12.1.18

Silvio Santos – A trajetória do mito (Fernando Morgado)

Ficha Técnica:
Autor: Fernando Morgado
País de Origem: Brasil
Número de Páginas: 208
Ano de Lançamento: 2017
ISBN: 978-85-8230-315-3
Editora: Matrix

Sou fã de Silvio Santos e fiquei curiosa com o lançamento de sua biografia, mas me confundi com os livros e em vez de escolher o escrito por Anna Medeiros e Marcia Batista, me deparei com os fatos relatados por Fernando Morgado, admirador de Silvio Santos que também se declara curioso sobre a vida dele.

O livro é dividido em 6 partes: O homem por trás do sorriso; Negócios; Artista; Dono de Televisão; Política e Vida Pessoal, com textos curtos em cada capítulo, sempre embasados por frases ditas por Silvio Santos, cujo nome de batismo é Senor Abravanel.

Com início como camelô, atraindo as pessoas com piadas e truques ao empresário de sucesso dono de várias empresas, há a demonstração de extrema gratidão a Manoel da Nóbrega pela ajuda em diversos momentos, a quem Silvio Santos considerava como pai. Há contraste entre o empresário de TV, que comparece ao SBT todos os dias, reconhece que o canal é de entretenimento e se preocupa com os funcionários e o animador de que participa das brincadeiras dos programas e inclusive caiu na água durante o "Topa Tudo por Dinheiro" em 1992.

O recorde de audiência com o programa "A Casa dos Artistas" em 2001 e o emotivo lançamento do Teleton (em benefício da AACD) em 1998 são citados, mas nem tudo é sucesso na vida de Silvio Santos, já que o próprio diz (e cumpre) que se não tem audiência, ele simplesmente tira da programação, o que causa descontentamento em muitos telespectadores. Fatos como a quase falência em 1990, que o levou a vender parte das empresas e a fraude no banco Panamericano são abordados, demonstrando a capacidade de Silvio Santos de se reerguer e se superar.

Os relatos sobre as tentativas de inserção na política são confusos, mas como bem disse o autor “talvez o país ganhasse mais um político mediano e perdesse o seu melhor comunicador”. Os trechos mais interessantes para mim foram os que relatam a vida pessoal de Silvio Santos, sempre direto, engraçado e até sarcástico, fazendo piadas inclusive de situações bem tensas, como quando foi mantido refém em sua própria casa em 2001.

Ainda assim, reconheço que esperava mais fatos inéditos ou curiosidades durante a leitura. A única declaração realmente surpreendente para mim foi sobre a jornalista Lillian Witte Fibe, sincera e espontânea, características presentes em Silvio Santos até hoje. Há algumas declarações polêmicas, mas senti falta de um detalhamento maior do contexto delas.

A linha do tempo ao final do livro menciona desde o nascimento de Silvio em 12 de Dezembro de 1930 até a exibição da exposição sobre ele no MIS em São Paulo em 2016. O livro é interessante, mas superficial, acredito que ainda possa conhecer mais sobre o apresentador mais famoso do Brasil e um dos empresários mais bem sucedidos do país.


Um pouco sobre o autor: Fernando Morgado é professor de História da Televisão Mundial e de Direção e Produção em Rádio das Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA), consultor da FENAERT e pesquisador na UFRGS. Atuou na área de inteligência de mercado do Sistema Globo de Rádio e foi comentarista de história do rádio da Rádio MEC. Seus livros publicados são:
- Blota Jr: A elegância no Ar
- Como Hacer Presentaciones Exitosas
- Silvio Santos: A Trajetória do Mito

Nenhum comentário:

Postar um comentário