15.4.19

A Grande Ilusão (Harlan Coben)

Ficha Técnica:
Nome Original: Fool Me Once
Autor: Harlan Coben
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Marcelo Mendes
Número de Páginas: 304
Ano de Lançamento: 2017
ISBN-13: 9788580417234
Editora: Arqueiro

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 22º livro lido me 2019 e foi A Grande Ilusão (Harlan Coben). Quem me acompanha aqui no blog sabe que a grande maioria das minhas leituras se divide entre drama e romance, gêneros que adoro. Porém, ao ler a sinopse deste livro do Harlan Coben, autor amado por criar grandes suspenses, não consegui frear a minha curiosidade, quis ler o livro e sair um pouco da minha zona de conforto.

O livro nos traz a Maya Stern, uma ex-piloto de operações especiais que voltou recentemente da guerra. A história começa com Maya no velório do seu marido que foi assassinado em uma tentativa de assalto. O início do enredo é bem melancólico e introspectivo porque Maya tem que lidar com muitas questões, a mais desconfortável é seguir educando a pequena filha de 2 anos sem a presença do pai. Após o velório, ela ganha uma câmera de vigilância para colocar na sua casa e ao observar as imagens dias depois, ela se depara com uma cena absurda: seu marido aparece nas filmagens brincando com a pequena filha. Assustada e totalmente sem respostas, começa a investigar aquelas imagens e a lidar com a possibilidade de que seu marido talvez não tenha morrido.

O livro então se desenvolve sobre a investigação que Maya fará, que levanta muitas coisas escondidas sobre a vida do marido que ela acreditava conhecer e também sobre seus próprios limites.

A narrativa do autor é indiscutivelmente viciante – como assim eu nunca tinha lido nada dele? - e mescla inteligência, melancolia e ação com um ritmo muito bom. Nos colocamos na pele de Maya e desconfiamos de tudo ao nosso redor. Ao mesmo tempo, a protagonista vai se desconstruindo sob os nossos olhos e entendemos o quanto ela também é passível de erros e de tentar esconder suas próprias falhas.

Em um dado momento do livro eu estava muito imersa na história, querendo descobrir todo este mistério que envolvia a morte do marido da Maya e me senti um pouco enrolada pelo autor que insistia em levantar outras questões sobre os personagens principais. Mas minha própria ansiedade em chegar ao final do livro não conseguiu me distanciar do enredo e fiquei sem palavras quando a conclusão apareceu. Durante a leitura eu levantei minhas hipóteses para o suspense do enredo, mas não imaginei aquele final em nenhuma das minhas ideias. Por isso, me senti surpreendida e mais que satisfeita como o autor conduziu a história para o seu ápice.

Este foi o meu primeiro contato com o autor e claro, foi extremamente positivo. Tenho muitas amigas que adoram os seus livros e eu nunca me senti motivada a conhecer seu trabalho, até terminar este livro aqui. A narrativa é bem desenvolvida, o enredo é original e a maneira como os personagens passeios pela história é realmente muito convincente. Enfim, foi uma experiência maravilhosa e agora já quero ler todos os livros que o autor escreveu.

Adorei.


Um pouco sobre o autor: Vencedor de diversos prêmios, é o único escritor a ter recebido a trinca de ases da literatura policial americana: o Anthony, o Shamus e o Edgar Allan Poe, todos por livros da série de Myron Bolitar. Suas obras já foram traduzidas para 41 idiomas. Aclamado na França, Coben é conhecido como “o mestre das noites em claro”. Seu livro Não conte a ninguém foi transformado no premiado filme homônimo estrelado por Kristin Scott Thomas e François Cluzet, disponível no Brasil em DVD. Harlan nasceu em Newark, Nova Jersey. Depois de se formar em ciência política, trabalhou no setor de turismo. Hoje mora em Nova Jersey com os quatro filhos e a esposa.
Alguns de seus livros publicados no Brasil são:

Série Myron Bolitar:
- Quebra De Confiança
- Jogada Mortal               
- Sem Deixar Rastros    
- O Preço Da Vitória       
- Um Passo Em Falso    
- Detalhe Final
- O Medo Mais Profundo            
- A Promessa    
- Quando Ela Se Foi       
- Alta Tensão    
- Volta Para Casa

Série Mickey Bolitar:
- Refúgio
- Uma Questão De Segundos
- A Toda Prova

Livros Independentes:
- Não Conte A Ninguém
- Desaparecido Para Sempre
- Não Há Segunda Chance
- O Inocente
- Silêncio Na Floresta
- Confie Em Mim
- Cilada
- Fique Comigo
- Seis Anos Depois
- Que Falta Você Me Faz
- Não Fale Com Estranhos
- A Grande Ilusão

10 comentários:

  1. Oii, tudo bem?

    Nossa, amei a premissa. Já coloquei o livro na minha lista de desejados. Se eu estivesse no lugar da Maya (de olhar as filmagens e ver o pai da criança, que supostamente estava morto, brincando com ela) eu ficaria bem louca.
    Amo livros com esse tipo de suspense, e espero muito que eu me surpreenda e goste tanto da leitura quanto você. Estou muito ansiosa para descobrir o que realmente aconteceu.

    Obrigada por compartilhar!!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ivi.

    Há anos eu lia muitos livros do autor, ele com certeza surpreende com suas histórias.
    Esse livro tem uma pegada no estilo que eu gosto, confesso que sou fã de livros policiais. Estou com ele aqui para lê-lo, será uma de minhas próximas leituras.
    O que me deixa intrigado com a história é esse "fantasma" do falecido marido que aparece, tenho uma suposição, mas só lendo para saber!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ivi.
    Que história fascinante.
    Mal terminei de ler a sua resenha e já estava doida para ler esse livro...
    Ainda não li nada do autor e fiquei super feliz em saber que esse é um livro único, perfeito para começar!! Quero muito saber o que a Maya descobre sobre o marido!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Esse livro será um dos próximos da minha lista, confesso que estou bem curioso para saber dessa história na íntegra. Adoro esse escritor, ele manda muito bem em suas histórias.

    ResponderExcluir
  5. É sempre delicioso quando vemos resenhas positivas sobre livros de autores que amamos! :D Sou super fã do Harlan Coben e fiquei muito feliz ao ver que você apreciou esta história. E olha que nem é a melhor dele! Imagina quando você arriscar a leitura de seus maiores sucessos que são livros que se fixam em nossa mente e coração e não saem por nada.

    Esta história também conseguiu me surpreender, de certo modo. Eu levantei muitas teorias e até imaginei que poderia ter acontecido o que aconteceu, mas não conseguia encontrar o motivo para ser aquilo que imaginei. Aí quando tudo foi revelado... Nossa! Que final foi aquele, pelo amor de Deus! Ainda em choque, pois os livros dele não costumam ter finais como aquele.rs

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Essa história é muito boa!
    Foi o primeiro livro do autor que tive contato e amei a forma como me prendeu e o destino que Maya sofreu e o final é eletrizante.
    Uma história que vale muito a pena conhecer.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Olá tudo bem?
    Já conhecia o autor, mas apenas de vista e pelo boca a boca da blogosfera e confesso que me sinto impelida em finalmente ler algo dele. Tenho aqui em casa um de seus livros, o Não Fale com Estranhos, mas ainda não li. Depois dessa resenha maravilhosa sinto que isso vai mudar.
    Sou apaixonada por finais mirabolantes e saber que o livro tem essa características me da vontade de lê-lo também.

    ResponderExcluir
  8. olá... Ah, o Coben possui uma escrita bastante fluída e que nos prende do inicio ao fim. adoro os livros dele, mas ainda nao tive chance de ler esse titulo... fico feliz que ter saído da zona de conforto tenha sido prazeroso pra vc. :D
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  9. Olá Ivi!!!
    Conheço Harlan, porque acabei me interessando por um dos livros dele e também acabei comprando e gostando muito do mesmo. Porém, minha mania com ele é pelas histórias do Myron então se quer uma dica leia alguns dele talvez você goste.
    E que bom que sair da sua zona de conforto foi algo prazeroso as minhas normalmente não funcionam, mas é a vida rsrsrs
    Adorei a resenha ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já li vários do Harlan, mas comecei a ler um livro do Mayron e estou amando (volta pra casa)

      Excluir