ao reality show “É Pra Casar” em uma noite regada a muito vinho, Bea usa suas redes sociais com grande alcance para criticar o programa sobre a falta de representatividade: apenas modelos magras, loiras, com olhos claros são cortejadas por homens igualmente dentro do padrão, como se qualquer outro tipo físico não merecesse o amor. O resultado disso é que a edição é um fracasso e quando Bea menos espera, a produtora da nova temporada entra em contato porque a quer como protagonista da edição.


Ali, Bea vê uma oportunidade de mostrar ao mundo como todas as pessoas merecem encontrar um relacionamento e merecem amor, assim como também vê uma oportunidade de expandir seu negócio com moda e também de ser exemplo para outras garotas como ela, do jeito que gostaria de ter visto anteriormente em programas de tv.

Quando o programa começa, Bea que até então sempre pareceu muito segura de si e certa do que queria, se vê em uma encruzilhada em que luta contra seus próprios demônios, por estar em situações em que diferente do blog, não tem total controle sobre o que acontece. Então, Bea volta a ter inseguranças sobre si mesma, sobre seu corpo e sobre o que ela realmente faz naquele lugar.


Eu já estava predisposta a gostar do livro, mas fui surpreendida ainda mais pela profundidade que a autora deu para a protagonista, desenvolvendo-a com camadas muito humanas. Bea é uma mulher forte e se conhece muito bem, porém, tem fragilidades muito pontuais que a desestruturam em momentos importantes, como todo e qualquer ser humano e a forma como ela quer superar essas fraquezas é brilhante. A autora traz uma reflexão muito relevante sobre a diversidade de corpos e do quanto o padrão exigido pela atual sociedade ocidental aprisiona homens e mulheres em dietas pouco saudáveis e em estereótipos infelizes, além do capitalismo que envolve tudo isso ser um pouco ignorante, já que uma vez que a maioria dos corpos não estão dentro do padrão, porque a maioria das vitrines expõem roupas para magros?

Foi uma leitura divertida, mas com oportunidade de reflexão que me fez adorar a protagonista e com direito a um romance delicioso.

Adorei!!!


Um pouco sobre a autora:
Kate Stayman-London é romancista, roteirista e estrategista política. Ela trabalhou para figuras notáveis, desde o presidente Obama até Cher. Quando não está ocupada, Kate pode ser encontrada ranqueando músicas da Taylor Swift, rindo com amigos, bebendo vinho e, é claro, assistindo reality shows. No Brasil, De Olho Nela é o seu único livro publicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário